Subscribe: Santo Mario Social Club
http://santomariosocialclub.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
blog  comentários  das  don  está  gente  isso  mais  mario carvalho  mario  minha  musa  não  pode  pra  tudo  você 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: Santo Mario Social Club

Santo Mario Social Club



"People will know when they see this show the kind of guy I am"



Updated: 2018-03-06T23:21:52.562-03:00

 



$400 to $500 per day

2015-04-01T15:10:23.959-03:00

How To Make $500 Per Day
 
 
 
$ 500 per day

 




You can get a FREE Trial access to online trade robot

2015-03-09T04:07:04.211-03:00

$400 to $500 per day
 
 
 
$500 per day

 




O convite de Mario Carvalho está aguardando sua resposta.

2014-05-19T04:35:26.339-03:00

        Mario Carvalho quer fazer parte da sua rede no LinkedIn. Como deseja responder?  Mario Carvalho --  Confirme que você conhece Mario     Você está recebendo e-mails de lembretes sobre convites pendentes. Cancelar inscrição © 2014, LinkedIn Corporation. 2029 Stierlin Ct. Mountain View, CA 94043, EUA [...]



O convite de Mario Carvalho está aguardando sua resposta.

2014-05-12T04:56:12.695-03:00

        Mario Carvalho quer fazer parte da sua rede no LinkedIn. Como deseja responder?  Mario Carvalho --  Confirme que você conhece Mario     Você está recebendo e-mails de lembretes sobre convites pendentes. Cancelar inscrição © 2014, LinkedIn Corporation. 2029 Stierlin Ct. Mountain View, CA 94043, EUA [...]



Mantenha contato comigo através do LinkedIn.

2014-05-07T15:46:33.186-03:00

          De Mario Carvalho   -- Brasil               Eu gostaria de adicioná-lo à minha rede profissional no LinkedIn. -Mario         Confirme que você conhece Mario.       Você está recebendo convites de conexão por e-mail. Cancelar inscrição © 2014, LinkedIn Corporation. 2029 Stierlin Ct. Mountain View, CA 94043, EUA  [...]



0 Comentários

2011-11-15T13:26:49.176-02:00

Published with Blogger-droid v2.0.1



a hora da estrela

2009-07-11T10:49:38.801-03:00

tem noites que a gente acha que pode tudo.
e não é que podemos mesmo!

resolvi largar a preguiça de lado e...
de volta das cinzas o Santo Mário Social Club ressurge.

Bonsoir, mes amis!

(image)


(image)


(image)


(image)



Cinco minutos, por favor

2008-11-15T13:27:59.349-02:00

(image)



Ok, eu admito: estou insuportavelmente irritado. E acrescento que a irritação não é meu único "sintoma-somático". Também ando mais neurótico que nunca, mais irônico que jamais pensei, tão arrogante quanto antes. Porém, se serve de consolo, argumento raso ou coisa que o valha, tenho motivos cavalares pra toda essa pinta.

Uma grande guerra, uma falácia ininterrupta acontece dentro da minha cachola. É dentro do meu próprio mundo de mim mesmo "Lucy in the sky with diamonds" que tudo acontece. E acreditem, não há nada de torpe influenciando os meus delírios. Na verdade, são reflexões tão acertadas e reais quanto a própria realidade "fora da caverna". Quem diria que a idéia que se tem das coisas fosse mais forte que as próprias coisas? Platão?! Então tá, bee!

Da filosofia de primário pro circo dominical ... Minha vida mudou drasticamente em 2007/8 e tomou rumos tão insólitos que a falta de preparo e a fragilidade adolescente ( - Tardia! Diria um amigo super-bem-trabalhado-resolvido) derrubaram-me em nocaute. Aqui estou totalmente quebrado e com o supercílio sangrando. Tô caolho, minha gente. O sorriso cor-de-rosa continua estampado na cara, mas o sangue escorre manchando a gola. E quem é que suporta - na sessão de domingo, com crianças por perto - um palhaço sangrando?

- Chorando talvez, segundo Leoncavallo, sangrando nunca meu querido!

Grita Tia Alice - a culta (!) - da cozinha, enquanto prepara galinha ao molho pardo pras visitas indesejadas.

Pois é, de olhos fechados nesse quarto infestado de branco eu dou o play. E julgo, e culpo, e aponto, e o telefone que não toca e toca. A gota presa no canto do olho (cafona!). Risca (?!).

Tô tenso, dissoluto e sem dançar há três semanas. Por isso, queridos, não me levem a mal. Não esquentem se por aqui faço galhofa de tudo, da gente. É pra desopilar o fígado. Fica tudo na quimera: uma vez escrito quiá resolvido.

Então, quéri, beijo-me-liga!






Coming soon

2008-11-15T05:42:20.357-02:00

(image)




Chiques e famosos

2008-07-22T19:12:27.059-03:00





Musa

2008-07-22T19:31:03.980-03:00

6 anos. Esse é o tempo em que eu escrevo nesse blog. Tudo começou porque a Renata gostava dos e-mails que eu mandava pra ela. Ela, aficcionada pela leitura de blogs maravilhosos, achou que eu deveria ter um e dizer pra mais gente o que eu dizia pra ela. Eu hesitei, nem sabia o que era um blog na verdade. Só conhecia um bombado ali, um fervido aqui. Eu era alheio a essa nova tecnologia internética. Mas num belo dia, de um verão mágico, eu conheci o Robi (o italiano) e minha vida começou a mudar. Todo aquele blá, blá, blá de descobertas que vocês já leram no passado foi pra mim muito importante e fundamental para brotar a necessidade de compartilhar minha nova visão de mundo com os outros. Talvez encontrar gente pra visualizar o que eu estava sentindo, um quê de identificação, sabe? E daí nasceu o Club (jeitinho íntimo pra chamar o extenso Santo Mário Social Club). No começo foi festa. Muitas idéias, textos que brotavam de um céu azul como o da vista da linha vermelha e as possíveis balas perdidas traçando o firmamento até a bolsa nova de Paty Pinto e a dialética do consumo. Ispiração total. Foi um verão de março, delicioso. Toda noitada merecia uma versão explícita para os leitores do Club; com detalhes picantes, bicos de seios masculinos, drinks destilados, luzes estroboscópicas, literaturas nobres e versinhos rasteiros permeavam as páginas do blog. Era uma maravilha. Conheci gente que nem imaginava conhecer, contatos que só a internet pode proporcionar - e que devidamente, `as vezes, só permanecem por lá - .
Pra se ter uma idéia, eu conheci um cara de quem eu era fã. Imagina só. Eu lia mensalmente os artigos de um tal de Gilberto Scofield Jr. na deliciosa Sui Generis (extinta revista "pseudo-cult" para bibas idem) e jamais imaginei que seria amigo lido por ele tempos depois. Eu adorei esse lance de quase celebridade ordinária/comum que tem seus textos lidos por gente que não faz parte do círculo pequeno de amigos conectados. Era demais. Era? Não. Continua sendo. E tenho divagado muito em minhas noites de insônia sobre isso. Eu adoro escrever e é por isso que resolvi continuar com esse blog apesar das crises existenciais pela qual todo blog passa. É isso mesmo gente, um blog também tem sentimentos além das gracinhas e dos confetes. Foram poucas mas substanciais crises. Os temas, dessas crises incontestáveis, variam de tempos em tempos, porém o mais freqüente é a inspiração versus obrigação. Acreditem. É a tal da auto cobrança. Do achismo do achismo, sacou?! Por isso tenho pensado tanto, nela, nos últimos tempos. Pensando na existência de uma musa inspiradora. Num ícone que me transporte à idéias banais ou complexas mas que surtam efeito. É isso! Preciso de uma musa. E que fique bem claro que precisa ser musa mesmo, do gênero oposto àquele que eu tanto gosto. Algo ou alguém que debata comigo de sol a sol, na varanda e no chuveiro. Quero uma musa sem o estígma da fada. Não quero a musa de "Alice" do Woody Allen. A menos que eu esteja em Manhattan. Dizem que o amor pode ser a grande musa de alguém. Já tive um grande amor, que percorreu os meus pensamentos a todo instante, mas no meu caso o amor é matéria de outras instâncias. Dizem também que a tristeza ladeada por blues e jazz pode ser ótima musa inspiradora. Tenho medo de me arriscar com essa aí porque a tendência depressiva está a dez metros de distância mas sempre rondando. Então, fico assim, tentando estabelecer contato com a necessária musa inspiradora. Espero que ela chegue logo, antes do fim do tédio, numa tarde ensolarada com vista para os dois irmãos, num caminhar acelerado e com água de coco na mão.
Tô na sombra do posto 10, de boné e camiseta branca com uma inscrição que diz: musa?






Eu vou te contar um segredo

2008-01-25T13:35:00.326-02:00

Aparentemente tudo está como deveria estar. Aparentemente o olhar alheio não percebe as mensagens sublineares que meus gestos e piscadelas querem evidenciar. Aparentemente eu ainda mantenho o sorriso esticado e a espinha ereta frente a tarefas inglórias como ouvir uma piada mal digerida (que aflige) vinda de uma amigo querido ou lidar com a ineficiência generalizada acerca dos pensamentos maternos.
E fora o expurgo nesse blog  - altamente suspeito - , tudo deverá permanecer como está, aparentemente.
 
É quase cármica essa minha vocação tolerante. Por que?
Porque sou assim, assaz romântico, educado, polido e preocupado. Porque uso adjetivos demais na tentativa de melhor definir o que há de ser definido. Porque compreendo demais e quase num relance de entrega - arrisco-me a dizer: singeleza - ofereço a outra face.
 
Assim, parece que o heterônimo cai como uma luva. Mas na verdade não sugere o vilão que está adormecido desde terna infância. O vilão que como Fernanda Young muito bem descreveu num bate papo anos atrás, tem pensamentos "indevidos". Pensamentos e desejos catárticos onde não tolerar, não se importar, não cativar, não amar, circulam livremente e vagueiam no âmago.
E devo confessar, assim bem baixinho, que em momentos de dor abissal, quando tudo parece perdido e inverossímil, eles se fecundam e multiplicam-se na vã tentativa de sair do imaginário saudável, saltando aos olhos.
 
Longe do utópico, voltando a realidade fantástica que é estar nessa fase balzaquiana, eu desejo mudar. I need to change, but how can I change?  
Será preciso uma paixão arrebatadora como a de Luísa por Basílio?
Será preciso uma revolução nacional, a qual me desperte interesse, para me jogar às ruas com afinco entre as balas da oposição contra a situação?
Será preciso fugir desse meio manchado de carmim, das pequenas alegrias?
 
Será preciso tolerar por mais algum tempo?
Suportar o inverno e manter os segredos?



De volta à pista de dança - Drops

2008-01-31T13:17:51.520-02:00

Sem explicações, detalhes ou pontos pacíficos eu vou logo ao que interessa: acordei do sono egípcio para apontar minha língua doce a quem interessar possa.


Antes disso vale dizer: é janeiro e sobrevivi aos luxos e brilhos de uma tribo afetada. Após temporada fashion, tudo o que parecia esdrúxulo ou fake dissipou-se. E não é o máximo? Eu, como pessoa 'toda trabalhada' na paciência e no sorriso monalisa sigo em frente com um Dior na nuca.


Monsieur B. está no Rio e seu saco de ironias cáusticas é um luxo desprovido de maldade. O francês parece um menino de 14 anos que está sempre com um pirulito na mão (sem duplo sentido messsmo). Ontem fomos ao Zazá para testar o charme dessa tal culinária contemporânea e gastar uns euros - quem se importa com o caos da bolsa. A nossa é Pucci e a sua?


Sábado tem festa na casa dos Córdova Menezes. Mais uma daquelas. Eu vou porque sou arroz de festa e tenho medo das pragas ursolanas. Mentira! Quero mesmo é ganhar presente europeu.


Quem é que não está triste ou espantado com a partida no Ennis Del Mar (cowboy luxo super das montanhas geladas)? Se você não está - fuck off - como diz Alida (moça inglesa que mora em Paris que logo por aqui estará).


A rose is a rose is a rose is a rose ...


Lista de livros para ler: "Lendo Música - 10 ensaios sobre 10 canções (Arthur Nestrovski)" / "A Mulher de Costas (Marcia Tiburi)
Estou completamente lazy. Preciso de praia com cadeira, guarda-sol, protetor e chapéu para começar um dos dois.


E falando em Marcia Tiburi ... O blog dela é feio mas é foda. Entende?
Vai !

Hoje vou ver "Desejo e Reparação". Marina disse que não é tudo isso mas eu adoro a Keira Knightley.




1 Comentários

2008-01-27T12:46:34.540-02:00

Momento
Faço círculos em volta das palavras.
Enfeito, penduro adjetivos e vírgulas.
Busco signos novos, símbolos e ícones,
Disfarço e confundo tudo.
Mas a mensagem se repete
N'outro idioma, sinal de fumaça,
Tatuagem a fogo.
Sai um neologismo de ouro barato:
Teamotanto.



0 Comentários

2008-01-31T13:19:13.060-02:00

"I'm going to a town that has already been burned down

I'm going to a place that is already been disgraced

I'm gonna see some folks who have already been let down.

I'm so tired of America."






0 Comentários

2008-01-27T12:47:10.180-02:00

"I'm going to a town that has already been burned down


I'm going to a place that is already been disgraced


I'm gonna see some folks who have already been let down.


I'm so tired of America."





1 Comentários

2007-09-24T17:45:00.777-03:00

What a glorious feeling, I'm happy again





4 Comentários

2007-09-23T16:46:09.574-03:00



Muitas vezes o que realmente precisamos em uma manhã de domingo, um after Johnny, é voltar a encontrar Carrie no casamento de Charlotte e ouvir do fundo de sua própria tristeza que felicidade é encontrar alguém que te ame não importa o que aconteça.
Em 2008 estréia o tão esperado filme.



1 Comentários

2007-08-12T17:24:29.617-03:00


Want



I don't want to make it rain I just want to make it simple I don't want to see the light I just want to see the flashlight I don't want to know the answers To any of your questions I don't want, no I really don't want To be John Lennon or Leonard Cohen I just want to be my Dad With a slight sprinkling of my mother And work at the family store And take orders from the counter I don't want to know the answers To any of your questions I don't want, no I really don't want To be John Lithgow or Jane Curtain But I'll settle for love Yeah, I'll settle for love Before I reached the gate I realized I had packed my passport Before security realized I had one more bag left I just want to know If something's coming for to get me Tell me, will you make me sad or happy And will you settle for love

Will you settle for love



0 Comentários

2007-08-12T17:33:15.484-03:00

Happy Spleen
evidenciando o que deve ser escondido e sublimando o que está à mostra



3 Comentários

2007-07-11T15:41:15.637-03:00

Vermelho


"Gostar de ver você sorrir Gastar das horas pra te ver dormir Enquanto o mundo roda em vão Eu tomo o tempo O velho gasta solidão Em meio aos pombos na Praça da Sé O pôr do Sol invade o chão do apartamento. Vermelhos são seus beijos Que meigos são seus olhos. Ver que tudo pode retroceder Que aquele velho pode ser eu No fundo da alma há solidão E um frio que suplica um aconchego."
***
**
*
Vanessa da Mata



2 Comentários

2007-07-20T16:39:57.019-03:00

DropsEssa semana que segue, ao contrário da passada, ganhou pique e energia diferentes. A mudança de planos, a passagem constante pela praia, a poesia de Vanessa e Rufus ecoando incessantemente em minha caixa acústica neural deu baque no inverno e troxe calor e novidades para a vida do santinho do pau oco.Pode ser a praia a autora de mudanças significativas no meu passado. Fez de mim, antes um prozaico mocassin, tornar-se chinelo de dedos, livre, leve e solto. E que venha o posto 12 novamente, sob outra aura, outra curva e mais verdade.Acho, tenho certeza, que mereço uns dias em Chuvópolis, a cidade imperial do amigo acadêmico. Passeios em trilhas centenárias, ar puro, mãos dadas, beijos sob cerejeiras... Na mala uns cinco cds, uma caixa de condon black, o cachecol burburry da china e ele.O novo jeans da estação é o azulão baltazar da coleção Zorg. Não conhecem a Zorg? Claro, ainda está no esboço da minha maquiavélica mente. Mas se vc me vir por aí, atraindo olhares oblíquos de velhinhas, pit boys ou funkeiras não assumidas, se assuste, é o efeito Zorg revirando os olhinhos sem colírios.A festa de aniversário do meu playmobill predileto, Rian de Rien, foi um teste de resistência, luxo e graça. Do castelo de areia para a caverna das cacuras, muitos amigos sonharam ao som de Madonna e atabaques do terrero.Eudóxia, a loura da vez, foi a estrela da festa, na ausência de Marcus, que despoja dos ouros em Ilhéus. Estavam lá sob o efeito de pílulas coloridas: Janes Addiction Medeiros, Léia Filma Eu, Conceição Coração de Leão, Eudóxia Póxia, Madamme Konskier e seu noivo Schultz, entre outros aficcionados no urso playmobill.Mr. Chicotinho Boot Alto também compareceu de fenda nos olhos e tatoo de neon. Ih, Pode?!Foi festa pequena e bombada pra gente grande e poderosa.Beleza mesmo é o novo sorriso da Batalha, minha irmã de alma: um luuuxo! [...]