Subscribe: COLARES * Entre o Mar e a Serra *
http://colares.blogs.sapo.pt/data/rss?tag=leitores
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
anos  colares  comentário  eléctrico  era  este  família      mais  mar  meu  minha  nome  não  quando  sobre  sua 
Rate this Feed
Rating: 4 starRating: 4 starRating: 4 starRating: 4 starRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: COLARES * Entre o Mar e a Serra *

COLARES * Entre o Mar e a Serra *



COLARES * Entre o Mar e a Serra * - SAPO Blogs



Last Build Date: Mon, 17 Apr 2017 10:24:37 GMT

 



Lixo em Colares - foto dos leitores

Mon, 17 Apr 2017 10:23:00 GMT

Recebemos através da nossa página do Facebook, algumas fotografias que alguém que utiliza o peseudónimo Gil Vicente, nos fez chegar.

Acho que é impriscindível para a nossa região que as Juntas de Freguesias e a Câmara Municipal se juntem, e possam manter Colares sempre imaculada.

A GNR fazer mais fiscalizações e multar os incrumpidores a sério também seria importante. É fácil passar no Caminho da Rosalina e ver por lá depositantes de lixo. As fotos deste leitor foram captadas no Cruzamento rua Gil Vicente / Estrada da Ribeira de Janas.

(image)

(image)

(image)

 

Infelizmente, estas situações já aqui foram divulgadas diversas vezes:

Um péssimo cartão de visita em 2011. Ainda Cavaco Silva era Presidente da República e já o lixo era notícia. Eu próprio tinha recolhido umas imagens em plena vila de Colares, na véspera da festa maior.

 

Envie-nos fotos para divulgarmos esta situação inadmissível. Colares - Facebook

 




Comentários sobre a família Colares

Wed, 03 Mar 2010 09:04:47 GMT

De Thalles D. Souza Colares a 28 de Fevereiro de 2010 às 00:44
Achei super legal a historia, quero saber como arranjo esta imagem do asuleijo com o brasao maior. ok? se vcs tiverem postem aki o endereço do site, ou me mandem ok? obrigado.

thalles_hellraiser@hotmail.com

De rosali colares a 2 de Março de 2010 às 19:28
é isto mesmo! minha bisavó, Conceição, ha muito tempo já falava, muito antes de internet, que a nossa familia era de mostardas!



Sobre a família Colares

Mon, 22 Feb 2010 10:15:04 GMT


Olá. Há anos monto a árvore genealógica de Sombrio/SC. É impossível Genoino Inácio Collares ter qualquer envolvimento com a Revolução Farroupilha (1835-1845), já que quando ela terminou ele nem era nascido ainda (1848).
 
Rolando Christian Coelho disse sobre A família Colares 
 



Comentário recebido - Várzea de Colares

Mon, 25 Feb 2008 12:28:51 GMT

Passei férias durante vários anos em Colares, conheço muito bem o local. O meu companheiro de brincadeiras era o meu primo, o saudoso Maestro José Marinho, recentemente falecido e cujos pais, meus tios, tinham uma casa ao lado do Sr.Luis , famoso carpinteiro de Colares. Quando passo ali volto atrás no tempo, o local é lindo e custa-me vê-lo abandonado. O tempo não volta atrás, cabe-nos preservar os espaços...Viva Colares!



Correio - Colarejo

Thu, 31 May 2007 20:50:00 GMT

Andava eu a fazer uma pesquisa no Google, sobre o meu próprio nome (coisa que faço uma vez por outra, para controlar o que por aí aparece sobre a minha pessoa...!), quando deparei com o seu site. Gostei!   E, a propósito de nomes gentílicos, aqui fica o meu nome de família (lado paterno): Colarejo. Ao longo dos anos (já me habituei!) tenho sido tratado pelos mais variados nomes, porque as pessoas nunca entendem, à primeira, a forma correcta. E então sai: Larejo, Laranjo, Coralejo, Colareijo, Colarego, etc, etc. Até há quem me pergunte se o nome é espanhol! Quando, afinal, é tão simples perceber a formação do mesmo: Colarejo, natural de Colares.   Recordo que, há algum tempo atrás, o nome foi objecto de uma pergunta num concurso de TV, pergunta essa que era precisamente "como se chama um natural de Colares?".   Há uns anos, andava eu a mostrar o Cabo da Roca a uns amigos suíços, quando passámos por uma placa orientadora que indicava "Colares" e o meu amigo, sem qualquer conversa iniciada sobre o tema, disse logo prontamente: "aquela não é a terra dos teus antepassados?". Um suíço, sem conhecer a língua portuguesa, foi capaz de se aperceber instantaneamente daquilo que os portugueses não reconhecem quando acham o meu nome estranho!   Tem, pelo menos, uma vantagem: Nunca tenho qualquer dificuldade em registar um endereço de e-mail. É sempre à primeira!   Resta acrescentar que sou natural de Lisboa, filho, neto e bisneto de antepassados de Alcochete. Imagino que um qualquer antepassado, ainda mais longínquo, fosse originário de Colares e o nome lhe tenha sido associado, passando a fazer parte do apelido. Mais não sei.   Com os meus cumprimentos,   José Colarejo[...]



Pedido de Contacto

Thu, 12 Apr 2007 09:27:30 GMT

Procuro uma amiga que deixamos de corresponder já ha mauito tempo. Chama-se Ana Lucia Moreira e morava a rua da Liberdade porta 06. alguém conhece ou tem notícias?

adailton




Pedido de contacto

Thu, 22 Feb 2007 13:10:55 GMT

Copio aqui uma mensagem de e-mail, com a devida autorização, duma pessoa solicitando uma informação acerca de uma pessoa de Colares. Pessoalmente não conheço. Aí fica o mail:

Boa tarde,boa noite,
Caro amigo:

venho por este meio pedir uma informação de uma pessoa,( homem ) pois deixei Colares à mais de 18 anos e gostava de saber se essa pessoa ainda é viva. Essa tal pessoa morava na altura à entrada do mucifal,e chamava-se Carlos Alberto. Deve ter mais ao menos 70 e poucos anos. E tinha uma so filha,na altura essa tal filha era um pouco forte,( gordinha ).
Esse tal Carlos alberto era negociante de vinho,mas depois deixou o negocio do vinho . Quando deixei Colares ele tinha na serra de sintra uma exploraçao de agua,segundo me disseram, pois nao tenho a certeza.
Pois é tudo o que sei,e por isso peço a sua ajuda.Se for possivel,claro. pois fico-lhe imensamente reconhecido se puder me ajudar.

Um muito obrigado
até sua resposta
Victor Gatinho



STOP - Problema resolvido

Tue, 20 Feb 2007 22:47:23 GMT

(image)


Depois de nos ter alertado do problema, Rui Cardoso enviou a informação de que tudo está resolvido em relação ao sinal STOP junto à escola das Azenhas do Mar.

Mais uma vez obrigado pela participação e pelas fotos a documentá-la.



Sinal perigoso nas Azenhas do Mar

Tue, 06 Feb 2007 19:52:23 GMT

(image)


E-mail recebido:

Boa tarde,
 
Venho enviar-vos umas fotos de um sinal de STOP que fica junto à escola que a minha frequenta nas Azenhas do Mar.
Pelo que sei existem normas legais no que diz respeito à altura dos mesmos, e considero que este não as esteja a cumprir. Já demos indicação ao Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Colares, que mesmo à nossa frente telefonou a uma Sra. Eng. da CMS e nos informou que a situação iria ser resolvida.
Mas infelizmente não foi. Nas fotografias dá para ver que até uma criança de 5 anos bate lá com a cabeça, o que não é aconselhavel. Será que podem dar uma ajudinha divulgando esta situação pra ver se tem um final feliz?
 
Obrigado

 Visite www.mywear.pt.vu

 Com os meus melhores cumprimentos,

 Rui Cardoso

De acrescentar que concordo com o que aqui é dito. Não faz sentido os peões (crianças da escola entre eles) terem que contornar o sinal pela estrada. Obrigado pela participação.

 (image)



Comentário

Mon, 17 Jul 2006 12:38:06 GMT

Descobri hoje este blog e apesar de ter gostado das coisas que li, fiquei um pouco triste quando li o "sub-título", atenção Colares é a vila mais ocidental do continente Europeu (da Europa será alguma no arquipélago dos Açores).

Isabel Roma

Bem observado e já rectificado.




Colares e o mundo

Thu, 13 Jul 2006 10:58:58 GMT

Uma leitora espanhola escreveu-me um mail em que para além de me dizer que gostou do Colares, dizia que em Agosto quer conhecer Colares e Sintra e pediu se lhe indicava sítios onde pudesse ficar.

Os sítios que lhe referi foram os seguintes:

http://www.maisturismo.pt/4/886.html (Hotel Arribas)

http://www.estalagemdecolares.com/ (Estalagem de Colares)

http://www.centralr.com/Hotel_Miramonte_Vip_Inn.html (Hotel Miramonte)

http://viajar.clix.pt/com/h.php?hid=968&lg=pt (Aldeia da Roca)

http://www.azenhasdomar.net/AZ_Onde_ficar.html (Azenhas do Mar)

No entanto, apesar destes serem os melhores sítios para ficar, são todos relativamente caros. Alguém sabe de outros sítios para alojar visitantes, sejam eles hotéis ou simplesmente quartos, na freguesia de Colares ou arredores?

 

 




Comentário

Sat, 13 May 2006 22:27:28 GMT

De Carlos Vieira a 11 de Maio de 2006 às 11:54:
Bom dia
A Praia da Agraga já tem assistência periódica???? Onde?? Quando?? Por quem?? Frequento a praia da Adraga e desculpe lá mas neste último fim de semana estava na mesma...SUJA
Custa-me a entender, penso que o melhor património que tem a Freguesia de Colares é a sua zona Costeira que deveria ser presenvada e potenciada, mas pelo menos que limpem as Praias.

Carlos Vieira



Comentários

Thu, 04 May 2006 09:20:16 GMT

Minha cara Alice ao contrário daquilo que muita boa gente queria, Almoçageme ainda não é Freguesia. A Praia da Adraga perftence a Colares.Para sua informação a partir de agora já têm assistência periódica. Sendo assim já pode frequentar a dita Praia sem receio de utilizar os sanitários.

J.B.

 




Comentário - A Adraga

Mon, 01 May 2006 13:43:47 GMT

A Junta de Freguesia de Almoçageme devia de ter vergonha do estado em que este fim-de-semana estava a praia d'adraga com aquele ribeiro mal-cheiroso no fim das escadas por onde todos tinham que passar (bébés inclusive). UMA VERGONHA com um fim-de-semana de ferias tão bonito.



O eléctrico - Comentário

Thu, 23 Feb 2006 10:02:00 GMT

2 euros não é caro???? Lembrem-se que são 400 Escudos!!! Enviado por Luisa Comparar euros com escudos neste momento não faz sentido, na minha opinião. Isto porque em 2000, 400 escudos significava uma coisa e hoje significa outra e como não estamos sensibilizados para o valor do escudo hoje não percebemos que um café custa 110 escudos, por exemplo. No ano passado e no anterior o preço do eléctrico era 1 Euro. E não era por isso que as pessoas o utilizavam para o dia-a-dia.



O eléctrico - Comentários

Tue, 21 Feb 2006 16:17:00 GMT

PREÇÁRIO Normal: 2,00 € Meio Bilhete: 1,00 € (Idosos, >65 anos, Funcionários da CMS, SMAS de Sintra e Empresas Municipais de Sintra, mediante apresentação de cartão) Crianças até 4 anos: Grátis

*****

Caro NS, não defendo que o Eléctrico seja gratuito, penso é que os preços não devem ser mais diferenciados que já são.. porque afinal qual é a diferença entre um turista Português e um Holandês? Ambos são Turistas, ponto final. E já agora, será que o Instituto de Turismo de Portugal através do gabinete de apoio a projectos de natureza pública, não apoia projectos como este? E a autarquia local? Penso que a mesma deve contribuir para a manutenção deste projecto, afinal quantas Vilas têm um eléctrico assim??

 Enviado por Lucyta




O eléctrico - Comentário

Tue, 21 Feb 2006 14:18:00 GMT

Não me parece que a diferenciação de preços entre turistas nacionais e estrangeiros seja a solução... Será que mum país onde tanto dinheiro se gasta mal gasto, não haverá uma verbazita que possa ser alocada a este projecto? Não me parece que a questão do Eléctrico passe pela rentabilidade do mesmo, mas sim pela excelência do serviço, o que traria muitos mais “clientes”. Enviado por Lucyta Ao colocar a questão turistas nacionais / estrangeiros não me tinha presente a ideia de diferenciação mas sim uma opção/público alvo. Penso ainda que ao enveredar por esta opção há a questão de quem iria suportar este custo? A Câmara, A Associação de Turismo ou de Comércio? A empresa Monte da Lua?



O eléctrico - Comentário

Tue, 21 Feb 2006 09:21:00 GMT

Já vi muitas vezes este eléctrico com 1 só turista. Dizem as pessoas que os bilhetes são muito caros. Penso que para rentabilizar o serviço os preços deviam baixar e serem portanto mais acesíveis aos não turistas estrangeiros que esses têm dinheiro para pagar tudo Enviado por Luisa Nota: Não compreendo como se pode achar 1 Euro caro, quando o blihete de autocarro é quase 3 Euros. A questão principal é: Dada a especifidade do serviço em causa, baixando o preço, aumentava a procura? Baixar para quanto? 0,50 €??



Paulo Colares

Thu, 15 Dec 2005 09:52:00 GMT

Comentário de Paulo Colares

Amigos, é para mim um enorme prazer encontrar um blog como esse! Alguém que escreve sobre Colares!!! A minha família emigrou para o Brasil há cerca de 150 anos e eu sou um dos únicos que tive o prazer de visitar Colares. Estive há três semanas em Portugal e levei um grupo de amigos alemães até Colares para um jantar na Praia das Maçãs. Pena que chegamos muito tarde e não deu para visitar as quintas... Sou brasileiro, músico, compositor e vivo na alemanha há 17 anos com minha esposa e dois filhos, todos bilingues, que adorariam um contacto. Desculpem, a emoção foi tanta que não medi as palavras! Escrevam-me!

Paulo Colares

(image)

Paulo é cantor, violonista, baixista, além disso ele faz composição e arranjo. E olha que ele aprendeu tudo isso, no Conservatório Brasileiro de Música e no Instituto Villa-Lobos no Rio de Janeiro, onde ele cresceu (nasceu 1961 em São Paulo).

Você pode ouvir a sua obra em vários discos, meio próprios, ou com outros músicos.

 

 

(image) DISCOGRAFIA

1988 Mar de Hespanha 1991 Porto 1996 Saudades do meu Rio (com o grupo L'Acoustic Brasil) 1998 Sambas da minha Terra 2000 Tobias Langguth: Alquimia do tempo (baixista, guitarrista e compositor) 2001 Paulo Colares Johannes Deffner Duo: Sotaques Brasileiros

Não deixa de ser curioso para nós colarejos, por um lado, que apareçam pessoas que séculos depois guardem a ideia que a sua origem é Colares. Por outro o nome Colares como sendo nome de família. Relembro que a família Collares foi uma família importantíssima na história da região. Foram estes que batalharam por exemplo pela implementação do eléctrico e sua extensão até às Azenhas.

Contacte com Paulo Colares:

Por e-mail: colaresp@yahoo.de
por Telefone: (alemanha) 0761/60855
Página: Stoneface