Subscribe: 31 da Armada
http://31daarmada.blogs.sapo.pt/data/rss
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
dos  estado  está  foi  grande    mesmo  ministro  não sou  não  quiserem facebook  quiserem  sou intrigas  sou  sporting  tempo 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: 31 da Armada

31 da Armada



31 da Armada - SAPO Blogs



Last Build Date: Fri, 20 Apr 2018 07:24:58 GMT

 



clarificações

Fri, 20 Apr 2018 07:23:00 GMT

Não. Nem pensar. Não podemos confundir um pagamento do BES a Manuel Pinho com uma "luva". Aqueles pagamentos não eram luvas. Eram salários. Pinho era empregado do BES. Mesmo quando era ministro.




eu adoro a Estrela Serrano

Thu, 19 Apr 2018 16:06:00 GMT

A mesma reportagem, o mesmo tom, os mesmos enquadramentos. Na SIC é uma "grande reportagem". Na CMTV é um voyeurismo jornalístico.  




eu que não sou de intrigas

Thu, 19 Apr 2018 16:03:00 GMT

A Grande Reportagem da SIC é a continuação da série "Ò Luís, fico melhor assim ou assim?" por outros meios.





Mon, 16 Apr 2018 13:49:00 GMT

Um país que se une para impedir a prospeção de petróleo é um país hippie-chic.




eu que não sou de intrigas

Fri, 13 Apr 2018 09:19:00 GMT

O processo disciplinar foi a chicotada psicológica que o plantel do Sporting precisou a época inteira. 




a humanidade e o seu talento para a desresponsabilização

Fri, 13 Apr 2018 09:14:00 GMT

(image)

As pessoas escrevem o que quiserem no facebook, partilham o que quiserem no facebook, respondem aos inquéritos e aos jogos que quiserem no facebook. As pessoas só estão no facebook se quiserem. Esta peregrina ideia de responsabilizar Zuckerberg pela falta de bom senso da humanidade é a mesma coisa que culpar o dono da papelaria fernandes por aquilo que escrevemos nos nossos diários.   





Thu, 12 Apr 2018 13:56:00 GMT

Curiosa entrevista de António Mexia ao Negócios. Entre outras coisas, lembra o óbvio: as rendas excessivas são do tempo em que o Estado era o principal acionista da EDP. Pois é. O estado autorizada uma empresa do Estado a pôr a mão no bolso dos cidadãos que o Estado devia proteger. E andamos nós a discutir o papel do estado...







Igualdade de oportunidades

Fri, 06 Apr 2018 23:47:00 GMT

Aparentemente o Sporting vai jogar contra o Paços de Ferreira, clube que luta para fugir à despromoção, com a sua equipa B, equipa que milita... na II Liga. O que acham disso os clubes como o Estoril, o Feirense, o Aves ou o Moreirense que jogaram em Alvalade com o Sporting na sua máxima força? E com que jogadores o Sporting B irá alinhar na partida com a Oliveirense, clube que está em risco de descer de divisão?

 

PS- felizmente para a verdade desportiva que o cenário acima não se concretizou. Mas o facto de isso ter estado tão próximo mostra quão surreal é o que se está a passar no Sporting.




escrito nas estrelas

Fri, 06 Apr 2018 20:09:00 GMT

Pedro Santana Lopes não fecha a porta a um regresso ao sporting. 




O tempo parou

Wed, 04 Apr 2018 15:41:00 GMT

(image)

"Ah, mas o cruzamento também foi muito bom..." Felizmente que não ouvi ninguém dizer isso. Claro que o centro foi muito bom. Mas cruzamentos daqueles há muitos. Remates como aquele são raros.

Estava a ver o jogo na tv e parecia que o tempo tinha parado. Eu sei que esta comparação já foi feita: foi como um daqueles golos que apareciam no Oliver e Benji (ou se preferirem, Capitão Tsubasa), daqueles golos que duram minutos sem fim. 

src="https://www.youtube.com/embed/Ou1UmQ9cA48?feature=oembed" width="480" height="270" frameborder="0" style="padding: 10px; float: left;" allowfullscreen="allowfullscreen">





Wed, 04 Apr 2018 08:24:00 GMT

A culpa da violência no desporto é das televisões e do jornalismo. É por causa disso que há tantos adeptos a tentar bater nos jornalistas. 




ouvido no elevador II

Tue, 03 Apr 2018 22:10:00 GMT

O plano dos portugueses da Ryanair é reclamar o estatuto das embaixadas: acumular os feriados de lá com os feriados de cá.





Tue, 03 Apr 2018 22:05:00 GMT

Hoje tivemos um dia divertido. O Primeiro-Ministro "chamou" o Ministro da Cultura em vez de lhe telefonar. O Ministro da Cultura mandou o Secretário de Estado dar explicações sobre o "chamamento". As companhias de teatro continuam a dizer que não é preciso concurso basta distribuir dinheiro. E, no meio disto, ainda ninguém se lembrou de perguntar pelas contrapartidas dos milhões que todos os anos distribuimos com grande generosidade.  




ouvido no elevador

Tue, 03 Apr 2018 22:03:00 GMT

Questões práticas: os portugueses da Ryanair têm folga no 10 de Junho ou no Saint Patricks Day?




eu que não sou de intrigas

Sun, 01 Apr 2018 18:11:00 GMT

Em Janeiro deste ano o governo proibiu os ajustes diretos acima dos 20 mil euros. Isto em nome da transparência, ética e coiso e tal. Três meses depois o mesmo governo estava a fazer um ajuste direto de 1 milhão de euros. Isto porque, desde 2015, que se têm esquecido de abrir concurso para comprar pulseiras eletrónicas. Segue-se um outro ajuste direto. Desta vez umas dezenas de milhões de euros para ter meios aéreos a tempo. Ainda bem que a lei mudou em Janeiro.   




eu que não sou de intrigas

Thu, 29 Mar 2018 13:34:00 GMT

Não conseguindo expulsar os diplomatas o governo preferiu expulsar os mecânicos russos dos Kamov.




Sinais do tempo

Thu, 29 Mar 2018 11:27:00 GMT

Antigamente era só "muita chuva e vento forte" ali durante uns dias. Agora é a Carmen, o Felix e parece que vem aí a Irene. Sinais do tempo. Até as tempestades passaram a ter griffe.




a semantica ao serviço da política

Mon, 26 Mar 2018 21:42:00 GMT

Grande surpresa com a Caixa Geral. Como se o banco não fosse do Estado. Como se o dinheiro que lá está não fosse dos contribuintes.







Ainda Hawking

Thu, 22 Mar 2018 00:42:00 GMT

Cerca de uma semana após o seu desaparecimento, faz sentido continuar a reflectir acerca do legado de Hawking. Proponho neste artigo olhar para a questão do reconhecimento do mérito.




Sugestão de leitura

Fri, 16 Mar 2018 20:41:00 GMT

 

(image)

Para quem gosta. Há o humor geek e depois há o xkcd. Acima está o cartoon de hoje (dá que pensar). Mas a figura não chega, tem mesmo de se ir ao site, pois há sempre texto que só é visivel quando o mouse paira sobre o desenho. Se como eu não perceber à primeira o significado da maioria dos cartoons xkcd... não há problema. Há uma página denominada explain xkcd. Mais geek do que isto não há. O PhD Comics também é muito bom e geek, mas não consegue ser tanto.




Porque pente ele não precisa

Mon, 12 Mar 2018 17:47:00 GMT

(image)

Agora que o Benfica passou novamente a depender de si mesmo para ser campeão, acho que faz todo o sentido lançar todo um movimento para dar ao grande capitão do Benfica algo que ele e todos os benfiquistas tanto almejam:

 

#umPentaParaLuisao




Edison ou Tesla?

Thu, 08 Mar 2018 12:34:00 GMT

Elon Musk é com mérito o actual supremo guru da tecnologia. Tal como Edison no passado, ele é o responsável por vários projectos associados às tecnologias disruptivas: veja-se a SpaceX, o sistema Hyperloop ou a Tesla Motors. Musk de forma inteligente tem colocado os seus ovos de Colombo em diferentes cestas, mas é legítimo perguntar: no final o que será Musk? Um Edison ou um Tesla? 

O meu artigo de opinião continua aqui.





Thu, 01 Mar 2018 16:39:00 GMT

(image)

Na sua cabeça até pode ter presidenciais esperanças para o dia em MRS se farte do lugar mas a verdade é que Passos Coelho sai de cena como o mau da fita. Mau líder da oposição. E o homem responsável pela "destruição do SNS", pelo "desinvestimento público", a "pior crise económica da democracia" e a probreza de milhares e milhares de portugueses. O pai da austeridade. O passismo tornou-se adjetivo. E o adjetivo não é um elogio. Uma narrativa da esquerda que o próprio, por omissão, deixou vingar. A política tem destas injustiças. Passos fez o que mais ninguém quis fazer - nem o PS. Assumiu responsabilidades que mais ninguém quis assumir - nem o Presidente. E, contra todas as expectativas, conseguiu. E conseguiu mesmo. O país que não tinha dinheiro para o ordenado dos funcionários públicos evitou a ruptura. O governo que não tinha condições para sobreviver mais de três meses durou um mandato inteiro e até ganhou as eleições. Ao país herdado e falido de 2011 valeu a teimosia daquele homem. Tudo o resto é conversa. E no fundo, no fundo, a Catarina, o Jerónimo e o António até sabem disso.