Subscribe: O tempo voa!
http://debscutt.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
bem  dia  ela  ele  foi  isso    mais  mesmo  meu  minha  muito  mãe  não  pra  quando  também  tudo  vida 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: O tempo voa!

O tempo voa





Updated: 2017-03-25T07:02:47.931-07:00

 



Chegamos à metade do ano

2014-06-19T11:22:31.746-07:00


Já estamos em Junho, faz calor lá fora e aqui dentro da salinha do meu trabalho, um frio danado....

O ano chegou ao meio rapidamente. Aliás, tem sido assim desde que me tornei adulta. Dia destes, conversando com uma amiga de infância, lembrávamos como o tempo passava devagar quando éramos pequenas...aniversário levava séculos pra chegar, Natal então nem se fala! Mas a verdade é que nosso mundo é bem diferente quando somos crianças. E é uma pena que esta fase tão boa passe tão rápido.

Continuo trabalhando em meio a uma verdadeira floresta encantada: chipmunks, esquilos, pássaros de todos os tipos, incluindo falcões enormes, cervos, inúmeros bichinhos vêm aqui me visitar. É um mundo incrível acontecendo do lado de fora da minha porta de vidro, mundo que, se eu não tomar cuidado, toma conta do meu horário de trabalho, *risos* . Eu tento me desligar, mas são incontáveis as vezes que viro o pescoço para observar as coisas que acontecem do outro lado. Pra ser bem sincera, este nao é o emprego dos meus sonhos, mas a floresta já me recompensa.

Eu e Thomas jantamos com Sarah, minha enteada, há duas semanas, e foi bem legal, apesar de que mais uma vez eu constatei o quanto é triste o fato de não termos sido amigas durante todo este tempo em que estou casada com o pai dela. Ela está feliz, noiva de um rapaz muito bom pra ela, prestes a se formar no próximo verão americano...tudo parece correr bem na vida de adulta da Sarah. Eu quero o bem dela, porque além de não guardar mágoas, sempre quis que fóssemos amigas, ou que pelo menos tivéssemos uma relação de cortesia uma com a outra. Agora que ela é adulta, talvez esteja sendo mais fácil a segunda hipótese acontecer, mas é algo também meio frio, como se não fossemos parte da vida uma da outra, embora eu tenha cuidado dela e dos irmão inúmeras vezes, incluindo um ano inteirinho quando a mãe dela os deixou conosco. Mas acho que este episódio também é página virada. Cada um deles tomou seu caminho. Christian hoje tem 20 anos e está na Aeronáutica, fazendo carreira. Quem diria que aquele menininho preguiçoso iria mudar tanto! Eu me sinto muito orgulhoso por tudo que ele vem conquistando. O caçula, Levi, ainda tem mais dois anos de high school pela frente, e também muito a mudar pra melhor, se quiser ter uma vida bacana. Ele sempre foi o bebê, o que gostou de mim à primeira vista, mas em plena adolescência, às vezes esquece até de dizer 'oi' quando chega em minha casa. Está tudo bem, eu gosto muito dele e espero que a vida lhe seja suave. Não tem sido até aqui, mas devido às escolhas dele mesmo.

Loopy faz 8 anos este ano e nem consigo acreditar. Aquele pequenininho que chegou em minha vida no Natal de 2006 está se tornando um cãozinho senior, mas ainda muito animado, doido por um brinquedinho, um passeio na rua e uma comidinha que acidentalmente cai no chão...é meu companheirão todos os dias.

Há pouco mais de dois meses eu fiquei sabendo que um bebezinho que iríamos adotar no Rio de Janeiro ano passado foi adotado por outra familia, aliás, uma boa familia. Não aconteceu, talvez porque não fosse mesmo pra acontecer. Há dias em que eu lembro muito do quanto quis ter uma familia completa pra chamar de minha, mas na maior parte do tempo eu penso que está tudo bem, como deveria ser.

Agora, se tudo correr bem e se aqui estivermos, vamos à reta final de 2014, porque em Julho já corremos direto ao final do ano. Que sejam dias de paz e saúde, porque isso é fundamental! ;)



2 Comentários

2014-01-26T12:56:11.045-08:00

Queria passar pelo blog antes do mês de Janeiro terminar, mas é incrível como a gente vai ficando mais enrolada a cada ano que passa e vai deixando o blog de lado...hoje é Domingo e já fiz tanta coisa aqui em casa, fora que já é dia 26 e daqui a pouco o mês termina. Os blogs de minhas amigas também já não são tão atualizados quanto antes...aliás, tenho amigos que já abandonaram os blogs por completo. Eu gosto de escrever, mas o problema realmente é o tempo. Além de trabalhar fora e cuidar da casa, cozinhar, etc, ainda preciso achar um tempo para ligar ou escrever para os amigos, comentar nos posts e fotos dos amigos do Facebook...e haja tempo para fazer tudo direitinho. Mas não vou terminar o blog, decisão tomada.
O resumo desta vez é, engordei 7 lbs desde o Thanksgiving...e o pior é que continuo magrinha, pq parece que o pesinho extra vai todo para a área da barriga, rs..sim, preciso fazer algo urgente. Algumas calças nao fecham mais, saias estao apertadas, e uns dois vestidos, nao fecham o ziper nem com pulinhos e/ou prendendo a respiração. Eu nao gosto de fazer exercícios físicos, nenhum tipo. Não, mentira, eu gosto de nadar, mas é complicado. O cloro me dá alergia, água entrando no ouvido dá otite, e por aí vai. Nadei sem parar por mais de 4 anos, mesmo no inverno, mas meu problema do ouvido me fez parar. Tá bem, eu gosto de dançar sozinha no quarto, e talvez esta seja minha única esperança. O problema é que desde que vovó se foi parei de dançar. Já tá na hora de voltar. Acho que 15 minutos de dança por dia já ajuda muito!  Queria mesmo era encontrar um remédio milagroso e natural para remover a barriguinha extra e nao deixar que a tal voltasse. Sonho, né? Mas o negócio é tomar vergonha e entrar em ação. Vamos ver se agora no começo do ano eu tomo vergonha e faço alguma coisa. Também preciso dar um jeito no meu vício: o açucar. Eu adoro coisas doces, mesmo sabendo que toda minha familia é diabética e eu posso ser a próxima. É difícil demais controlar a vontade de comer chocolate, bolos, cupcakes, ainda mais quando estou chateada. Tenho que pensar nas consequencias para evitar. Dificil mas nao impossível.
Aprendi uma receitinha semana passada que achei bem legal. Também natural e com um ingrediente para lá de bom para saúde: chia. É bem simples. Um copo de leite de amendoas ou soja (de preferencia sem açucar - 1 banana madura - 2 colheres de chia. Bate-se o leite com a banana, coloca-se em um copinho e acrescenta a chia. Deixe na geladeira por algumas horas. Vai virar um pudim ou quase..uma consistencia cremosa, e esta receitinha me lembra um pouco tapioca por causa das bolinhas que a chia acaba virando. Eu gostei! Fica a dica. Ah, e boa semana pra todos, pq o Domingo já está acabando...



2013 tá ficando pra trás.

2013-12-26T13:07:03.672-08:00



E como foi o Natal de vcs? Nós fomos conhecer Charleston, em SC. O lugar é lindo realmente, rodeado pelo mar, por uma baía linda e, claro, muitas casas históricas dos tempos da guerra civil. Vi casas lindissimas, decoradas para o natal, verdadeiras mansões, tudo pertinho do mar, fizemos um tour maravilhoso pela maior casa privada da cidade. Valeu muito a pena. No primeiro diz fez calor, e nem acreditei, nao usei casaco durante o dia todo, mas à noite, tudo voltou "ao normal", ou seja, frio novamente, e apesar do céu azul, pegamos muito frio mesmo. Na noite de natal fomos ver as luzes da cidade, e o vento estava congelante! Nao imaginava isso por lá, mas mesmo assim foi tudo bem, e lindo. Loopy como sempre, esteve conosco em algumas ocasiões, porque nem todos os lugares permitem pets.

Ficamos num hotel que eu adorei, super moderno, bonito, limpo, e bem espaçoso, sem contar o café da manhã, um dos melhores que já tivemos em hotéis. Todos os dias tinha algo novo, diferente, delicioso! A verdade é que eu adoro viajar, mas nem sempre tudo flui tão bem como foi desta vez.

Ficaremos por aqui, no ano novo, vamos passar o dia na cidade, que oferece todos os anos um festival chamado http://www.firstnightraleigh.com/ First Night in Raleigh. Será nosso segundo ano participando, e eu espero que este ano tenhamos a chance de aproveitar todos os eventos do dia.

Meu enteado caçula está chegando hoje, nem sei quando ele vai embora, mas temos um bom relacionamento e tá tudo bem! Se fosse a menina a história seria diferente...sim, infelizmente nada mudou nestes anos todos...desisti. Há pessoas com as quais simplesmente nao conseguimos ter um bom relacionamento. Isso é raro em minha vida, porque felizmente me dou bem com quase todo mundo.

Amanhã será meu primeiro dia de trabalho na semana, plena sexta-feira! Vai ser estranho começar a trabalhar e parar em seguida, para o final de semana...mas quem tá reclamando aqui, heheh!



Alerta do consulado brasileiro sobre relacionamentos com estrangeiros pela Internet

2013-12-26T13:09:26.630-08:00

 Esta semana eu li esta novidade no perfil de uma amiga do Facebook. Que coisa! Claro que existe perigo em todos os lugares, inclusive na Internet, mas tb pode ser muito perigoso passar por tudo isso após conhecer uma pessoa por anos, alguém que se conheceu na casa de amigos ou na rua, em um restaurante...devemos ter cuidado em toda e qualquer situação, é fato! Eu mesma conheci meu marido pela Internet, e claro, só falavamos por messenger e telefone no início, só nos conhecemos mesmo após 8 meses, pessoalmente. Tomei todas as precauções, claro, assim como muitas amigas que também conheceram os maridos pela Internet. Só espero que não comecem a criar um preconceito especial sobre os relacionamentos que começaram assim...mas segue abaixo a 'alerta'!


- Consulado Geral do Brasil em Atlanta -
Alerta - Relacionamentos com estrangeiros pela internet https://www.facebook.com/pages/Consulado-Geral-do-Brasil-Em-Atlanta/118772721471678

O Ministério das Relações Exteriores vem recebendo numerosas queixas de cidadãs brasileiras vítimas de roubos, fraudes e violência cometidos por cônjuges estrangeiros que conheceram pela internet e com os quais tiveram pouco ou nenhum convívio presencial antes do casamento. De acordo com os relatos recebidos, que incluem denúncias de cárcere privado, é frequente, nesses casos, que os maridos estrangeiros mudem completamente de comportamento, logo após a formalização do matrimônio, tornando-se agressivos e manipuladores ou interrompendo repentinamente o contato com as vítimas, após obterem visto de permanência no Brasil.

Nessas condições, recomenda-se às brasileiras e aos brasileiros especial cuidado com os relacionamentos virtuais mantidos com estrangeiros com o propósito de celebrar casamento, a fim de protegerem-se contra golpes e situações de risco. Sugere-se, entre outras precauções, buscar obter referências do cidadão estrangeiro por parte de terceiras pessoas de conhecimento comum, além de evitar manter o contato restrito aos meios de comunicação à distância, previamente ao matrimônio.





O tempo nao pára...não mesmo!

2013-12-09T19:18:07.732-08:00


Então é Natal...ou quase. Novamente! Não foi há um pouco de tempo atrás? Pois é.
Os fatos desde Agosto (e não são muitos):
Um ataque de asma inesperado, reencontro no Meetup de Lingua Portuguesa com várias pessoas legais na cidade, nascimentos de vários bebezinhos de amigas minhas, aniversário de um aninho da Sofia, da Susie, do casalzinho de gêmeos da igreja...um neném que me foi oferecido para adoção - sonho que nao se concretizou por conta da mudança de leis brasileiras quanto à adoção consensual...viagens para Asheville, Charlotte e a ultima no Thanksgiving para NY - onde fomos encontrar minha amiga querida do Rio de Janeiro, de passagem por estas bandas...o que mais? Meu enteado mais velho indo para um boot camp da aeronáutica no Texas por sei lá, 6 meses, me deixando totalmente chocada por reconhecer que ele não é mais um menininho...fato este que só comprova o quanto o quero bem e de quem vou sentir muitas saudades nos proximos meses...os bambis da floresta que nasceram em Maio e estão enormes agora, sem as manchinhas brancas, mas que ainda consigo reconhecer...enfim, a vida passa depressa, e fica difícil lembrar de todos os fatos. Mas o importante é que estamos com saúde e paz, além de estarmos completando 8 anos de casados no dia 18 próximo.
O relógio não pára e, com fé em Deus e boa vontade vamos seguindo em frente!



Aos leitores que desejam informação sobre como vir para os EUA

2013-08-14T17:05:49.631-07:00

Oi gente!

Este post é pra responder os comentários de algumas pessoas (não publiquei os comentários porque não tinham nada a ver com os posts nem com o blog), querendo informações sobre como imigrar para os Estados Unidos.  Na verdade, não lembro se já fiz algum post sobre o assunto, mas acho que não. Talvez eu tenha dito alguma coisa ligada ao visto K1, porque este foi o processo que passei, após alguns anos tendo um visto normal de turista, muito antes de conhecer o Thomas. Eu vim para cá permanentemente por causa do Thomas. Como disse antes, eu já tinha visto de turista, tinha vindo conhecer a Disney. Mas voltando...eu acho que não é tão difícil conseguir um visto de turista para vir passear neste País. Quanto a morar por algum tempo no País, acredito que muitas pessoas vieram com visto de estudo, ou mesmo algumas meninas podem trabalhar como aupair. Mas como disse antes, este post é mesmo pra avisar às pessoas que escreveram que eu não sou a pessoa mais indicada para responder as perguntas, e por isso não respondi individualmente antes, mas fica aqui a resposta geral para todos! :-)



Chuvas de verão

2013-07-14T09:45:23.368-07:00


Este verão aqui em Raleigh tá pra lá de molhado! Chuva, chuva e chuva, todos os dias. Umidade em excesso também = cabelos sofridos.  Antes mesmo do verão começar já estavamos tendo chuvas fortes. Nem lembro mais quando foi a ultima semana sem chuva forte por aqui ultimamente...e com isso nao podemos fazer muitos programas ao ar livre. Eu sei que a chuva é muito necessária, mas em excesso é complicado. Alguns lugares sofreram mais que outros. Eu moro em Raleigh mas trabalho em Chapel Hill, e por lá tivemos vários casos de alagamentos, inclusive no local onde trabalho. Estou em um escritório provisório até que minha sala seja reformada. Terão que trocar todo o piso das 3 salas e banheiro, incluindo os rodapés. Trabalheira! Acho que nao vai ficar pronto antes de 1 mês, e com isso nao posso ver os bichinhos que tanto gosto, do lado de fora. Mas isso é o de menos, ouvi dizer que muita gente perdeu tudo que tinha dentro de casa, em algumas vizinhanças.

Fora a chuva em excesso, tá tudo bem, graças a Deus. Loopy este ano faz 7 anos em Setembro e pensar que vamos ter que começar a comprar ração pra cachorrinhos 'senior' me assusta um pouco. O tempo passsa rápido demais, acho que é isso. Parece que ele fez um ano ontem, fomos ao Brasil...e agora já vamos comprar ração senior. Loopy tem sido uma grande alegria em minha vida. Também ando querendo adotar/comprar um passarinho, mas que nao fique preso na gaiola, algum que esteja acostumado a ficar livre. Já vi algumas possibilidades, mas nao sei, Thomas está indeciso, porque em caso de viagem, é mais um problema pra resolver.

Mudando de assunto, e sobre o que acontece hoje, fiquei sabendo da morte de um jovem ator/cantor, que eu gostava muito. Amava quando ele fazia solos no seriado Glee. Parece que a morte tem alguma relação com drogas, mas nada está provado ainda. Muito triste, sempre muito triste...nao será o ultimo, infelizmente.

Hoje é Domingo, nova semana pela frente! Espero que tudo corra bem, apesar dos problemas que enfrentamos em nossas vidas. Na verdade, nao existe vida neste mundo sem problemas, o jeito é enfrentá-los e seguir em frente. Boa semana pra todos nós!



2 Comentários

2013-06-26T18:20:01.158-07:00

Mais um mês se acabando, mais uma constatação que os dias voam...2013 está chegando ao meio do ano. Dá pra acreditar?

Novidades? Bem, temos tido alguns problemas com a "ex", depois de um bom tempo de calmaria...mais mentiras e processos sem noção. Idas e voltas à Asheville, que fica a 4 horas de distancia de Raleigh, mas...tá tudo bem. Vamos aguardar o final desta história, mais uma vez.

Bambinho? Sim, eu o tenho visto, e isso tem alegrado meus dias, mais do que eu possa explicar. Será que é muita maluquice ficar feliz pq meio que fiz amizade com a mãe do "Bambi" e de vez em quando ela volta pra me mostrar o bebezinho? Pra mim é um privilégio. A grande surpresa foi saber semana passada que não era apenas um...a mãe estava escondendo o outro filhotinho em algum lugar. Agora que os dois estão razoavelmente grandinhos, já podem correr e pular, eu vi os três pertinho da porta do meu trabalho. Achei que estava sofrendo de visão dupla! O pequenino que eu considero ser o Bambinho e que me conhece desde que era recém nascido chegou bem pertinho de mim. Fiquei emocionada. Tremi ao tirar a foto, não ficou boa. O outro ficou à distancia me olhando. Como eu sei que são eles? Vejo inúmeros deles quase todos os dias. São todos iguais, admito, mas quando abro a porta pra olhar de perto, eles saem correndo. A única que não corre é a mãe do Bambinho. Qdo ela está passando pelo local, para em frente minha porta e fica olhando pra mim. Abro a porta, tiro fotos, e ela fica lá, comendos as folhinhas dela. É incrível! Ontem viajei pra Asheville, mas minha amiga de trabalho, Emmah, me contou que viu a família em frente minha porta. Que os dois pequeninos estavam brincando de correr atrás do outro, que a mãe estava lá olhando, de perto. Perdi a cena, mas só de ter a informação que eles estão bem, já fico feliz. Eles vêm duas, três vezes por semana, hoje não os vi...vi outros, os que têm medo de mim. A natureza é linda, é perfeita. Amo muito tudo isso!
Acima, Bambinho olhando pra mim, bem pertinho! Ele não é lindo? E como cresceu!!
Abaixo, a mãe com os dois pequeninhos. Um deles olhando pra mim quando tirava a foto..





O mundo interessante dos animais!

2013-06-01T11:44:03.721-07:00

Esta história começou na 3a feira, dia 28 de Maio de 2013. Fui trabalhar pela manhã, após o feriado Memorial Day. Por volta das 10 am, olhei pela porta (quem já viu as outras fotos que publiquei antes sabe que o local onde trabalho é quase em uma floresta) e vi um veado (deer em Inglês - uma palavra tão bonita) com um filhotinho super pequeno. A mãe estava empurrando (literalmente) o pequeno para um cantinho bem em frente onde trabalho. Corri pra pegar meu celular, consegui tirar a foto do momento, mas na verdade, não entendi nada, porque o bichinho foi se deitar no tal cantinho e a mãe sumiu. Saí e fui verificar de perto, mas a mãe ainda estava na área, só me observando. Depois de alguns minutos ela foi embora e pude verificar como o filhotinho era pequeno, acho que quase um recém nascido. As perninhas eram bem compridas, mas o corpinho muito pequeno.  Não entendi nada! Porque a mãe tinha deixado o pequeno ali?  Ele estava dormindo bem tranquilo. Imaginei que até o final do dia a mãe voltasse, ou até antes, mas isso não aconteceu. Fui pra casa super preocupada, e contei ao  Thomas, que me disse que isso é normal entre estes animais. Quando eles são pequenos, não podem andar muito bem, nem correr, e acabam se tornando fáceis alvos para os predadores. Por isso as mães escolhem um lugar considerado seguro, e provavelmente 'falam' para eles não sairem do lugar até elas voltarem. E isto é que é o mais curioso de tudo, eles obedecem cegamente. Imagino que qualquer outro bichinho - gato, cachorros, etc,  ou  bebês humanos iriam sair do lugar. Estes não saem. Procuramos informação online e aprendemos que eles têm este instinto de só sair do local quando a mãe aparece. Se eles ficarem impacientes é porque tem algo errado, talvez a mãe não tenha voltado e eles estejam com fome ou machucados. Uma coisa interessante foi saber que eles quando são pequenos não exalam cheiro algum, e não atraem predadores por isso.  O Bambinho (como eu comecei a chamar) só levantava para esticar as perninhas muito de vez em quando...ficou no mesmo lugar o tempo todo, sem dar um passo fora do local. No dia seguinte fui correndo verificar se ele ainda estava lá, e ele estava bem, dormia tranquilo, muito bonitinho no mesmo cantinho. Levantava de vez em quando, eu ia lá, tirava fotos, filmava, ele fingia que era uma estátua, mas nem pensava em correr. Acreditei que estava tudo bem, pq ele nao parecia ter fome, nao estava inquieto. No fundo eu estava pedindo a Deus que me acalmasse trazendo a mãe para que tivesse certeza se a mãe dele estava bem, se tinha voltado para alimentá-lo... o bichinho era tão pequeno! Mesmo já sabendo que este procedimento é normal no 'mundo' deles, fiquei muito preocupada. Mas um dia se passando, nada da mãe aparecer,  e eu já quase indo embora...quando de repente vejo o Bambinho levantando e correndo, minutos antes da minha hora de sair do trabalho. Saí corendo atrás dele, pensando que ele estava em perigo ou algo assim, e simplesmente eu vejo a mãe perto! Parei e fiquei olhando. Na mesma hora o Bambinho correu onde ela estava e começou a mamar. Acho que ficaram assim por quase 10 minutos. Fiquei tão feliz e emocionada, a mãe finalmente tinha voltado para buscá-lo. Deve ter vindo alimentá-lo durante a noite também. Os dois sairam juntos bem devagar, o pequeno seguindo a mãe com as perninhas frágeis. Enfim,  eu não encontrei mais o Bambinho no lugar. Como ele é muito pequeno ainda, a mãe deve ter encontrado outro lugar para ele passar o dia, não sei. Só sei que a cada dia mais eu amo estes bichinhos e aprendo coisas novas e interessantes. Ainda  não consigo entender muito bem como os filhotes conseguem confiar 100% nas mães, não saindo do lugar por nada! Nem mesmo quando cheguei bem pert[...]



Seja você mesmo, sempre!

2013-05-27T08:11:15.539-07:00


Acho que é até bem fácil a gente esconder um pouco nosso verdadeiro 'eu' dependendo de com quem estamos, ou da situação. Talvez a tendência da maioria das pessoas, seja a de agir de acordo com o fluxo do rio...ou para agradar, ou para ser agradado. Ninguém gosta de rejeição, isso é fato, mas este um caminho errado, em minha opinião.

Por mais que a gente tente usar uma máscara, um dia a verdadeira face vai aparecer. É simples assim! . Dependendo do tipo de relacionamento então, a coisa pode ficar bem mais séria, como em um casamento, por exemplo. Conheço tantas histórias!

Eu acredito que só cultivamos verdadeiras e sólidos relacionamentos quando conseguimos nos expor e assim mesmo sermos aceitos/aceitarmos o outro. Todo mundo pensa diferente, tem gostos diferentes, etc, mas isso é que é interessante. Não consigo imaginar este mundo se fóssemos todos iguais. Infelizmente nem todo mundo entende isso, e aí vêm as surpresas...ninguém precisa discutir o tempo todo só porque é diferente, acha diferente, sente diferente, apenas precisa respeitar o que é diferente!



Sobre o FB

2013-05-15T17:47:27.334-07:00


O mês de Maio tem sido muito corrido, talvez o mais ocupado até agora, no ano. Estou com dois trabalhos, um permanente (nada é permanente, né?!) e um temporário, desde meados de Abril, mas quando Maio chegar ao fim, terei mais tempo outra vez.

Mas hoje queria comentar um pouco sobre o Facebook. Há dias em que me aborreço por lá, e não preciso disso, aliás, ninguém precisa! Não quero deixar coisas pequenas assim influenciarem minha vida, mas às vezes é difícil, sou humana. Vocês também se sentem assim de vez em quando?

Além de alguns "amigos" nunca, mas nunca mesmo lembrarem que vc existe em nenhuma ocasião - e no caso eu continuar mantendo a maioria pq acho que sempre há um motivo pra o desinteresse deles...descubro que outros, que eu considerava, me tiraram da lista deles. Sinto falta deles, vou checar e não estão mais lá. São pessoas que conheci desde os tempos do Orkut, nunca pessoalmente, mas acompanhei casamentos, nascimentos, etc e tal...dói um pouco. Nao sei o que fiz, pq sempre procuro lembrar dos aniversários e gostar de fotos e posts de amigos, mas o jeito é aceitar. E ainda sobre o tema "aborrecimentos/Facebook", também fiquei meio chateada ontem à noite com uma pessoa comentando sobre a a foto da filha de uma amiga em comum, sobre o assunto maternidade. Segundo esta pessoa, quem não é mãe não sabe o que está perdendo, pq é o que faz a vida ter sentido. Pois é, eu sei, ou melhor, acho que deve ser sim, mas puxa, um pouquinho de sensibilidade seria bem legal, né...afinal, muitas mulheres estão 'perdendo este sentido da vida' não porque querem, mas pq nao podem! Não aguentei e deixei lá minha opinião. Falei calmamente, basicamente o que acabei de dizer aqui, mas a pessoa não respondeu, nem comentou nada. Ou ficou chateada ou sem graça. Bem, eu 'entro' no FB ao menos uma vez por dia pra saber como a familia, os amigos estão, comentar, gostar, etc e talvez ficar chateada com uma coisa ou outra, mas talvez o melhor mesmo seja não levar tudo muito a sério, afinal, é um mundo virtual.  Não quero deletar minha conta pq é também um meio de contato com familia e amigos bacanas. Acho que o jeito é acionar o botão pra esfriar a cabeça e não me deixar influenciar. Nossa vida diária já tem lá tanta coisa mais importante, não é? Acho que é isso mesmo. Só um desabafo sobre o caso.




Zzzzzz....

2013-04-22T18:30:48.999-07:00

Não são nem 9 da noite e eu estou aqui, caindo de sono...mesmo assim aproveitando que não tenho nada muito importante pra fazer hoje/agora, e tendo a chance de dar uma olhadinha rápida nos blogs amigos, no FB e emails...vou escrever um pouquinho.

Nunca fui do tipo que dorme muito tarde, mas também nem de longe "durmo com as galinhas". O problema é que tenho me sentido exausta, não fisicamente, mas mentalmente. Quando vou dormir - em geral por volta de 11 da noite, eu consigo pegar no sono até rapidamente, mas acordo tantas vezes durante a noite, que mesmo voltando a dormir, acordo com a sensação que não dormi o suficiente. Acordo pelo menos umas 6, 7 vezes. Resultado: sono constante durante o dia. Junte-se a isto as olheiras, olhos puff, como dizem por aqui, e vontade de cochilar o tempo todo...mas não dá. A foto diz tudo:
Estou com dois trabalhos, um é temporário, mas esta dupla jornada tem sido bem cansativa. O trabalho fixo é bem interessante, depois volto aqui pra falar sobre o que estou fazendo.

Também cuido da limpeza da casa, faço comida, cuido do Loopy e agora estou novamente ocupada com meu jardinzinho dos fundos, com muitos morangos prometendo aparecer em breve (esta foto foi tirada há 1 semana atrás, mas agora temos florzinhas brancas por todos os lados)...
Temos tb arvorezinha de blueberry florida e ervinhas crescendo rapidamente nos vasos (salsinha, cebolinha, hortelã, etc). Um dia sem molhar e ficam todos tristinhos no dia seguinte. Não posso esquecê-los por conta do meu cansaço...ah, e nao posso esquecer do Loopy. O bichinho tem espirrado muito ultimamente (não menos que eu, rainha das alergias) e acho que tenho que levá-lo no vet em breve, nem tanto pelos espirros, mas por conta da proteção extra contra pulguinhas e afins nesta temporada de muitas andanças do lado de fora da casa.
Thomas cuida das lavagem de roupas, isto é, parte do processo. Ele põe tudo na máquina de lavar e secar. Eu tiro tudo, separo, dobro. Bem, ele cozinha de vez em quando. A especialidade do moço na cozinha é fazer: macarrão, lentilhas, pão integral (delicioso) e waffles. Não vai muito além disso, mas tá ótimo!

Apesar da correria e tudo mais, graças a Deus estamos bem. Algumas noticias que nos preocupam aqui e ali por conta de alguns queridos amigos com problemas de saúde, desemprego, etc e tal, a vida vai seguindo seu rumo...

Uma boa semana pra todos nós. Vou Zzzzzzzzzzz......




Dica - frutas que posso/não posso oferecer ao meu cachorro

2013-03-27T19:27:41.721-07:00

Passando rapidamente aqui só para deixar uma dica pra quem tem cachorros. Parece que não é tão importante, mas eu sei que Loopy já passou muito mal por comer pedaços de frutas que caíram no chão e nao conseguimos tirar dele antes dele engolir tudo!




Pra pensar um pouco...

2013-03-20T18:01:36.179-07:00

(image) "O melhor indicador do caráter de uma pessoa é como ela trata as pessoas que não podem lhe trazer benefício algum." Abigail Van Burren (1918-2013)

Li esta frase hoje e fiquei pensando no quanto isso é verdade! Vivendo na sociedade em que vivemos, isso é coisa rara, tratar bem sem olhar a quem, sem interesse. Pena que seja assim.




É hoje!

2013-03-18T08:46:31.135-07:00

Mais um ano se passou, mais um aniversário chegou.

 
Mais uma vez estou sem minha familia e amigos de longa data por perto, mas sou grata à tecnologia que proporciona meios para que eu possa receber carinho dos amigos, onde quer que estejam, isso me deixa muito feliz! Não sou uma pessoa cheia de expectativas, e talvez seja melhor assim.

Estou viva, a saúde está ok, tenho minha mãe, meu irmão, meu marido, e também tenho o Loopy, companheirinho há quase 7 anos; tenho vários amigos através dos anos e histórias de vida...estes são presentes que não têm preço!! Que mais posso desejar? :) Tenho tudo!



Um incentivo especial

2013-03-12T10:42:17.859-07:00



Hoje eu recebi um recadinho especial em meu email, pelo dia da Bibliotecária, 12 de Maio. Até aí nada de mais, só que este recadinho veio de uma leitora deste blog, o que achei pra lá de incrível, porque além de lembrar que sou bibliotecária, ainda perguntou por que eu sumi, e que gosta do meu blog. Acho que foi mais do que suficiente pra me animar a voltar a escrever aqui.

Parei de escrever por vários motivos, não foi somente a falta de tempo, foi também falta de interesse. Cheguei meio que à conclusão que meu blog não é interessante porque não tem um tema específico ou marcante. Comecei o blog tempos atrás pra escrever sobre minha vida fora do Brasil, mas acho que fui perdendo o rumo nos posts. Daí hoje recebo este recadinho e muda todo o pensamento anterior, renova o ânimo. Obrigada, Silvana!

Muitas coisas aconteceram desde Agosto. Eu vi minha avózinha pela ultima vez em Setembro, ela estava super bem e saudável, animada como sempre. Passamos dias muito felizes juntas. Menos de um mês depois eu a perdi de maneira repentina, por causa de uma apendicite silenciosa. Vovó lutou muito pela vida, mas era o momento da partida. Ela se foi no dia 14 de Novembro, um dia antes do aniversário de minha mãe, filha dela. O funeral foi no dia 15, no Rio de Janeiro, e segundo amigos, foi lindo e comovente. Não pude estar lá, mas fiquei grata a Deus pelos dias que tive no ultimo mês de vida da minha querida vovó. Mais 2 dias e 4 meses terão passado, mas ainda sinto imensamente a falta de falar com vovó pelo telefone, de saber que ela estava lá em casa no Rio, sempre alegrinha, com uma palavra de conforto, carinho e amor para mim. É muito difícil lidar com a perda de alguém tão importante na vida da gente, mas ela é minha segunda grande perda, depois de papai. E assim é a nossa vida neste planeta, seguimos vivendo, seguimos em frente, o tempo vai nos dando a mão e ajudando a transformar a dor em saudade. E a saudade é mesmo pra sempre.

Posso dizer que não senti os meses de Janeiro e Fevereiro passando. Nem acredito que já estamos em Março. O inverno já está indo embora (difícil acreditar tendo em vista os dias frios de Março) e o ano segue com pressa, como sempre.

Não tenho grandes novidades. Meu contrato de trabalho terminou em Dezembro e após 90 dias posso aplicar para a mesma vaga, o que já fiz, mas sem garantias. Gosto de trabalhar, gosto de aprender coisas novas e ocupar meu tempo, mas não sei o que me espera, tenho feito algumas entrevistas aqui pela cidade, nada se concretizou ainda. Estou aguardando.

Peço desculpas aos amigos do blog por não ter visitado os seus blogs ultimamente, mas eu pretendo retomar isto também, adoro ler.

Que esta semana seja bacana para todos nós, e que venha logo a primavera, o calor, o sol!



Um verão pra lá de inesperado..

2012-08-23T12:04:03.451-07:00

Hoje foi o julgamento do ex namorado da minha enteada, e claro, ninguém sabe desta história...Tudo começou quando ela pediu para passar o verão em nossa casa (o dormitório é fechado no verão), para ficar perto deste menino. Como todos sabem, ela mora com a mãe em outra cidade, mas se recusou a voltar pra Asheville e meu marido aceitou o pedido da filha... e eu tive que aguentar. Eu fui contra até o último minuto, achando os motivos pelos quais ela queria ficar aqui totalmente errados. Honestamente, se ela realmente estivesse precisando, mesmo não me dando bem com ela eu não me oporia à estada aqui, eu sempre quis que nós pudessemos ter um bom relacionamento, ela tem a personalidade da mãe,infelizmente não é uma pessoa fácil. Se ela estivesse fazendo curso de verão ou algo do tipo eu entenderia e aceitaria sem problemas, mas não foi o caso. Fiquei muito chateada mesmo e sumi até daqui, do blog. Mas...o resultado desta decisão à qual fui contra, veio à galope...logo no início de Maio o casalzinho terminou o namoro após 3 anos, por conta de mais uma das mentiras do menino. O drama invadiu nossa vida, literalmente. Nossa casa só tem garagem para um carro. Nem uma semana depois do término do relacionamento pela menina, o carro dela estacionado em frente à nossa casa começou a ser vandalizado diariamente. Pneus, tanque de gasolina, prejuizos enormes...Ninguém imaginava o que estava acontecendo, até que uma noite no final de semana resolvemos ficar de plantão vigiando escondidos. Justamente no plantão de meu marido, por volta de 3 am o menino veio, o ex, furar o pneu. Não vou contar detalhes pq este post ficaria enorme, mas ele entrou em nossa varanda coberta e trancada, cortando a tela para abrir o trinco. Foi apanhado pela policia, que meu marido chamou imediatamente. Confessou tudo e foi preso. Semanas depois a familia pagou a fiança e o menino saiu. Fizemos um documento no qual ele ficaria proibido de chegar perto da menina ou de nossa casa mas o terror continuou por mais um mes e meio. Não podíamos deixar nossos carros fora da garagem por 5 min que algo  era vandalizado, ou seja, ele vivia de plantão escondido em nossa vizinhança. Vivíamos com medo.Finalmente após vários casos, a policia concordou em ficar de plantão disfarçado e o pegou uma madrugada rondando nossa casa. Foi apanhado igualzinho nos filmes, jogado no chão, etc. Mais um vez foi preso. O mais incrível é que este menino tem boa familia, foi lider na aeronáutica jovem, vivia em nossa casa, saía conosco, sempre foi educado, respeitador. Nunca imaginávamos isso! Hoje foi o julgamento e ele foi coagido a assumir tudo ou ir a outro julgamento onde poderia ser preso pra valer. Ele assumiu tudo e vai ficar em probation até final do ano que vem. Vai ter que pagar toda o dinheirão pelas coisas que destruiu. Cada conserto de carro custou muito dinheiro, inclusive nos tanques de gasolina, que ele danificou. Justiça! E dupla, pq meu marido reconheceu que foi mesmo uma decisão errada quando ele aceitou o pedido da filha totalmente sem necessidade, mesmo sabendo de tudo que ela já fez comigo através dos anos. Curiosamente ela até não me desrespeitou muito neste verão, só me respondeu mal uma vez, só gritou comigo uma vez e claro, não ajudou em nada em termos de limpeza, etc, mas foi melhor do que nas ocasiões passadas. Só para se ter uma idéia de como ela é, em meados de Junho foi visitar uma melhor amiga em cidade próxima que estava com o namorado e voltou com o namorado da amiga, um menino coreano que [...]



Um texto da Clarice Lispector

2012-08-22T15:57:06.853-07:00

 Sonhe com aquilo que você quiser. Seja o que você quer ser, Porque você possui apenas uma vida E nela só se tem uma chance De fazer aquilo que se quer. Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz. As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor Das oportunidades que aparecem Em seus caminhos. A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância Das pessoas que passam por suas vidas. O futuro mais brilhante é baseado num passado intensamente vivido. Você só terá sucesso na vida Quando perdoar os erros E as decepções do passado. A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar Duram uma eternidade. A vida não é de se brincar Porque um belo dia se morre." (Clarice Lispector)Imagem: Beatrix Potter[...]



Um breve alozinho

2012-07-29T17:03:48.877-07:00



Muito trabalho...trabalho regular, trabalho extra...dias sem fazer comida por conta da falta de tempo..dias em que entro no Facebool quase à meia noite porque o dia voa...muitas aventuras, muito calor e contando os dias para ir ao meu querido Rio de Janeiro.
Quando os dias ficarem menos tumultuados eu volto e conto um pouco mais! Peço descupas pela ausência nos blogs dos amigos também.
Até breve!



Memorial Day picnic

2012-05-29T17:36:11.465-07:00

Dia de sol e muito calor, lá fomos nós fazer picinic no lago Crabtree...convidamos os Suzuki  - familia brasileira, que está mudando para o TN agora em Junho...um pena, vamos sentir saudades!



Uma surpresa que me deixou muito feliz..

2012-05-03T13:59:24.202-07:00

Hoje eu recebi uma notícia maravilhosa, que iluminou o meu dia completamente! Vou contar a história antes.Em meados de 2003 eu reconectei com uma amiga de adolescencia, foi totalmente inesperado. Nos encontramos nas Lojas Americanas, no Rio de Janeiro. Eu estava 'amargando' o fim de um relacionamento e ela também.  Conversamos, fomos lanchar no Shopping e descobrimos que estávamos vivendo momentos muito parecidos em nossas vidas. O resultado não poderia ser diferente, nos tornamos like 'peas and carrots', como disse o Forrest Gump, acho que no Brasil seria mais como "pão com manteiga', mas nos tornamos inseparáveis. Foi uma época maravilhosa, sinto muitas saudades. Tenho muitas fotos de nossos passeios pelo Rio, incluindo os outros amigos que formavam um grupinho super agradável. Estávamos sempre juntos, nossa amizade era diversão garantida. Eu e minha amiga tínhamos muitos planos...conversávamos constantemente sobre isso. Um deles eu já havia realizado, que era conseguir um emprego público federal. Minha amiga ainda estava batalhando por isso mas em breve conseguiu realizar este sonho também. No mais, queríamos conhecer alguém especial e formar uma família. Eu conheci Thomas naquele mesmo ano, a coisa foi ficando séria e acabei aceitando me casar e morar fora do Brasil. Minha amiga ajudou em tudo. Nós duas tinhamos muitas coisas em comum. No meu caso, meu pai era idoso, muito mais que minha mãe. No caso dela, a mãe dela era bem mais idosa que o pai. Eu me casei no final do ano 2005, ela se casou em 2007. Eu perdi meu pai em 2007, ela perdeu a mãe em 2008. Eu descobri que possivelmente não poderia ter filhos, minha amiga também.O tempo passou e por alguma razão nós perdemos a conexão em 2007, nunca mais nos falamos, nem por email. Na verdade eu não tive mais o endereço de email de minha amiga, porque ela havia cancelado o antigo. Sendo bem sincera, eu nunca entendi muito bem o que houve, só sabia que minha amiga estava fazendo muita falta em minha vida. Olhava as fotos e ficava muito triste. Perdemos contato. Fui ao Rio mas não a vi..Em Janeiro passado eu lembrei do aniversário desta amiga. Havia lembrado antes também, mas não sabia onde estava o endereço dela. Acabei encontrando na última mudança. Enviei um cartão sem muitas esperanças. Já fazia quase 3 anos que não tínhamos nenhum contato.Hoje eu fiquei sabendo através de minha mãe que minha amiga havia ligado pra ela, queria que eu soubesse que ela recebeu o cartão e gostou muito de saber que eu ainda lembrava dela. Ela não tem mais usado Internet e nem entrado em contato com amigos faz tempos, vive totalmente para a familia. Ela acabou de adotar dois meninos, sim, ela é mamãe! Um se chama Emanoel e o outro João, eles têm 1 e 3 anos. Ela trabalha no fórum do Rio, cuida do marido, dos dois filhos e de um cachorrinho adotado.  O tempo ficou curto!Eu fiquei muito feliz por saber que ela se lembra de mim, confesso que achava que ela não se importava mais comigo. Fiquei feliz, feliz e feliz em saber que ela agora é mamãe, um dos nossos sonhos compartilhados, esta foi a melhor notícia que eu poderia ter recebido. Sei que nada é como antes, e talvez fique por isso mesmo, mas meu dia ficou totalmente iluminado hoje. Às vezes as pequenas coisas da vida fazem uma diferença imensa na vida da gente...[...]



Uma entrevista interessante sobre o assunto 'sucesso'

2012-05-02T06:34:04.993-07:00

Nesta entrevista, o escritor Roberto Shinyashiki diz como lidar com a obcecada busca - luta - pelo sucesso e alerta sobre os perigos desse caminho. Ele diz o que é na prática ser uma pessoa heróica. Você é muito mais sensacional quando se permite ser simplesmente você. Esta frase é o mote de seu novo livro 'Heróis de Verdade' (Editora Gente), que combate a supervalorização da aparência. Por esta via ele argumenta que o caminho para o sucesso pode ser mais natural e simples do que se imagina, mas desde que se liberte da hipnose do condicionamento social, onde se busca copiar modelos bem-sucedidos Em suas recentes entrevistas, tem dito que falta ao Brasil competência e não auto-estima. Há 20 anos no mercado editorial, Shinyashiki publicou 11 títulos e já vendeu 6,5 milhões de livros.Vya Estelar - Por que muitas pessoas têm obsessão ou mesmo compulsão pelo sucesso? Roberto Shinyashiki - A sociedade vive hoje quatro loucuras. A primeira é a do sucesso - e não é qualquer sucesso, mas o que a sociedade determina. A segunda é ser feliz todos os dias e de preferência nas 24 horas do dia. E não é qualquer felicidade, é a felicidade da alegria, de estar sorrindo todo o tempo. A terceira é a do consumo, de adquirir tudo o que se tem vontade. A quarta é ter um único jeito de fazer as coisas. Nessa perspectiva, não há jeito para criar. Se morou junto, tem de casar. Se casou, tem de ter filhos. Não há espaço para ser diverso, para ser você. E isso bate com as fraquezas das pessoas. Minha dica: procure sempre se aprimorar em suas ações, mas não gaste a sua energia querendo mostrar que é maravilhoso e sensacional o tempo todo. Certamente você é muito mais sensacional, quando se permite ser simplesmente você. Sem querer impressionar ninguém, muito menos querendo mostrar o que não é...Vya Estelar - Como não cair nessas quatro loucuras?Roberto Shinyashiki - O primeiro desafio é não deixar a sociedade definir quais são nossas metas. É preciso olhar para dentro de si e definir o que realmente é importante. Há muitas mulheres, por exemplo, que trabalham intensamente, correm para pegar o filho na escola e levar para casa... Eu pergunto: o que essa mulher quer? E você responde: participar da vida do filho. Para isso, pegar o filho todo dia na escola não é importante. É preciso entender que há pessoas em que se pode confiar, com as quais se pode compartilhar vontades e necessidades. Nesse caso, volta-se a pertencer à raça humana e resolve-se o segundo desafio, que é justamente se aproximar da realidade. O terceiro é ter retorno sobre as ações e evoluir.Vya Estelar - Como lidar com o ideal de perfeição? Roberto Shinyashiki - Todo mundo erra, mas faz pose de bacana. As pessoas machucam quem amam, mas sempre têm uma justificativa na ponta da língua. É muita arrogância. Falta humildade. Se a gente observar, as relações não andam, as famílias estão fragmentadas, as carreiras das pessoas se sustentam abaixo de muita pressão. Nas empresas, todo mundo sabe o que precisa ser feito e acha que sua proposta tem de prevalecer. E só há uma forma disso se estabelecer, que é destruindo as relações, os núcleos e a confiança das pessoas. No fim das contas, quais são as pessoas que acabam dando certo? Aquelas mais simples, que constroem suas vidas com significado, baseadas nos sentimentos do coração, sem a preocupação de competir e ganhar do outro sempre. Vivem sua essência. Não são os heróis que vemos na tele[...]



Fevereiro ou Maio?

2012-05-02T06:35:18.105-07:00


(image) Hoje eu lembrei de meu blog com saudades. Saudades dos tempos em que podia escrever à vontade, porque tempo não era nenhum problema.

Quando me dei conta de que o ultimo post foi em Fevereiro, o primeiro pensamento que tive foi que algum erro/bug 'engoliu' algum post mais recente...mas não, eu sei que não foi nada disso. Não escrevi nada desde então.

Deixei pra trás alguns acontecimentos importantes como meu aniversário e também o de minha avó, que completou 93 anos. Deixei de escrever a minha alegria ao saber do casamento de uma querida amiga que finalmente encontrou seu par perfeito e também sobre meu irmão estar começando a superar uma situação que o deixou muito abatido nos ultimos meses. A vida passa depressa.

Tudo que é bom ou ruim, também acaba passando.

Eu tenho pensado seriamente em passar uma temporada no Brasil. Daqui a 7 meses vou completar 7 anos vivendo fora de meu País. Acabei adquirindo dupla cidadania e com isso o direito de ir e vir quando quiser, o que facilita meus planos.

Sinto falta de minha familia, de meus amigos, das coisas da minha Terra. Tenho vontade de reconectar com as coisas que deixei. Tenho vontade de fazer alguma coisa diferente, arriscar, aprender, ainda nao sei bem.
Este é um momento de muitas incertezas, mas tudo acaba acontecendo quando tem que acontecer. Ainda nao tenho datas nem planos, só idéias. E vontade, claro!

No mais a vida segue, e como passa rápido!



Aniversário de meu pai

2012-02-19T17:16:14.757-08:00

Dia 19 de Fevereiro, 2012.

Hoje teria sido aniversário de meu pai. Sonhei com ele ontem à noite, porque fiquei pensando bastante nele ontem, vendo fotografias antigas, relembrando.

Ele se foi em 2007 mas ainda é difícil acreditar. Nunca havia perdido ninguém próximo em minha vida antes, minha avó vai completar 93 anos este ano, se Deus quiser...mas papai se foi.

(image) Amo esta foto de meu pai abraçando a Cilinha,  nossa poodle. Acho que não usei esta foto no blog antes quando falei de meu pai nos posts anteriores. Cilinha se foi no final do ano passado, então os dois não estão mais aqui.

Eu acredito que todos nós temos o momento de chegar e partir. Quando não é a hora, não adianta, pode ser o pior acidente, nada acontece.  Também tenho outras certezas, sei que vou revê-lo um dia outra vez. Eu acredito em Céu, isso faz toda a diferença em minha vida. Respeito as crenças alheias, mas a minha me faz muito bem, inclusive a ajuda a ter mais equilíbrio para viver neste mundo.
Por isso, hoje, mesmo com muitas saudades de papai, está tudo bem...







Valentine's Day

2012-02-16T12:10:01.886-08:00


Nosso sétimo Valentines Day juntos, nem consigo acreditar como o tempo passa depressa. Ontem mesmo comemoramos o primeiro e agora já estamos neste número tão grande - sete!! Não planejamos muito este ano, na verdade se eu deixar a coisa vai ficando meio relaxada a cada ano que passa e isso eu não vou deixar, quem me conhece bem sabe o quanto eu aprecio estas datas! Pode ser como meu pai dizia, "dia do comércio", mas o fato é que é sempre bom a gente celebrar coisas boas, aproveitar a ocasião pra presentear, fazer algo especial, etc. Não que isso não possa ser feito em dias normais, mas quando a gente olha em volta e só vê e ouve sobre isso na tv, no rádio, nas ruas, ahh...vamos nós também celebrar! : )
Fomos ao Carrabba's Italian Grill, reservamos antes mas mesmo assim tivemos que ficar em pé esperando pelo menos por 45 minutos. Quem não fez reserva ficou em pior situação. Ao menos serviram alguns petiscos para os pobre coitados que estavam esperando, no começo nem aceitei, mas depois de 30 minutos os petiscos começaram a parecer deliciosos e atraentes, hahah! Acho que todos os restaurantes da cidade estavam lotados, passamos por alguns a caminho e vimos fila do lado de fora! Com o frio que fazia na noite do dia 14, eu não toparia esperar do lado de fora.

Fomos tb ao Mall comprar os presentes que queríamos, sem surpresas. As únicas são as de sempre, cartãozinhos, chocolates, e uma Minnie de roupinha rosa que eu amei.

Como dia de semana é sempre dia de trabalho, voltamos pra casa antes das onze da noite e ficamos conversando por pelo menos duas horas, relembrando os Valentine's dos anos anteriores. Eu errei o local do primeiro, que vergonha! ; )

P.S: A foto acima não está nesta posição em meu folder! Qdo coloco a rotação aparece errada : (