Subscribe: Comentários para Direito & Economia
http://direitoeconomia.com/comments/feed/
Preview: Comentários para Direito & Economia

Comentários para Direito & Economia



Regulation matters



Last Build Date: Sun, 21 Feb 2010 18:27:58 +0000

 



Comentário em Código dos Contratos Públicos: aplicação ao primeiro troço TGV em Portugal por GESTOR- RIBEIRO

Sun, 21 Feb 2010 18:27:58 +0000

OS CONTRATOS DAS PPP JÁ DEVERIAM ESTAR EM ARRANQUE PORQUE O TGV É IMPORTANTE QUER O DE MADRID-LISBOA, COMO O DE VILA REAL STº ANTONIO - HUELVA PARA VALENCIA E MISTO, MAS A PREÇOS DE LOW COST. PARA TODO O TURISMO. COM SEGURANÇA INTERNA, E TRAINS DA ALSTOM OU DA SIEMENS.



Comentário em Facebook Could Transform Mobile Phones por Direito & Economia – Facebook Could Transform Mobile Phones – mobile

Sun, 14 Feb 2010 23:03:43 +0000

[...] http://direitoeconomia.com/2010/02/facebook-could-transform-mobile-phones/Selecção do dia de notícias e artigos: Facebook Could Transform Mobile Phones fonte: [...]



Comentário em Bar Codes Ride Again—on Mobile Phones por Direito & Economia – Bar Codes Ride Again—on Mobile Phones – mobile

Sat, 06 Feb 2010 17:53:53 +0000

[...] http://direitoeconomia.com/2010/02/bar-codes-ride-again%E2%80%94on-mobile-phones/Selecção de noticiário interessante de hoje: Bar Codes Ride Again—on Mobile Phones fonte: [...]



Comentário em Sector empresarial do Estado: orientações estratégicas por Noémia da Silva

Tue, 06 Oct 2009 20:28:29 +0000

Acredita-se que com este novo estatuto do gestor público (Dec-Lei n.71/2009, de 27 de Março), dando projecção a uma maior transparência quanto à direcção, funcionamento e finalidades das empresas públicas, se caminha na direcção certa de um Estado Democrático inserido no contexto da União Europeia - hoje, a maior potência comercial do Mundo -,dando fundamento à crescente competitividade causada pela globalização que continua a exigir reformas económicas e sociais profundas.



Comentário em Venda de bens de consumo: garantias por Pedro Ferreira

Sat, 12 Sep 2009 07:17:27 +0000

A titulo de e exemplo, comprei uma peça auto numa empresa que vende peças de atomóveis usados, foi-me dito que a peça tinha garantia de três meses, ao colocá-la no carro a mesma não funciona, o mecanico diz que é a peça, o vendedor diz que é do mecânico, um diagnostico à peça numa casa neutra diz que é a peça, e agora tenho 500 euros de mão de obra para pagar, mais o valor da peça já pago, e agora? quem tem de pagar? eu sei quem é que devia pagar isso tudo, mas acho que vou ter que ser eu... Será assim? Aceito um conselho juridico.



Comentário em Venda de bens de consumo: garantias por Pedro Ferreira

Sat, 12 Sep 2009 07:10:24 +0000

Tudo isto das garantias é muito bonito, pese embora exista legislação que proteja o consumidor/vendedor, o certo é que com a morosidade da nossa justiça e peso das taxas de justiça, vale mais pensar onde nos vamos meter.



Comentário em Viajar na Europa em 2008: documentos necessários por Maria Alice Gomes

Mon, 13 Jul 2009 17:33:45 +0000

Cara Fátima Como possui cartão de residência permanente em Portugal, pode viajar para a Europa sem qualquer problema. No entanto sugiro que junto do SEF tente perceber quanto tempo poderá demorar ainda a obter a nacionalidade, mas como lhe disse, isso não impede que possa viajar. Mas, se está a pensar ir viver e trabalhar para a Holanda, será melhor aguardar a obtenção da nacionalidade portuguesa, para que se torne cidadã europeia. É que uma coisa é viajar para um país da Europa, e outra muito diferente, é querer viver ai. Desejo-lhe boa sorte, e gardeço a visita ao Dados Pessoais.



Comentário em Viajar na Europa em 2008: documentos necessários por Maria Alice Gomes

Mon, 13 Jul 2009 17:20:25 +0000

Cara Cláudia Para esclarecer as suas dúvidas, sugiro que contacte directamente com a: Embaixada República Árabe do Egipto Av. D. Vasco Gama 8 LISBOA 1400-128 Tel. 213018301 Penso que não têm site, ou está desactivado, mas consegue as informações através do telefone. Baos férias, e obrigada pela visita ao Dados Pessoais



Comentário em Nova lei do divórcio e regime de responsabilidades parentais por Maria Alice Gomes

Mon, 13 Jul 2009 17:07:40 +0000

Cara Rita A venda fictícia dos seus bens não me parece a coisa mais acertada a fazer. Isto porque o seu marido a pode anular, caso dela tenha conhecimento. Com a nova regulamentação sobre o divórcio, pode resolver a questão definitivamente, desde que abrangida por uma destas situações: a)A separação de facto por um ano consecutivo; b) A alteração das faculdades mentais do outro cônjuge, quando dure há mais de um ano e, pela sua gravidade, comprometa a possibilidade de vida em comum; c) A ausência, sem que do ausente haja notícias, por tempo não inferior a um ano; d) Quaisquer outros factos que, independentemente da culpa dos cônjuges, mostrem a ruptura definitiva do casamento. Perante o que descreve, não vai ter dificuldade em conseguir o divórcio, e a partilha dos bens deve que ser feita com lealdade, e sobretudo com legalidade, para que não tenha problemas mais tarde. Agradeço a visita ao Dados Pessoais.



Comentário em Viajar na Europa em 2008: documentos necessários por Maria Alice Gomes

Mon, 13 Jul 2009 08:01:34 +0000

Olá Ricardo Para viajar para Portugal como turista, necessita de visto e passaporte. Obrigada pela visita ao Dados Pessoais.