Subscribe: C O T I D I A N O
http://budadacompaixao.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
amor  bem  das  mais  nos  não  pouco  quem  querer  sem  sempre  ser  seus  sou dessas  sua  são  tempo  vida 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: C O T I D I A N O

C O T I D I A N O





Updated: 2018-02-18T22:19:17.060-03:00

 



Reluzir

2018-02-18T22:19:17.236-03:00

Pode parecer simples recomeçar.Mas tem as tralhas que  acumulam-se e todas aquelas vontades que insistem em não passar.O gosto do que se conhece  perde-se entre os tantos vazios das inquietantes mutações.O quanto ser ferida explora uma parte que não percorremos .E nos faz ter a certeza de que é preciso reprogramar.Aparar arestas e traçar novas metas.Libertar-se do poço fundo de melancolia onde sua menina se escondia e hoje não pode mais.
Porque cresceu e tem que escrever sua própria história.Memórias apresentam-se como remendos dessa história.Umas servirão e outras deverão ser abandonadas pelo caminho. E das primaveras mais doces guardará as fragrâncias. E das tempestades os arrepios na pele.São partes intensas de uma vida de sonhos e pesadelos.Desligar o telefone negando-se a ouvir as palavras distantes do pouco querer.E pra recomeçar há de aprender a fazer menos tempestades em copos d`guas.E a não mergulhar tão fundo em lugares superficiais.E descobrir que nem tudo que reluz é verdadeiro nessa selva competitiva do viver.



Começando.

2017-10-06T13:48:12.083-03:00










Não faço a mínima ideia de como ou porque terminaram as minhas histórias de amor.Mas consigo lembrar nitidamente de cada detalhe de seus começos.Amo os começos.São encantadores.Olhares se entrecruzam,Palavras são trocadas.As mãos se conhecem e acendem  um beijo.Confesso que por vezes nomeei um começo como o melhor de todos os começos.Mas logo acontecia outro que o superava.Trazendo uma cor.Um perfume ou um laço mais intenso.E de olhos bem abertos declaro que abomino os finais de qualquer história de amor.Porque ao cerrar os olhos acredito que essas histórias não deveriam nunca mesmo ter  finais.



neutralizando

2017-10-06T13:38:05.814-03:00

              Mario Quintana



E o que fazer com dor que te apavora? O que guardar na memória? Se a dor já se faz distante.E deixou um pouco do seu odor na sua história?São etapas de um outro roteiro.Que precisa mesmo ser construído.A partir desse instigante tratado.Você vai tratar de encontrar o seu prumo.Não arrastando mais o cheiro que por tempos contaminou sua mente.Porque uma mente contaminada acaba por contaminar outras mentes.E o trem da agonia vagueia por estações.E não percebe que o momento é de partir para bem longe .Deixar o caminho livre para novas descobertas.O sol parece então mais brilhante.E os odores começam a se purificar.Novas cores transparecem nesse intenso despertar.Descobrir que a vida é um ponto de partida.Onde a cada manhã surge uma oportunidade para  se aprender a  neutralizar as negativas energias.E respirar bem fundo ... captando as energias infinitas da Natureza!!!



tempo de espera

2017-05-25T16:11:44.009-03:00



Foi quase um presente.Rasgou-se o papel como se tenta deslumbrar uma grande surpresa.Mas era pura ilusão.Os melhores momentos fizeram-se agora com o nome de passado.Abandonou-se as tais formalidades.E partiu-se para a questão principal.Vai entregar-se às incertezas agonizantes da superficialidade.Ou vai insistir em histórias mais consistentes.Em olhos nos olhos e mãos dadas até a eternidade?O que acontece nos álbuns alheios pouco te importa.Feche os ouvidos e negue-se a ouvir essas lamúrias.Continue olhando as estrelas como se fosse a primeira vez.Abra bem seus olhos depois .E cumpra sua trajetória verdadeira.Sem querer tampar o sol com  a peneira.Usufruir de breves alegrias e canções desritmadas.
Não misture sua luta árdua pelo merecido amor.Aos famigerados pedaços oferecidos nesse percurso.




Ritmo do amor

2017-05-15T16:47:07.369-03:00



Porque viver é uma constante dança.Embalada por diversos ritmos harmoniosos ou não.Mas sempre entramos nesse embalo.Mesmo quando as pernas doem ou perdemos os passos.E na alegria de músicas encantadoras.Mergulhamos de corpo e alma.Há certas pausas necessárias.Para que o tempo nos ensine mais e mais a bailar.Quando temos um acompanhante  lado a lado desse imenso salão.Tudo parece mais leve.E nos sentimos descompassados quando esse par se vai.E reaprendemos a dança do amor próprio.E fechamos os olhos para sentirmos intensamente o poder do movimento.



Pouca inspiração

2017-05-02T16:22:35.707-03:00



No mar dos sentimentos joguei minha rede.E ela retornou completamente vazia.Enfrentei altas tempestades e inconstantes marés para libertá-la.E acorrentei-me então a angústia de quem se arrisca nesse oceano.Por tantas noites e dias as cores e cheiros encantaram-me.E uma espécie de bom presságio ancorou no meu coração.Ele era um barco à deriva e ansiava por grandes viagens.Por conhecer novos portos e ampliar sua linha do horizonte.Tão limitada ao porto seguro das acomodações.Restaram-me então alguns lírios oferecidos num gesto quase maquinal.Percebi que não tinham cores e nem cheiros.Eram frutos do medo de quem buscava aventuras no mesmo mar.Mas apavorava-se com o intenso mergulho e desesperava-se com os desafios que havia no mar e no amar.



Redescoberta

2017-04-30T00:22:37.584-03:00

Repare que a chuva que passou não te molha mais.E que sonhos que já cultivaste transformaram-se em tolas vontades.É um entra e sai de  agonias.Que a vida se encaixa nos trilhos para que a viagem prossiga tranquilamente.As dores sofridas ocupam noites desconhecidas.E os lugares que falavam tanto ao teu coração.Tornaram-se meros armazéns de inutilidades.Os erros e atitudes passadas hoje são trevas que a luz do bem viver engoliu.E logo ali no fim do túnel. Paisagens coloridas encantam os olhos que cultivaram : a capacidade de redescobrir .



Chegança

2017-03-20T13:50:31.257-03:00

"Se soubesse como gosto das suas cheganças, você chegaria correndo todo dia.”((Chico Buarque))É essa estranha distância que assusta.Essa forma de estar junto sem compromisso.Querendo algo que não se sabe bem o que.E abandonando a firmeza do querer poucas horas depois.São os hiatos que formam um grande poço de solidão.Onde grita-se desesperadamente com a força do amor próprio.Querendo outras histórias mais interessantes.Dançar novas danças ao som de melodias mais estimulantes.Ao chegar então traga as flores do bem querer.Dê um abraço bem apertado e demonstre um carinho bem suave.Porque o que mais tem feito falta não é sua simples presença corporal.Sempre quente e envolvente.Mas a doçura dos sentimentos que as duras lições da vida te fizeram esquecer.[...]



Bloco da saudade

2017-03-15T18:01:27.920-03:00



Hoje seria um dia de muita tristeza.Para rever o passado e uma grande perda que tive nessa exata data.Então as flores estariam menos coloridas e o sol com um brilho diferente.Mas a natureza dispensa elogios.E reage entre as tempestades e calmarias como deve ser.Amanheci com esse amargor na boca.Gosto do gosto de outros dias.Vontade de ter um abraço e o simples olhar de quem tanto amei.E tanta falta me fez durante o período de adolescência e até no mais maduro.Uma mistura de saudade nostálgica e saudade construtiva invadiu meu coração.Porque quem constrói uma história tão encantadora sempre permanecerá.Nas imagens lembradas ou nas fotos registradas.E deixa uma luz tão intensa e uma sensação de continuidade.Por isso devo insistir no bloco da alegria.Afinal quem me ensinou o melhor que aprendi na vida.Certamente tem vaga cativa no camarote do meu coração.E merece aplausos e sorrisos.Por ter feito os quase dez anos ao meu lado.Terem valido muito a pena!!!



Aprendizados

2017-02-21T14:05:41.155-03:00




Se o remo da vida é o tempo,
o oceano se ri porque
carece de remos
e é anterior ao tempo.

             Nils Skare


E assim vai passando e por passar leva estranhas sensações .Deixando rastros de estranhezas que podemos abandonar pelo caminho.Assim é o tempo.Aquele que sabe ser amigo e nos fazer esquecer.E por vezes parece intolerante por nos permitir perder.São os brilhos passageiros que compõem as belezas externas.A natureza expressiva nos conduz ao encontro harmonioso com esses fenômenos temporais.Quando aprendemos um pouco a ser atemporais.Porque a medida que o tempo carrega os anseios e ilusões .Começamos a nos nutrir de uma tolerância sublime.O que era doce se acabou.Mas os gostos amargos e agres apetecem.A suavidade encanta o nosso ouvir .E nos disciplina a suavemente falar.E se desdobra num agir com ponderação.Resultados fecundos de um sentir profundamente natural.Aprendizados que somente a soma dos anos poderão nos transmitir  através de uma didática infalível





Tempo de gratidão

2017-02-21T13:41:56.528-03:00




Acordar agradecendo a luz de um novo dia.E todas as possibilidades que acompanham esse mesmo amanhecer.Já é meio  caminho andado.Nessas trilhas desgarradas de um coração preso a tantas coisas que não  servem para nada.E à pessoas e à situações tão distantes que poderiam se confundir com a poeira da estrada.Tudo uma questão de manter a mente presente.E o coração pulsando suavemente nos limites do querer.Mas um querer natural.Livre das imposições externas.Uma vontade plena de tranquilidade.Que não entra mais em filas de esperas.Até porque não precisa esperar por ninguém.Ela nutre-se no seu próprio existir.E aprende a agradecer pelos momentos que vivencia.Sejam negativos ou positivos.Fizeram-se necessários nas linhas que devem ser traçadas.Há um pouco de tudo e um tanto de nada.No final desse túnel há luz.E entras as luzes passagens bem escuras.São contrastes que podem assustar aos desatentos.Mas que aos poucos começam a fazer parte da profunda iluminação.De quem agradece pelo alimento.E por todos os seus nutrientes saudáveis.Reverencia a um Ser maior que protege e revigora.E exala luz quando se conecta a todo o Universo em sintonia com o sentido de sentir-se grato. Gratidão é um tempo precioso de semear .



Ser perdoado

2017-01-18T00:39:43.983-02:00


Chego a sentir o cheiro daquele lugar.Que povoou a minha infância  e fez da minha adolescência algo  mágico.A tranquilidade e a pureza certamente reinavam ali.Todos encontravam motivos para estarem juntos.Conversarem sobre algum assunto ou mesmo jogarem conversa fora.Nada escapava ao alegre encontro.E as melhores amizades se fizeram.Os intensos romances também.Porque o cenário era propício à histórias de amor sem finais.Histórias que se desdobrariam pelas trilhas da vida.Mesmo que o trem já tivesse partido.E dividido em dois o que deveria ser para sempre um.O tempo correu seu fluxo previsível.Só não previu que o amor continuaria a queimar.E que sangraria uma dor por anos a fio.Mesmo quando a ventania das incertezas tivesse passado.E a juventude ficado em alguma noite de verão.Onde as corujas testemunharam uma noite quase perfeita.E os rastros marcados para sempre nos corações.Será quem faz sofrer o outro coração não tem direito a um perdão?



muito querer

2017-01-05T22:33:57.182-02:00





Quero a nova morada do amor.Onde cabem desejos e vontades no mesmo pote.E sabendo dividir esse pote se multiplica em mil partes.Cada parte do corpo anseia.Mas a alma clama por algo a mais.Além do incêndio dos corpos haverá uma explosão interior.As moléculas desse querer expandem-se para outras atmosferas.E o brilho do olhar denuncia um sentimento maior.As palavras escapam como armadilhas .E o suor mistura-se com o cansaço de um dia incomum.A sensação é de paz e ainda quero muito mais.Porque o começo vem acompanhado de mistérios.E decifrá-lo seria a principal missão.No percorrer do relógio os ponteiros não conseguem de ajustar.Por aqui a hora arrasta-se até o final da noite.E além- mar a hora avança como a buscar por um fim na distância.Como desistir de um querer que dança com a livre música do encantamento? Como reprimir o beijo que adivinha o sabor? Como conter o abraço que se faz entre o sonho e a realidade? Como evitar um amor que sem pedir licença invadiu todo o espaço ?



Porto inseguro

2017-01-05T22:36:14.120-02:00





Deixei um pouco de mim por ali.Por isso sempre retorno para cuidar um pouco das flores daquele jardim.Há tanto as espinhosas mágoas.E o porto seguro que deveria representar transformaram-se em estranhas incertezas.Não existe aquela conversa no fim do dia que tranquiliza.E nem tão pouco aquele bom dia carregado de boas energias.E o abraço materno aquecido de afeto.Mas laços desfeitos.Interesses malditos por bens que tanto fazem ruir as paredes dos sentimentos.De todas as formas tento relevar.Não desesperar-me ao trágico sinal que há muito se anuncia.Os frágeis envolvimentos perdem-se a cada dia.A distância nem consegue aquecer a frieza do mal querer.E a dança livre e compassada do amor familiar.Devora-se como doença sem cura.Um copo e tanto de amargura que não insisto mais em beber.Quando entro nesse tenebroso jardim.Visto equipamentos de segurança.Não esperando assim nenhuma mudança.Acostumei-me ao fato de que jamais nascerão frutos adocicados daquela árvore genealógica.E que suas raízes enfraquecem-se a cada estação.Vasculho as linhas da história.E descubro a fortaleza bem aqui nas minhas próprias mãos.



Plenitude

2016-11-15T01:16:53.084-02:00



Os sonhos parecem mais plenos.Agora que vivo uma vida mais simplificada.Sem carregar pesadas bagagens que se fizeram desnecessárias.Acordar sem essas crenças limitantes é tão tranquilizante.Nem consigo traduzir fielmente em palavras.Sinto então vontade de dançar ritmos encantadores.Sair pelas ruas gritando palavras de ordem.Desenhar livremente ou mesmo cantar as músicas mais comoventes.Há um forte brilho no olhar.Reconheci no espelho essa conquistada plenitude.



visitações

2016-11-11T00:21:56.422-02:00



Não desejo mais visitar lugares onde fui infeliz.E nem tão pouco conviver com pessoas que foram nocivas.Para que esperar novas respostas quando as perguntas são as mesmas?Decepções acabam inflamando partes sadias da nossa mente.O que há de tranquilo na caminhada é a sensação de dever cumprido.O que havia de inseguro tornou-se rocha.Quebrando-se a cada nova instabilidade.Mas refazendo-se depois.A vida vai polindo-a até obter a forma quase perfeita.Insistir nos mesmos erros seria tolice.O mundo já aprisionou demais pessoas que temiam a liberdade.Por terem que pagar um alto preço para conquistá-la.Preferiram continuar encarceradas em prisões imaginárias.Rompendo as asas.O voo estreito e quase tímido seria capaz de muitas descobertas.Por tantos céus e tantos mares ainda não encontrados.Aventuro-me a romper com o amarrotado passado.E lançar apostas inéditas em pessoas e lugares mais interessantes.



Ser mulher

2016-06-14T22:14:11.100-03:00






Não bastou ter nascido mulher.Tem que ser contida em seus gestos e reprimir alguns desejos para não chamar muita atenção.Como se fosse pouco o seu silenciar.Ainda lhe mandam calar a boca quando tenta anunciar aos quatro ventos  sua  liberdade.E ela cresce e se torna um mulherão.Que sabe se comportar socialmente e  se revestir de leoa para proteger suas crias.Seus filhos são para ela o bem maior na sua existência.E por eles seria capaz de doar a sua própria vida.E não se ilude com nada.Afinal a dura realidade soube lhe ensinar a distinguir o sonho da vida real.Aprendeu a duras penas que as armadilhas de lobos somente os mesmos caem nelas.E que seu tempo é algo sublime a ser cumprido com firmeza.Seu grito de liberdade ecoa assim por todos os lugares.Cansou das primaveris fantasias.Quer ser mulher no sentido exato que carrega a palavra.Sem medos ou ameaças rondando.Não cumpre mais as tais regras sociais,Quer dizer e fala .E pronto.O mundo inteiro ela poderá ter aos seus pés.



Afetos

2016-06-06T14:47:58.007-03:00





                                                                                                        A vida: ou se inventa ou não existe.
                                                                                                                                                                                                      Ferreira Gullar



Devo sempre caminhar para frente.Como se o passado fosse uma cortina rasgada .Permeada pelos raios de sol dos afetos.Me afetas quando me ignoras.Ou quando aos poucos se aproximas e demonstras algum carinho.Te afeto com o tempo escasso que dedico a te querer.E no tanto que dedico sem o teu merecimento.E são esses afetos que compõem a melodia da vida.Neles perco a razão e deliro nas correntes da afetividade.São feitas de espumas gélidas certas ondas do mar das aparências.Tento evitar mergulhar em tais ondas.Preparando um terreno mais fértil para meu viver.
Tenho calado tão pouco meu pranto sofrido e louco.Que seus ecos já chegaram aos teus ouvidos.Mas já ouvistes atônito o poder do meu gargalhar.Numa crescente vertigem da confusa existência.Preciso optar pela autenticidade.Por mais desertos e sombrios que pareçam os becos da solidão.Consigo neles armazenar a seiva fecunda do amor próprio.Tão própria na vida de quem ensaia altíssimos voos na direção da felicidade.



Sou dessas

2017-03-19T21:38:05.357-03:00



Sou dessas que cultiva um jeito doce de encarar a vida.E sente o balanço das águas do mar num simples passeio de barco como algo sublime.Sou dessas que exprime sentimentos de forma natural.E gostaria de conquistar amigos para sempre.Mesmo com seus defeitos e os meus guerreando no campo neutro da paz.Sou dessas que gosta de acordar e respirar a brisa suave que o dia sempre apresenta.Por mais  que haja um clima estranho no ar procura os raios do sol entre as nuvens.E recorda que o campo do querer busca sempre por um pleno amanhecer.Sou dessas que tenta escrever no meio da noite sobre os sonhos que adormeceram e que teimam em despertar.Porque carregou o punhal dos desejos cravado bem fundo no peito que não cansa de amar.Sou dessas que tenta esquecer das mágoas sem amarguras.Porque conhece as tantas possibilidades que o tempo tem o dom de apresentar.E no palco da vida espera por mais um fechar de cortinas.Sou dessas que estanca o sangue da dor e preserva a vitalidade do sentir.E sente que há lições a se aprender em tudo.E quando falta a necessária coragem é sinal tangível de que a vida tem ainda algo a ensinar nos porões do medo.Sou dessas que quer um amor para a vida inteira e se perde numa noite infértil.Mas entrega o corpo e guarda a alma para quem souber desvendá-la.Construindo uma espécie de mácula capaz de ser aquela que revela-se sem a dor da culpa.Sou dessas que quando olha-se no espelho consegue compreender-se e aceitar-se plenamente.Sem cobranças e com a atitude sensata de vislumbrar o que há de verdadeiro no meu existir.






Ontem e hoje.

2016-04-23T23:18:24.259-03:00





Tem épocas em que a vida nos apresenta um leque de opções.E ficamos assim deslumbrados como tantos caminhos e possibilidades .Por onde ir? A quem ou o que escolher?Decisões que por  tanto tempo eram feitas sem mais nem menos.Porque o maior risco que corríamos seria o de termos que nos aventurar em outra história.Sem ao menos olhar para trás.A juventude tem esse elã.De se conectar com o imediato.Descumprir as regras e mesmo assim estar no lugar ideal.Porque a juventude é um tempo de ideias e idealismos.Não conseguíamos prever o que viria.E nem queríamos saber de notícias sobre o amanhã.Eram remotas possibilidades que convergiam com as respostas instantâneas que buscávamos.Recolhidos das batalhas travadas entre o bem o mal escolher.Não conseguimos mais esconder as sujeiras para baixo do tapete.A casa é nossa e teremos que limpar o tal tapete e todos os seus detritos com mais dificuldades.Somamos tantas derrotas que os olhares se perderam nas poucas vitórias.Passamos então a reagir às mínimas provocações.Que viajam nas ondas inevitáveis do amadurecimento.Porque teremos que levantar e cumprir os compromissos diários.Porque o cerco se fecha na tentativa de acertar bem mais.E não perder  nem um pouco da coragem que nos restou.Das verdades que nos orgulham.E dessa vontade pachorra de abraçar amorosamente à vida!!!



Coração pulsante

2016-03-14T10:10:34.092-03:00



Como anda esse coração solitário?Por dias e mais dias sem dono e respirando uma sublime liberdade.Talvez nem passe por suas artérias as antigas mágoas.Refinou-se e soube estancar feridas sempre nocivas.Deserdou o medo da solidão.Pouco valia a esse instante crescente do seu existir.Ele quer um verdadeiro enredo.Cansou-se dos estigmas das rotas que a lugar nenhum levavam.Aos dias desse coração já somaram-se meses.E a sensação de carência é aos poucos substituída por uma estruturada rede.Que peneira o bom do ruim.O que estragava a plenitude do mar do amar.Poluía suas águas poderosas e assassinavam seus peixes.Por centenas de vezes esse mar deixou-se invadir.Enganando-se com falsos pescadores.Que na verdade queriam apenas levar barcos e elementos outros sem nada acrescentarem.Por outras marés ou luas e luas de espera.Hoje adormece tranquilo e consciente de que o amor nasce naturalmente.E que seus descaminhos fazem parte da sua história  .E que seu sangue apura-se e fortifica-se : pulsando com a verdade.



cinzas e fogo

2016-02-11T18:36:17.690-02:00




Começou a relembrar enfim.O que de melhor restou de cada história.E o traço derramado nos dias mais tristes.Misturam-se aos dias felizes e compensam todos os rios de lágrimas derramados.Coragem e remorso.Aflição e medo.Em pedaços ou por inteiro fica um coração que entregou-se até o fim. Soube vestir a fantasia do querer sem temores.E ao findar de um Carnaval de emoções.Teve que despi-la com todas as cinzas que trazia no peito.E a orquestra já nem tocava mais o belo refrão daquela marchinha tradicional.Os bares fecharam ao amanhecer e os blocos não passavam nas mesmas avenidas.Os endereços continuavam os mesmos.Mas seus moradores eram estranhamente indiferentes aos dias de folia.Traziam suas mágoas de amores perdidos.Gelaram seus sentimentos de outros distantes Carnavais.Passou a moça por ali.E dos seus olhos verteram duas lágrimas.Nenhum morador pode vê-las.Fez questão de enxugá-las .Pela quarta-feira de cinzas e com o fogo da esperança a queimar.Qualquer um decifraria o enigmático olhar de quem aguardava um novo amor!




tão desigual

2016-01-19T22:43:45.660-02:00



São  cruas realidades : que o que é doce sempre acaba e  que a fruta madura inevitavelmente cairá da árvore.São essas poucas certezas que nos mobilizam.Algumas vezes para perto e outras tantas para bem longe dos nossos sonhos.Daqueles desafios que insistíamos em manter no topo das possibilidades.E que hoje soam apenas como rastros infrutíferos  nas estradas que desconhecemos.Vida ingrata que gera frutos e nem sempre deixa suas sementes em boas terras.E por tantos abraços falsos percebemos a raridade do sentimento maior.Tantos presentes embalados e desembalados com a hipócrita intenção de agradar.Mas as diferenças acontecem nas embalagens e nos conteúdos.Uns merecendo bem mais e outros quase nada.E insistimos mais uma vez na confraternização.Talvez porque nos nutrimos de esperança em ver um sol mais intenso.E descobrirmos novas formas de chegar aos corações mais gélidos.Dos que acreditam ainda que o querer deva ser medido em proporcionais cifrões.Queríamos tão pouco.Olhares mais atenciosos.Sorrisos sinceramente expressando alegria.E um cadinho assim de respeito e  atenção.



Luz interior

2015-12-05T08:36:50.904-02:00

 Para quem sabe olhara luz pode se revelarquando menos esperar,em qualquer lugar.        Jerry Garcia.Constrói nova alma.Liberte-se do que te incomoda .E convida para dentro dessa roda pessoas que saibam bailar.Não perca precioso tempo com pessoas que agem nos descompassos .Limitados aos restritos espaços das misérias sentimentais.A gargalhada solta e o abraço forte e verdadeiro vivem lacrados.E o gesto sisudo.A cara fechada e o frouxo abraçar invadem o território.É uma guerra diária.O medo que sangra antes de ferir.A morte que invade a vida que cansou-se de existir.E envelhece prematuramente.Nos rostos e nos olhos.Nas mãos e nas mentes doentias.[...]



De Corpo e alma

2015-11-20T22:33:04.145-02:00









                    Aquilo que chamamos resultados são começos...
                                                        Ralph Waldo Emerson



Comece de onde está.Vamos comece!!! Não seja avesso às novas oportunidades.A vida deve ser composta de altos e baixos.Para dar mais emoção...quem vive em águas tranquilas demais: morre de tédio.Esses assobios matinais despertam em nós a paz que a Natureza reserva.Mas bem a frente o mar desesperadamente agitado comprova que o perigo ronda.Que é preciso ter cautela e principalmente rumar com direção traçada.
O grande desafio está lançado.Siga em frente sem olhar para os lados.Ignore todas as erradas tentativas do passado.Aceite  a crise como uma fonte renovadora.Que traz elementos criativos para  a sua vida.Onde falta o alimento para o corpo e para a alma.