Subscribe: ੴ ੴ Angel's NutriClin Service ੴ ੴ
http://angelsnutriclin.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
alimentação  alimentos  anvisa  café  crianças  das  doenças  dos  mais  não  pela  saúde  sobre  são  ੴ ੴ   
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: ੴ ੴ Angel's NutriClin Service ੴ ੴ

ੴ ੴ Angel's NutriClin Service ੴ ੴ



*Nutrição *Notícias *Dicas *Etc



Updated: 2016-09-08T00:32:06.512-04:00

 



Sobre os benefícios do café - Excelentes informacões!!!

2012-03-18T11:21:56.150-04:00

Efeitos do café na saúdeDurante muito tempo o café foi alvo de muitas opiniões contrárias. Alguns ressaltavam os inúmeros benefícios que ele poderia trazer à saúde dos indivíduos, por outro lado existiam os que discordavam veementemente desta afirmação e diziam que o café se ingerido regularmente tinha efeitos colaterais que a longo prazo poderiam causar prejuízos ao organismo dos seres humanos.Mas afinal, qual afirmação está correta? Será que o café e sua principal substância ativa, a cafeína, é benéfico ou traz algum tipo de problema ao corpo humano? Quais os efeitos do café na saúde das pessoas? É o que veremos a seguir:Atuação do café no organismo humanoO café é uma das bebidas mais populares do Brasil e a mais conhecida em todo o mundo. O princípio ativo do café, chamado cafeína, está presente em outros líquidos, alimentos e até em alguns fármacos, como por exemplo analgésicos, chocolates (está presente no cacau), chás ou refrigerantes que têm como base a cola. De acordo com alguns pesquisadores, a ingestão regular do café pode ter algum tipo de influência benéfica no organismo dos seres humanos, como prevenir algumas doenças cerebrais degenerativas, como o Mal de Parkinson.Apesar de não haver uma comprovação científica que ateste esta hipótese, muitos estudiosos afirmam que o consumo frequente e sistemático pode prevenir esta enfermidade. Outros ainda vão mais longe e afirmam que o café pode auxiliar as pessoas que desejam perder peso em virtude do excesso de tecido adiposo, pois teria a propriedade de aumentar o metabolismo orgânico acelerando a queima de gordura corporal. No entanto, outros pesquisadores são categóricos ao afirmarem que se houver consumo excessivo de café pode ocorrer um problema de insônia nos indivíduos e, em alguns casos, até piorar quadros clínicos de depressão.O que se sabe de maneira concreta até o presente momento é que a substância ativa presente no café, a cafeína, apresenta uma ação estimulante no sistema nervoso dos seres humanos e apresenta como consequência uma redução na sensação de sono dos indivíduos, bem como uma diminuição do cansaço ou fadiga corporal. O café, quando consumido em excesso, provoca a liberação de hormônios, como a adrenalina e também de alguns neurotransmissores, por isso no caso de pessoas muito ansiosas a ingestão de café deve ser vista com algumas reservas.Outro ponto a ser observado é no caso de pessoas do sexo feminino que são portadoras de osteoporose. Segundo alguns estudiosos, as mulheres que estão entrando na fase da menopausa devem evitar a ingestão excessiva da bebida, pois o café pode ter influência no agravamento desta enfermidade. No caso de indivíduos que sofrem de insônia, alguns especialistas não recomendam o consumo de café, principalmente algumas horas antes de dormirem, pois a cafeína possui efeito estimulante, dificultando o sono.Um dos aspectos ainda controversos sobre o café seria sua influência ou não em um problema que incomoda várias pessoas: a gastrite. Na opinião de alguns profissionais a ingestão excessiva do café não seria a causa do problema e sim uma bactéria que foi detectada como a causadora da gastrite nos indivíduos. No entanto, outros especialistas afirmam que o café pode irritar a mucosa gástrica, aumentando sua secreção e agravando este prolema.Pesquisas realizadas com o caféVárias pesquisas cientificas já foram realizadas com o café para verificar se existem realmente benefícios em sua ingestão pelos seres humanos. Em algumas delas, como a que foi realizada pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) os pesquisadores chegaram à conclusão de que o consumo diário de cinco xícaras de café coado em média, poderiam auxiliar no emagrecimento dos indivíduos, em virtude da ação antioxidante que a cafeína possui e que atuaria como um estimulante do metabolismo corporal, aumentando desse modo, a queima calórica realizada pelo organismo.Em outro estudo científico, dessa vez realizado por pesquisado[...]



Sobre a importância dos alimentos funcionais na alimentação diária!!!

2012-03-16T10:38:54.614-04:00

DIETA NUNCA MAIS

Saiba tirar proveito dos poderosos alimentos funcionais

Nutrir e beneficiar as funções do organismo. Estes são os principais efeitos dos alimentos funcionais, compostos por elementos que atuam no metabolismo e fisiologia do corpo, contribuindo com a saúde. De acordo com a nutricionista Marcella Xavier,do Oba Hortifruti, para obter os benefícios destes alimentos é preciso incluí-los no cardápio diário. “Não adianta consumi-los em grande quantidade e de forma isolada”, afirma.

Entre os principais alimentos considerados funcionais, destacam-se soja e derivados, tomate, peixes, linhaça, brócolis, repolho, alho, cebola, frutas cítricas, chá verde, vinho tinto, cereais (aveia, farelo de trigo, centeio, cevada), produtos lácteos fermentados e iogurtes.

Rica em proteínas, vitaminas e sais minerais, a soja é recomendada para aliviar a tensão pré-menstrual, sintomas da menopausa e para a prevenção da osteoporose. É recomendada a ingestão diária de 25g de proteína de soja, que corresponde a aproximadamente 60g de grãos, para ajudar no controle dos níveis de colesterol e triglicérides, reduzindo o risco de enfarto, entre outras doenças.

Os peixes são ricos em ômega 3, substância que ajuda a reduzir o colesterol e a prevenir e controlar doenças cardiovasculares. O consumo de peixes oleosos como salmão e atum, pelo menos duas vezes por semana, ajuda a evitar arritmias cardíacas e a reduzir o risco de infarto. Estes alimentos possuem alto valor proteico e baixa quantidade de gorduras saturadas. Aposte neles!

(Por Monique dos Anjos - Por editores abril)






Sobre propaganda para o público infantil!!!

2012-03-14T10:24:36.015-04:00

               “Publicidade para o público infantil, aliada à má educação alimentar da família, coloca em risco a saúde de crianças e adolescentes”Redenutri.Bvs.brA mãe relata que o filho, que tem por volta de cinco anos de idade, não gosta de palmito. Na mesa, ela tenta alimentá-lo, mas ao estender o talher, a criança diz, ainda com o vocabulário engraçado de quem está aprendendo a falar: “Eu não gosto de palito”. Depois, a mãe afirma que o menino dá muito trabalho para comer couve. “Come só um pouquinho”, insiste. Ele, dengoso, fala: “Eu não gosto de combi”. Ela, então, abre o armário e pega um achocolatado em pó. Prepara a bebida e afirma que aquele produto, tomado diariamente, é capaz de complementar a alimentação do filho. Ao final, o menino animado, segurando um grande copo na mão, depois de tomar um gole, diz: “Eu gosti”.Essas cenas são de um comercial televisivo retirado do ar, em 2010, por meio de denúncias feitas à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Isso porque a mensagem de que o produto é capaz de complementar a alimentação das crianças é falsa. O nutricionista Alexander Marcellus Carregosa da Silva Pitas, em seu site nutritodos.com.br, denunciou as irregularidades do comercial. “Divulgo produtos que apresentam propagandas irregulares e dou dicas de alimentação saudável. Já consegui retirar do ar sete publicidades irregulares”, conta.A alimentação das crianças, tema que desperta o interesse do nutricionista, já foi seu objeto de pesquisa. Pitas é mestre pela Faculdade de Saúde Pública (FSP), onde realizou estudo sobre a percepção de mães e crianças com relação às propagandas de alimentos e bebidas na televisão. Ele relata: “Muitas empresas querem vender seu produto, o que é aceitável, mas por meio de informações que não são reais”.Oito milhões de crianças do Brasil estão acima do peso, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados em 2010. Isso equivale a 33,5% dos indivíduos de cinco a nove anos do País. Nos últimos 20 anos, os casos de obesidade infantil mais do que quadruplicaram. Para Pitas, os dados revelam que a educação alimentar, desde cedo, é deficiente. “Pais que não se alimentam direito não ensinam corretamente seus filhos. Do outro lado, a mídia vende alimentos não saudáveis e muitas vezes com informações falsas”, relata.E a TV exerce sua influência: quatro horas e 51 minutos foi o tempo médio que as crianças assistiram à televisão, em 2005, de acordo com o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Pitas monitorou as propagandas durante a programação infantil das duas maiores emissoras do País, por uma semana. “Todas as propagandas alimentícias eram de alimentos não saudáveis”, conta. Do total de peças publicitárias de alimentos na TV, em todos os horários, 96,7% são de produtos gordurosos e com alto teor de açúcar ou sal, segundo pesquisa da Universidade de Brasília (UnB), de 2009.A falta de esclarecimentos sobre nutrição, aliada a um mercado publicitário de grande impacto, com o uso de cores, movimentos, músicas e mascotes, influencia a alimentação de crianças e adolescentes. “As mães sentem dificuldades em controlar o tempo das crianças em frente à TV. A maioria delas, cerca de 80%, acabou comprando em algum momento os alimentos que as crianças sugeriam, sobretudo fast-foods e refrigerantes.”Responsabilidade dos pais“Criança de barriga cheia é bem diferente de criança bem alimentada.” Isso é o que diz Isa Maria de Gouveia Jorge, doutora em Saúde Pública pela USP e nutricionista da Divisão de Creches da Coordenadoria de Assistência Social (Coseas). De acordo com Isa, os pais se apoiam na ideia comum de que quanto mais uma criança come, mais saudável ela é. “Quando a mãe vem buscar seu filho na creche, a primeira pergunta é: ‘Ele come[...]



Evento de Nutrição para quem mora no Rio ou proximidades!!!

2012-03-12T10:18:07.597-04:00



  Para maiores informações, acesse o link a seguir - Metodorio.Com.Br/2012






Voltando a ativa!!!

2012-03-05T20:01:11.785-04:00


Imagem by Angie Muniz. Nosso almoço de domingo, feito pela Chef Missony, minha neném mais velha (:

Estou de volta ao blog. Aos poucos vou retomando a rotina de postar  novidades na área de nutrição. Agora estou fazendo faculdade de gastronomia e MAB em Marketing, Negócios e Vendas, assuntos portanto, é que não vão faltar. Espero poder contribuir de alguma forma, com todos que buscam algum tipo de informação aqui no Angel's!!!



ੴ ੴ Muito bom - Dê garfadas no mau humor durante as refeições!!!

2010-11-30T14:25:31.832-04:00

Imagem Google.comA fome deixa você chato, mas comer mal também derruba seu ânimo?Não é o caso de pensar em garfadas de salmão ou em tabletes de chocolate como antídoto para curar crises freqüentes de rabugice. Mas também não dá para negar os efeitos da alimentação no seu humor, basta pensar nas caretas que você faz quando bate a fome e não dá tempo de comer. "Quando ficamos muito tempo sem comer, há uma diminuição na liberação de serotonina, substância química responsável pela transmissão dos impulsos nervosos entre os neurônios. Essa diminuição causa aquele mau humor insuportável", afirma a nutricionista Daniela Cyrulin, do Instituto Saúde Plena.Mas a confusão não fica por aí. Quem se alimenta mal tende mal humorado, pois o organismo libera mais cortisol, hormônio que ajuda a aumentar as taxas de açúcar do sangue e que, em alta quantidade, causa mau humor. "Por isso os carboidratos são muito importantes: o combustível do cérebro é a glicose, que é o produto da digestão dos carboidratos. Portanto, os carboidratos geram energia e são responsáveis pelo bom funcionamento do cérebr", explica a nutricionista.Cair de boca num prato de açúcar, no entanto, está longe de ser uma boa idéia. De acordo com o ranking elaborado no Projeto Food and Mood (algo como Alimentação e Humor), realizado no Reino Unido, o açúcar refinado é o pior inimigo do seu bem-estar. Isso acontece porque a absorção dele é muito rápida, causando um pico repentino de euforia. "Como a concentração de glicose cai logo, a energia do corpo diminui bruscamente, você sente moleza e mau humor", afirma Daniela.A dica, então, é privilegiar na dieta os alimentos que, de alguma maneira, têm relação com a síntese, a ativação e o aumento de liberação de alguns neurotransmissores ligados ao humor, como a serotonina. "A alimentação possui um grande papel na regulação do humor, já que a falta de alguns alimentos e seus respectivos nutrientes pode levar a mecanismos que levam ao mau humor", afirma a nutricionista.Sabor de equilíbrioAlguns alimentos, por outro lado, ajudam a alcançar a estabilidade emocional. É o caso daqueles ricos em ômega-3, ácido graxo que equilibra as quantidades de dopamina e serotonina no cérebro (duas substâncias responsáveis pela sensação de felicidade). Peixes gordos de água fria, como o salmão e o arenque, são fonte de ômega-3 e devem ser incluídos na sua dieta (eles participam das refeições de pacientes que tratam a depressão, por exemplo).O chocolate também aparece como opção para aplacar a irritação. O segredo dele está na teobromina, estimulante que aumenta a liberação de serotonina e, consequentemente, a sensação de bem-estar. Mas vá com calma, porque o chocolate também contém glicose e gorduras (e ambas podem derrubar o seu alto astral).Dose extra de vitaminasAs vitaminas estão diretamente ligadas ao bom humor. Mas o ideal é obter as doses de que você precisa a partir da alimentação. "Os suplementos são indicados apenas nos casos em que há problemas na absorção ou quando a dieta deixa a desejar", afirma a nutricionista Mariana Jacob, da Casa Movimento. As vitaminas do complexo B ajudam na síntese dos neurotransmissores enquanto a vitamina C age na absorção do ferro (o mineral está presente nos glóbulos vermelhos, responsáveis pela oxigenação do organismo. A falta de vitamina C, portanto, pode comprometer as funções do organismo e, portanto, inflar o seu mau humor).Dieta do sorrisoLaranja, acerola e agrião: são fontes de vitamina C. Devem ser consumidos crus, pois o cozimento e a exposição à luz oxidam a vitamina, fazendo-a perder as propriedades.Carne: fonte de proteínas e do aminoácido triptofano. Imaginando que a serotonina é um muro, o triptofano é um dos tijolos presentes nele. A proteína possui também a tirosina, o[...]



ੴ ੴ Sobre chocolate - Boas notícias para quem é adepto do marronzinho!!!

2010-08-18T00:07:28.022-04:00

(image) Imagem by Google.Com

Chocolate pode reduzir risco de insuficiência cardíaca, diz estudo Pesquisa foi feita com quase 32 mil mulheres suecas, durante nove anos!

Alimento deve ter alto teor de cacau e ser consumido moderadamente. Saiba mais, acesse - G1 Ciência e Saúde




ੴ ੴ Sobre Reorientação dos Serviços de Saúde!!!

2010-08-17T15:21:38.501-04:00

(image) Doenças relacionadas à alimentação e Nutrição

A maioria das doenças é causada pela interação de fatores individuais e ambientais e, por essa razão, podem ser evitadas. Portanto, a associação entre dieta e a ocorrência de doenças crônicas é reconhecida pela maioria da população.

Nas últimas décadas, o modo de vida dos brasileiros alterou-se significativamente, com importante impacto no aumento da demanda na estrutura e nos serviços das cidades. O Brasil tornou-se rapidamente uma população predominantemente urbana. Os padrões de trabalho e lazer, alimentação e nutrição e saúde e doença aproximaram-se dos países desenvolvidos.

O país passa por um processo de envelhecimento populacional, de maneira que a esperança de vida do brasileiro chegou, em 2003, aos 71,3 anos. Estima-se que, até em 2025, o país apresente uma das maiores populações de idosos do mundo. De outro lado, houve importante redução das taxas de mortalidade infantil e queda significativa da fecundidade.

O perfil de doenças que acometiam a população também foi modificado. As doenças infectoparasitárias, responsáveis por 46% das mortes em 1930, apresentaram redução especialmente nas regiões Sul e Sudeste, sendo substituídas por doenças dos aparelhos circulatório e respiratório e as neoplasias. A essa substituição progressiva dos perfis de saúde denomina-se transição epidemiológica.

De modo semelhante às transições epidemiológica e demográfica, a transição nutricional corresponde às mudanças negativas verificadas nos padrões alimentares, caracterizada por aumento do consumo de alimentos de origem animal, gorduras, açúcares refinados, alimentos industrializados e relativamente reduzida quantidade de carboidratos complexos e fibras.

Ao padrão alimentar atual associa-se a crescente incidência de doenças crônicas não-transmissíveis como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, obesidade e alguns tipos de cânceres. De outro lado, não foram erradicadas as doenças decorrentes da carência calórica e de micronutrientes, como a desnutrição, hipovitaminose A, anemia por carência de ferro e os distúrbios de iodo.

Origem do texto: Ministério da Saúde - CGPAN

Imagem: Google.Com



Estou em falta com vcs, que leem o blog!!!

2010-08-17T13:07:00.372-04:00

Peço sinceras desculpas a todos que leem o blog. Ando sumida, pq estavamos sem pc. Todos, eu repito, todos os daqui de casa deram problemas devido a vírus. Perdemos todos os arquivos, fotos, etc.

Estive doente por algumas semanas, por isso a falta de novoas matérias. E também Perdi um contato muito importante, postava quase que diariamente todas as matérias dele sobre alimentação e nutrição. Ele saiu do site em que trabalhava, e infelizmente não tenho mais contato nenhum com ele. Chico Damasio, vc vai fazer falta por aqui, beijão e sorte onde quer que vc esteja.

Aos poucos vamos normalizar as postagens, pq pelo menos um laptop já está funcionando. Beijos a todos e comentem as postagens, pq só assim saberei se estou agradando, ou não.

Ta falado...saúde a paz, pq o resto, a gente corre atrás!!!



ੴ ੴ Você deseja ganhar peso de forma saudável???

2010-07-25T12:34:51.195-04:00

Para engordar com saúde, abuso de gorduras é dispensável!

Especialistas dizem que dieta saudável e exercícios são melhores métodos. Magreza excessiva pode ser tanto genética como patológica. Leia mais - G1 - Ciência e Saúde



ੴ ੴ Sobre obesidade e risco de morte mais cedo!!!

2010-07-14T00:59:41.634-04:00

Obesos morrem oito anos mais cedo em média, diz estudo!

Trabalho dinamarquês foi divulgado durante congresso na Suécia.Pesquisa considera pessoas a partir de 20 anos de idade. Leia mais no G1- Ciência e Saúde.



ੴ ੴ Sobre libido feminina na menopausa - Interessante!!!

2010-08-05T13:16:51.508-04:00

Libido feminina cresce com chegada da menopausa, diz pesquisa!

Psicólogos norte-americanos realizaram estudo com 827 mulheres.Questionário online continha questões sobre comportamento sexual. Leia mais - G1 - Ciência e Saúde



ੴ ੴ Sobre efeito da água no organismo!!!

2010-07-06T21:43:43.741-04:00

(image)
Água tem efeito no controle da pressão saguínea, diz estudo!

Pesquisa foi realizada por equipe da Vanderbilt University. O Líquido também ajuda a evitar desmaios após doação de sangue em 20%.




ੴ ੴ Sobre sal e sódio nos alimentos!!!

2010-07-05T13:11:05.827-04:00

Hipertensos não sabem relacionar sal e sódio nos rótulos dos alimentos

Pesquisa com 1,3 mil pessoas mostra que 93% se confundem no cálculo.Consumo recomendado pela OMS é de 6 gramas por dia, uma colher de chá.
Do blog: Leia a reportagem completa, clique no link a seguir e tire suas dúvidas - G1 - Ciência e Saúde



ੴ ੴ Sobre propaganda de alimentos não saudáveis!!!

2010-07-01T23:57:11.843-04:00

Propagandas de alimentos não saudáveis terão mensagens de alerta

Anvisa publicou resolução que torna obrigatória a informação ao consumidor. Medida inclui também publicidade de refrigerantes e outras bebidas. Saiba mais - G1 - Globo.Com



ੴ ੴ Sobre a regulamentação da publicidade de alimentos voltada para o púlico infantil!!!

2010-06-29T21:07:38.771-04:00

EM DEFESA DA REGULAMENTAÇÃO DA PUBLICIDADE DE ALIMENTOS(direcionada ao público infantil)Desde 2005, a ANVISA vem debatendo uma proposta de regulação da publicidade de alimentos com alto teor de açucar, gorduras saturadas, gorduras trans e sódio e de bebidas de baixo valor nutricional, especialmente aquela direcionada ao público infantil.Essa discussão originou uma proposta de resolução que, em 2006, foi colocada em consulta pública (CP nº 71/2006) para manifestação de todos os interessados. O fruto desta consulta foi a aprovação do texto final da futura resolução, ainda não publicada.É imprescindível e urgente que a sociedade exija que o amplo processo democrático de discussão do teor da resolução seja respeitado, garantindo que o texto final publicado seja aquele resultante do processo de consulta pública - aprovado em audiência pública, ocorrida em 20 de agosto de 2009. É inadmissível que a ANVISA suprima trechos, em especial aqueles que protegem a criança, principal vítima da publicidade de alimentos e bebidas não saudáveis. A publicidade desse grupo de alimentos contribui para a atual epidemia de sobrepeso e obesidade em crianças, que vem ocorrendo no Brasil e no mundo, o que fez com que a Organização Mundial de Saúde aprovasse, em maio deste ano, uma recomendação orientando os países membros das Nações Unidas a restringir a publidade de alimentos direcionada a crianças.ORGANIZAÇÕES QUE APOIAM A CAMPANHAASBRAN (Associação Brasileira de Nutrição), IDEC ( Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) INSTITUTO ALANAFBSSAN (Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional) INCA (Instituto Nacional de Câncer).POSICIONE-SE!!!Envie mensagem de apoio à regulamentação de publicidade de alimentos com o texto:Campanha pela regulamentação que proíba publicidade de alimentos e bebidas não saudáveis direcionada a crianças.Apoio a iniciativa da ANVISA na publicação da regulamentação da publicidade de alimentos, conforme texto discutido com a sociedade em consulta pública e aprovado na audiência pública de 20 de agosto de 2009, que definiu requisitos para propaganda, publicidade e promoção de alimentos destinados às crianças.Sua manifestação deve ser encaminhada para os seguintes e-mails:Ministro da Saúde - José Gomes Temporão (gabmin@saude.gov.br)Diretores da ANVISA:Dirceu Raposo de Mello (presidencia@anvisa.gov.br)Maria Cecília Brito (dimcb@anvisa.gov.br)José Agenor Álvares da Silva (diage@anvisa.gov.br)Dirceu Brás Aparecido Barbano ( didbb@anvisa.gov.br)Agnelo Santos Queiroz Filho (diasq@anvisa.gov.br)Ministra da Casa Civil - Erenice Alves Guerra (casacivil@planalto.gov.br)Conselho Nacional da Saúde - fonte do texto: Boletin Asbran Francisco Batista Junior (presidencia.cns@saude.gov.br)Fonte do texto e imagem: Boletim Asbran Imagem: Google.Com[...]



ੴ ੴAgrotóxicos em alimentos - fique superatento!!!

2010-06-29T20:45:42.212-04:00

Lavar alimentos pode ser inútil para tirar agrotóxicos, dizem especialistas!

Defensivos agrícolas podem ficar dentro dos alimentos.Instituto pede regras mais rígidas para controlar venenos. Leia mais e proteja você mesmo e sua família...G 1 - Ciência e Saúde



ੴ ੴ Mais um ponto para o Açai!!!

2010-06-25T00:00:35.217-04:00

Açaí pode ajudar na prevenção do câncer

Pesquisa mostra que adição da fruta durante a fermentação do leite estimula a produção de ácido que auxilia na prevenção de alguns tipos de câncer. Leia mais...Revista Época - Globo.Com



ੴ ੴ Anvisa realiza análises em alimentos - Veja os resultados!!!

2010-06-24T13:17:58.862-04:00

29% dos alimentos analisados pela Anvisa apresentam irregularidades

3.130 amostras de 20 alimentos foram analisadas pela agência em 2009.Foram detectados resíduos de agrotóxicos e ingredientes não autorizados. Leia a reportagem completa, acesse o link a seguir e verifique os resultados - Alimentos analisados pela anvisa apresentam-irregularidades.



ੴ ੴ Boas notícias para quem tem problemas relacionados à obesidade!!!

2010-06-24T13:08:57.026-04:00

USP testa "preservativo intestinal" para tratar casos graves de obesidade

Manga endoscópica, colocada pela boca, limita absorção do alimento.Em um ano, pacientes conseguiram emagrecer em média 30%. Acesse o link e informe-se mais -Globo.Com/Ciencia-e-Saúde.



ੴੴ Você anda comendo mal???

2010-06-24T12:55:17.403-04:00

Comer mal é um vício ou temos escolha?

Um novo estudo sugere que a gordura cria dependência como cocaína e heroína. O guru da alimentação saudável dá 20 lições para evitar ser refém do lixo alimentar.

Leia mais, vale a pena - Revista Época - Saúde e Bem Estar