Subscribe: GRUWORLD
http://gruworld.blogspot.com/feeds/posts/default?alt=rss
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
aqui  ateh  bem  casa  depois  dia  ele  era  foi  mais  mesmo  meu  muito  nao  nos  pas  pra  tem  tudo  voce 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: GRUWORLD

GRUWORLD



Como uma cearense ve o mundo



Last Build Date: Thu, 08 Sep 2016 04:28:49 +0000

 



. Achados .

Tue, 31 May 2011 13:10:00 +0000

Oi, pipol. Saudades de mim? Pois eh.A casa estah nos estagios finais da reforma. Quase tudo pronto, um quase que parece infinito por conta dos milhoes de detalhes. E, claro, por causa da primeira casa, da primeira (e ultima, espero) reforma, da vontade de transformar o resultado de um monte de riscos, plantas-baixas, tijolo, cimento e rejunte num lar com a nossa cara, venho assinando o feed de um bocado de blogs sobre decoracao, crafts, faca-voce-mesmo. Um deles eh o Casa de Colorir, da Thalita Carvalho. Pense numa menina criativa. Pensou? Eh ela. A Thalita tem umas ideias geniais e ainda faz uns videos deliciosos ensinando a gente a fazer tambem. Exemplo: da so uma olhada no que ela fez com esse banheiro.Aih, adding insult to injury, ela fez um video mostrando o Rio, cuja trilha sonora fez meu dia ficar instantaneamente mais leve e feliz. Fui procurar no YouTube quem era o povo cantando e achei isso aqui: allowfullscreen="" frameborder="0" height="349" src="http://www.youtube.com/embed/yNJg1UWt37k" width="560"> Ben L'Oncle Soul - Soul ManJ'ai pas le regard de Spike LeeJ'ai pas le génie de De VinciJ'ai pas les pieds sur terreLa patience de ma banquièreJ'ai pas ces choses-là.J'ai pas la sagesse de GandhiL'assurance de Mohamed AliJ'ai pas l'âme d'un gangsterLa bonté de l'Abbé PierreNi le ra de Guevara.Je ne suis qu'un soul manÉcoute ça baby.Je suis pas un supermanLoin de là.Juste moi, mes déliresJe n'ai rien d'autre à offrirMais je sais qu'en vrai c'est déjà ça.J'ai pas le physique des magazinesJ'ai pas l'humour de Charlie ChaplinJ'ai pas la science infuseLe savoir-faire de BocuseNon je n'ai pas ces choses-là.J'ai pas la chance de Neil ArmstrongJ'ai pas la carrure de King KongPlusieurs cordes à mon arcLa ferveur de Rosa ParksNi le courage de Mandela.Je ne suis qu'un soul manÉcoute ça baby.Je suis pas un supermanLoin de là.Juste moi, mes déliresJe n'ai rien d'autre à offrirMais je sais qu'en vrai c'est déjà ça.Je ne suis qu'un soul manÉcoute ça baby.Je suis pas un supermanLoin de là.Juste moi, mes déliresJe n'ai rien d'autre à offrirMais je sais qu'en vrai c'est déjà çaMoi j'aurais aimé être comme eux ;Être hors du commun.J'ai bien essayéJ'ai fait de mon mieux,Mais quoi que je fasseA la fin :Je ne suis qu'un soul manÉcoute ça baby.Je suis pas un supermanLoin de là.Juste moi, mes déliresJe n'ai rien d'autre à offrirMais je sais qu'en vrai c'est déjà ça.Je ne suis qu'un soul man.Écoute ça baby.Je suis pas un supermanLoin de là.Juste moi, mes déliresJe n'ai rien d'autre à offrirMais je sais qu'en vrai c'est déjà ça.Non,non,non ,nonJuste moi,Mes délire.Mais je sais qu'en vrai c'est déjà ça !Fonte [...]



. Voltando em Grande Estilo .

Sat, 02 Apr 2011 13:13:00 +0000

Acordei hoje sentindo que o cola-tudo que une os caquinhos do meu ser depois de uma gripe feLomenal ta funcionando a contento. Primeira providencia: abrir meu email pessoal e checar se meus queridos amigos estao todos bem. Inspirada por um email da Bispa decido ver o que tem de novo no TED e me deparo com um video belissimo.

Pera que ja coloco aqui pra voce assistir, mas antes deixe eu contar a historinha (pra quem nao fala ingles): Eric Whitacre queria ser pop star, foi pra faculdade de musica, entrou pro coral da faculdade, comecou a ver o mundo em technicolor, hoje eh regente e compositor classico. Um dia ele recebeu um video que uma moca fez e colocou no YouTube cantando uma peca dele. Daih pra ele ter a ideia de organizar um coral virtual foi um pulo. Veja o resultado:

(object) (embed)

Nao falei que era lindo? 



. Quente e nevando .

Mon, 15 Nov 2010 23:01:00 +0000

Eu uso Gmail e tambem uso um dos temas que eles oferecem (um que tem uma arvore laaa no pe da pagina). Sempre achei bacana porque o layout mudava de acordo com as condicoes climaticas porque o tema pedia a sua localizacao e sempre que viajamos pra algum lugar mudo, claro, a cidade do tema.

Agorinha abri o Gmail e vi que estava nevando no layout. Oxe, aqui em Little Rock ta frio, mas nem tanto. Em que cidade o raio desse tema estah configurado?

Surat, India, 24C, nevando levemente?!?!*

Alias, aqui vai um comentario bem cearense: antes de comecar a trabalhar viajando nunca dei bola pra previsao do tempo. No Ceara so tem sol, muito sol, e chuva, esta em periodos bem demarcados - pelo menos era assim, agora ta tudo ficando meio doido. Mas nao tao doido quanto nevar em Surat com 24C, ne? Aih a Funceme (oi, Funceme!) dizia que ia chover e nao chovia. Ou dizia que nao ia chover e chovia. Quantas colheitas nunca foram plantadas por previsao de pouca chuva ou perdidas na enxurrada d'agua? Aih meu pai fazia (e ainda faz) "experiencias" e sempre dava chuva, mesmo que em realidade nao caisse um pingo. Acho que as experiencias de meu pai sao mais baseadas em otimismo do que se tal passarinho cantou na noite de lua nova ou coisa que o valha. Mas enfim. Nos paises onde as estacoes do ano sao bem definidas a previsao do tempo eh levada muito a serio e, em geral, acreditaveis. No momento Little Rock estah com 14C, real feel de 14C e 16.7mm of rain on the way.

*Obviamente isso foi uma mancadinha divertida do Accuweather.



. Meio Planeta em uma Semana .

Fri, 12 Nov 2010 14:46:00 +0000

Lembra o que aconteceu aqui? Pois eh, aconteceu de novo. Aparentemente meu visto indiano tinha uma anotacao - que nao estava na area propria para anotacoes - que dizia que eu tinha que me registrar nos primeiros 14 dias de India, logo abaixo da parte que diz a mesmissima coisa em hindi e ingles e que sempre fica confuso de ler porque o carimbo do Consulado vai mesmo em cima. A lei diz que vistos de negocios validos por mais de 180 dias (nosso caso) nao precisam se registrar e nao nos registramos, mas na hora de ir embora o veredito final das autoridades de imigracao foi: A. pode viajar mas voce nao pode. Voltamos pro hotel, perdemos 2 dias indo pra o escritorio de imigracao no centro de Mumbai e finalmente viajamos.

A India e eu temos um negocio, sabe? Ela me quer, nao me deixa ir, nao diz adeus enquanto tudo que eu quero eh me empirulitar daquele lugar mesmo amando o povo, a gentileza, as cores e a riqueza cultural. Exemplos: depois de tudo registrado e legalizado, pronta pra entrar no carro pra ir pro aeroporto, a moca da recepcao liga pros meninos que carregam as malas pra pedir pra eu esperar porque ela esqueceu de cobrar uma diaria. Eu nem tinha percebido, assinei o papelzinho do cartao de credito sem olhar duas vezes, louca pra ir embora. O cartao eh passado novamente, a diaria cobrada e eu entro no carro. No caminho, um engarrafamento gigante por conta de uma peregrinacao que acontece todo ano nessa epoca. Ao chegar no aeroporto, minha porta nao abria. Na hora de passar pela seguranca a moca do raio-x implicou com minhas moedas. Queria ver minhas moedas. Mostrei as moedas depois de tirar t-u-d-o de dentro da bolsa e segui.

Agora estamos nos Isteites depois de 5 dias no Brasil. Chegamos antes de ontem e estamos hospedados no unico cafofo da area que tem quartos para fumantes. Entrando na area da recepcao do "hotel" dou de cara com uma esculturazinha de Lord Ganesha e um monte de enfeites coloridos.  Hoje de manha, quando descemos para o "cafe-da-manha" perguntei ao rapaz se ele eh indiano. Sim, eh, e do mesmo estado do Gujarat onde passamos 13 longos meses de nossas vidas.

Eu: Kem chho! 
Ele: Majama!



. Ufa! .

Wed, 20 Oct 2010 06:33:00 +0000

Fim da curtissima fase luxo-gloria-e-poder, de volta a fase adquirindo-um-latifundio-no-ceu. Lugares diferentes, aperreios iguais.
Estamos agora proximos a Dahej, ainda no Estado do Gujarat, na casa de hospedes da fabrica. Aqui o esquema eh bem mais amador, mais com cara de, hmm, casa mesmo - o que nao deixa de ser um ponto positivo: menos quartos, duas mesas compridas para as refeicoes no refeitorio, sem balcao de recepcao. A turma aqui realmente se desdobra pra agradar e nossa equipe tem correspondido a altura. A parte do latifundio fica com a higiene, como sempre.

A internet foi resolvida hoje (chegamos aqui no dia 18). O problema: um absurdo de sites estavam bloqueados e, depois de muitos erros e acertos, o pessoal do IT conseguiu liberar o acesso. Serio, me senti na China.



. Luxo, Gloria e Poder II - A Missao (Update)

Fri, 15 Oct 2010 18:16:00 +0000

Teve overbooking, A. quase nao conseguiu embarcar, se ele nao embarcasse eu tambem nao embarcava porque eu nao ia deixar meu Caqui sozinho. Mas embarcamos.
Chegamos em Mumbai e fomos recebidos pelo shuttle do hotel com direito a toalhinhas refrescantes e tudo. Fomos informados que o quarto que a gente pediu tinha um adicional. Tudo bem, no problem, tudo por uma janela que abra e feche. A parte boa do adicional eh que da direito a internet, happy hour, cafe-da-manha especial no primeiro andar e otras cositas mas.

O happy hour ta aprovadissimo. Chardonnay + brie + damascos secos = Aninha feliz feliz felizzzzz.

Tudo planejado pro jantar: um pedacao de caaarrrrrne com salada verde. Ce acha que rolou? Nao. O Vice-Presidente do Controle de Qualidade apareceu e, dentre os 5 restaurantes do hotel, ele escolheu o...? Acertou quem disse o Indiano.

Toda vida que quero me desvencilhar da India, de sua culinaria, de sua cultura - tem resistencia. De alguma forma, tem um obstaculo. Quando estivemos aqui em 2007 foi um problema pra deixar o pais e agora, quando tudo que  a gente queria era uma comidinha "normal", tudo deu errado.

Mas amanha eh outro dia: dia de paozinho frances, manteiga, cafe do bom e, fora isso, o que vier eh lucro.



. Luxo, Gloria e Poder II - A Missao .

Fri, 15 Oct 2010 06:31:00 +0000

As ultimas duas semanas foram punk e acabou que uma parte do projeto foi cancelada. Enfim, e la nave va, ne? E vai pra Mumbai, pipol! Pra quem chegou agora e nao ta entendendo: luxo, gloria e poder por 2 ou 3 dias. Luxo de dormir em lencois limpinhos e branquinhos de verdade, gloria de tomar cafe (tambem de verdade) e comer carne (nessa parte aqui qualquer coisa que nao tenha pimenta e masala ja eh jogo) e poder tomar uma cerva geladissima. Ou um vinho. Vai, pinguca!

Daqui a meia hora pegamos o carro pra Bhuj e, de la, um voo pra Mumbai. Au revoir.

P.S.: Dani, verdade, tem uns 10 desejos *escritos*. E uns mil nao-escritos :)
        Taia, como estah a viagem? Louca pra ver as fotos!!
        Lica, a cintura baixa ta na moda ha tanto tempo que esqueci do anos 80. Mas ateh prefiro santropeito, sabia? Hehe.
        Lu, viva a cintura feminina, viva Grace Kelly, viva Lauren Bacall, viva Marlene Dietrich!



. Perguntinha: .

Sun, 10 Oct 2010 03:13:00 +0000

Pipol, eh impressao minha ou a cintura das roupas estah voltando pro lugar de onde nunca deveria ter saido, tipo, ahram, a cintura?



. Je m'apelle Ana .

Tue, 05 Oct 2010 15:39:00 +0000

Acabei de ver um programa no TLC sobre queijos.
Camembert.  Antes do jantar.
Isso nao se faz.

Eu costumo dizer que tudo o que quero da vida hoje em dia nao eh um iPad, um iPhone, uma calca Diesel ou... sei la o que eh moda querer hoje em dia! Eu quero saude pra A., pra mim, pra meus pais, meus amigos. Quero felicidade, tranquilidade, simplicidade, amor, bem-querer pra mim e pra todos os que amo. Uma vida longa e cheias de risadas descontraidas.

Mas tem um desejo que surgiu ha algum tempo e agora ele ta no esquema afunda/boia: passar um mes em Paris. Na primavera. Aprender frances. Experimentar pelo menos um queijo diferente por dia. Visitar Santa Teresinha do Menino Jesus em Lisieux. Bater ponto na Capela da Medalha Milagrosa na Rue du Bac. Bater ponto na Grand Epicerie. Ter mais tempo de visitar o Louvre infinito. Conhecer o Musee du Moyen Age. Ir a Sacre Coeur (ainda nao fui!). Desvendar o Marais.

To precisando desesperadamente de contato com a cultura ocidental. De preferencia chic.
:)



. Eleicoes 2010 .

Tue, 05 Oct 2010 15:20:00 +0000

Tiririca, pulamor, seja um Susan Boyle...



. Todo dia ela faz tudo sempre igual .

Mon, 04 Oct 2010 04:09:00 +0000

To com uma dor de cabeca horrivel. Nao, nao eh ressaca, aqui no Gujarat os birinaites sao proibidos e ateh agora ninguem teve animo de ir tirar um liquor permit (valido so pra estrangeiros). Mas antes fosse porque uma hora ia passar, ne? To com dor de cabeca desde que chegamos aqui. Ainda nao decidi se a causa eh o barulho constante do gerador ao lado da minha janela, veneno (toda manha aparece um monte de besouro morto) ou fome.

Porque tem sido dificil comer aqui, viu? Primeiro, a higiene altamente duvidosa. Segundo, a onipresente pimenta (oi, meu nome eh pantoprazol, tudo bem?). Terceiro, o frango, o frango, o frango, o frango, o frango - pausa pra respirar - o frango, o frango, o frango. Preparado sempre do. mesmo. jeito. Quarto, a tonelada de cardamomo, erva-doce, cravo e masala que deixa tudo com o. mesmo. gosto. Ateh no ovo frito eles salpicam masala.

E hoje amanheceu faltando agua.
Nunca imaginei, nem no meu pior pesadelo, que um dia ia sentir saudade de Mumbai.



. Festa .

Tue, 28 Sep 2010 07:25:00 +0000

Ontem, depois do jantar, teve festa no jardim da casa de hospede da fabrica. Alias, to besta como o pessoal foi rapido pra montar o ambiente: em menos de fosforo uma area que tinha um gramado meio fajuto ganhou um forro com tecido verde, tapete vermelho pros convidados de honra, cerca, palco, holofotes, mesas e cadeiras com cobertas brancas e lacinho azul, buffet, etc. Nao tenho a menor ideia de quem eram os homenageados - um homem e duas mulheres, todos estrangeiros - so sei que enquanto Roberto e Massimo subiam pro quarto do Massimo pra ter a melhor vista do jardim, eu, num arroubo de coragem, emburaquei na festa. Claro que no caminho encontrei alguns indianos que estavam organizando o evento, apontei pra camera pendurada no pescoco e perguntei se podia tirar fotos. Sure, Ma'am! E la fui eu, toda pimpona, tentar tirar umas fotos perto do palco, mas na lateral, sem me meter muito. Porque eu sou furona mas sou educada, ne?

Aih chega um rapaz alto, indiano, dizendo que esqueceu o cartao de memoria do celular e pergunta se eu posso tirar fotos pra ele.

Eu: Mas fotos de que exatamente?
Ele: Random pictures.
Eu: Sure!
Ele: Depois mando meu cartao pro seu quarto, assim voce me manda as fotos por email.
Eu: Ta.

Mandei brasa e selecionei umas pra voce ver:







. Commonwealth Games 2010 .

Wed, 22 Sep 2010 11:20:00 +0000

Estamos a praticamente 10 dias da cerimonia de abertura no Jawaharlal Nehru Stadium em New Delhi e a situacao eh critica. A vila que abrigarah os atletas nao estah terminada, uma passagem elevada para pedestres desabou ferindo 27 trabalhadores, uma parte do teto das dependencias onde acontecerao as competicoes de levantamento de peso caiu e Michael Fennell - Presidente da Commonwealth Games Federation - se diz chocado com os flats inacabados e a imundicie das banheiros.


Tem muita reclamacao tambem de lixo espalhado/empilhado por todo o lugar. Varios atletas ja desistiram de participar. A midia Indiana tem criticado severamente as preparacoes para os jogos afirmando que as avaliacoes dos visitantes tem sido uma vergonha nacional.


O Secretario Geral do Comite de Organizacao Lalit Bhanot sugeriu que as queixas podem ser devido a diferencas culturais: "Everyone has different standards about cleanliness. The Westerners have different standards, we have different standards". 


Taih, nao sou eu quem ta dizendo. 


Fonte.



. Acho que ja vi esse filme... .

Sun, 19 Sep 2010 06:29:00 +0000

Muita coisa importante aconteceu depois daquela chuva (vide post anterior nos idos de Marco), mas por hora, vamos ao que realmente interessa: voltamos a India.

Inspira, expira.
So a India mesmo pra me fazer blogar.

O pais continua basicamente o mesmo, com excecao de mais roupas ocidentais vistas em Mumbai - o que, de certa forma, eh ruim. Ruim porque eh uma parte boa e linda da cultura se apagando e tambem porque o resultado eh pifio. Muito jeans com umas camisetas de cores berrantes-Xepao e de quebra uma sandalia tipo franciscana horrorosa que eh uma especie de patrimonio fashioncultural indiano. Isso para homens e mulheres. No caso dos homens as chances de "acertar" ficam ainda mais magras porque mesmo que todo o resto fique interessante o diabo do bigode arruina tudo.

A higiene - ou a falta de - infelizmente continua a mesma. A coisa nao eh tao ruim (ou eh e estah escondido?) num hotel 5 estrelas onde tudo eh luxo, gloria e poder, mas do outro lado da rua, na favela, a imundicie impera. Aqui tambem, na guest house da fabrica, a situacao nao eh boa. Quando um garcom apanha do chao uma colher, da uma "polida" com um guardanapo de papel e coloca de volta na pilha junto com as "limpas", nao eh bom sinal. Nem quando ele solicitamente pega um prato "limpo" da pilha no comeco do self service, passa a mao pra tirar a poeira(?) e lhe entrega com um sorriso nos labios. Nem quando ele tira um molambo acinzentado e umido do bolso e "limpa" a mesa para o proximo hospede (e depois, com todo o cuidado do mundo, posiciona copos "limpos" com a boca pra baixo). Nem quando voce pede um canudinho, na esperanca de contornar o problema do copo, e ele lhe traz um - desencapado, dentro do bolso, junto com o molambo. Nem quando a pessoa que faz a limpeza nos quartos limpa quarto, banheiro, tudo, com um pedaco de pano e... agua. Desinfetante pra que, ne?

Sim, eu ja tive minha primeira Delhi-belly.



. Alegria de Cearense .

Wed, 24 Mar 2010 13:28:00 +0000

"Inverno de 1894 - (notavel). Deo a primeira chuva no dia 11 de Dezembro de 1893 e seguiu ate o dia 6 de Julho, nao havendo verao de um dia ate o principio de Junho. No dia 14 de Dezembro cantou o cigarrao e reproduziu-se a cantoria no dia 18 do mesmo mes. Theodorico."*

O texto acima foi o primeirissimo "post" do diario do meu bisavo Joao Eduardo Guerreiro de Souza. Dono de poucas letras, pedia que o Professor Theodorico Velloso registrasse os eventos importantes - nascimentos, mortes, casamentos, partilhas de herancas e, claro, chuvas - numa caderneta. Ontem conversei com meu pai ao telefone e o primeiro comentario dele? Ja ta esverdeando! Na comunidade de Ubauna (municipio de Coreau, regiao de Sobral) existe o costume de pagar promessas deixando garrafas d'agua nos tumulos das pessoas que morreram de sede. Excursoes sao organizadas pra visitar o acude do Castanhao (antes era pra visitar o Oros). E por falar em acudes, o Ceara tem cerca de 8.000. Aqui, quando dizemos que o tempo estah "bonito" significa que estah pra chover. Chamamos de inverno o que tecnicamente eh verao.

Modos que ja deu pra entender um pouquinho da fascinacao - quase reverencia - que o cearense tem pela agua. E porque eu nao sou melhor nem pior do que meus conterraneos, vim aqui so dizer que hoje, 24 de Marco de 2010, amanheceu chovendo, existem pontos de alagamento na cidade, a Irma chegou atrasada no trabalho e os filhos da Terra da Luz estao sorrindo.



. Um Lar pra Chamar de Seu - parte 1 .

Sun, 14 Mar 2010 11:48:00 +0000

Chegamos em Fortaleza na quarta-feira a noite. Estamos em "casa", pelo menos no sentido mais amplo da palavra, porque casa nos ainda nao temos, mas estamos procurando. Feito loucos. Ja fui em todos os sites de todas as imobiliarias aqui e to completamente incrivel com os precos (digitos demais), com os tamanhos (digitos de menos) e com a completa falta de profissionalismo do ramo imobiliario. Fomos visitar uma na sexta-feira e o corretor se comportou basicamente da seguinte maneira: se negou a dar o endereco da casa, insistindo em encontrar com a gente numa lanchonete proxima ao local. Besteira dele, eu ja sabia o endereco da casa e nao sei por que esse segredo todo. Resmungou uma bobagem na linha "essa area ta se valorizando muito" enquanto dirigia uma meia duzia de quarteiroes ateh chegar finalmente na casa. Eu, claro, me sentindo quase praticando um ato ilegal. Perguntei quanto era o IPTU da casa. Nao sabia. A area "de vassoura" total? Nao sabia. Chegando la o dono fez um tour pela casa toda, mostrou e explicou tintim por tintim, enquanto o tal corretor fazia cara de paisagem. No final das contas, se a gente fechar negocio, esse cidadao vai levar 5% de comissao sobre o valor total da venda. Sem ter feito nada mais do que postar algumas fotos e uma descricao meiabunda no site dele (o dono da casa poderia fazer isso sozinho) e dar uma carona por uns 300m. Ou eu to perdendo alguma coisa nesse esquema (e aqui desculpem minha ignorancia), ou esse eh o trabalho mais mole do mundo.




Sun, 07 Mar 2010 22:00:00 +0000

Fui pedida em casamento.
:))))))



. Feijao .

Thu, 25 Feb 2010 01:11:00 +0000

- Serah que da dor de barriga, hein? Feijao queimado?

O marido, como aqueles fones de atolar no ouvido, passou em branco. Vendo filmes ou videos independentes-teoria-da-conspiracao nas internets, quer apostar? Ela nao insistiu. Pergunta retorica, sabe, daquelas pra puxar assunto. Sem saber se raspava ou nao o fundo da panela - o queimado era leve, talvez nem tudo estivesse perdido - outra pergunta, mais importante, incomodava: Mas por que diabos eu fui inventar essa feijoada paraguaia tao tarde da noite? Ah, sim. Porque eh bom demais voltar pra casa. Mesmo que seja aos pouquinhos.



. Voce, como lutador de boxe, eh um excelente taxidermista .

Tue, 23 Feb 2010 09:04:00 +0000

Ha alguns dias Tiger Woods resolveu vir a publico e pedir desculpas ao mundo por ter traido a esposa, provavelmente porque o efeito domino de patrocinadores desvinculando suas imagens da dele tenha chegado a um nivel, digamos, insuportavel - financeiramente falando.

Nao entendo esse processo. O rapaz foi sacana, pilantra, safado, sem-vergonha? Foi, mas foi com a mulher dele, os filhos dele e, quica, com a familia e os amigos mais chegados. Deveria chorar, se ajoelhar nos pes da coitada e implorar seu perdao, jurar que nunca mais faz essa merda, mandar 2 duzias de rosas por hora, pintar o muro da casa com Come Back to Me, contratar uma esquadrilha de monomotores com a faixas I love you, Sorry e Please forgive me, tatuar o nome dela no peito (de sovaco a sovaco), fazer greve de fome, apagar 2.000 cigarros nas solas dos pes, arrancar as proprias unhas, uma por uma, com um alicate? Sim, mas parou aih, ninguem mais tem nada a ver com isso. A midia, entretanto, pensa diferente. Alega que quando a pessoa eh famosa tem uma responsabilidade com o publico, blablabla. Comigo meRmo nao. Se eu fosse fa do Woods (nao sou chegada a esportes) seria porque ele eh um excelente golfista, nao porque ele eh/deveria ser um excelente marido. Agora veja so, que terreno mais escorregadio: ateh o conceito de "excelente marido" varia. Pergunte a um mormon, a um catolico e a um beduino.

Uma figura publica eh publica justamente por causa de sua extraordinaria habilidade em fazer alguma coisa que a levou a se destacar do resto da manada e eh pelo filtro desse talento que ela deve ser avaliada. Einstein era um marido pessimo, mas a teoria da relatividade mudou tudo no mundo da Fisica. Saramago tem umas ideias meio infantis e reacionarias sobre o Socialismo, mas eh um escritor soberbo e tem minha admiracao imorredoura. Por outro lado, Hitler era vegetariano e sensivel apreciador de artes, mas chacinou mais de seis milhoes de judeus.

Viu como nao da muito certo misturar as bolas?



. Senta que la vem historia .

Mon, 22 Feb 2010 11:40:00 +0000

De Roma fomos pra Paris - Lu e eu - e la eu pedi penico. Ainda consegui acompanha-la ao Louvre, Tuilleries, Galeries Lafayette, La Grande Epicerie (parada obrigatoria pra quem gosta de cozinhar, se nao para quem gosta de comer), a Capela da Medalha Milagrosa na Rue du Bac (tem que bater ponto) e acho que so. Compramos um passe Mobilis que da acesso ilimitado a todos os meios de transportes por um dia e, puf!, nos descobrimos em Montmartre, quase congelando, podres de cansaco e com vontade de fazer xixi. Voltamos ao hotel e me rendi. Bandeira branca, nao posso mais. A partir daih Lu se apossou de um mapa e desbravou a cidade lindamente - e sozinha - enquanto eu me espalhava na cama tentando nao me mexer pra nao doer.

Mas antes disso teve Roma. Incrivel como duas cidades podem ser tao lindas e tao diferentes. Enquanto Paris eh sobria, chique, organizada e contida, Roma eh um caos borbulhante e apoteotico. Tudo, eu disse t-u-d-o eh imenso, suntuoso, maior que a vida. Os Museus do Vaticano sao riquissimos. Basilica de Sao Pedro, teu nome eh Opulencia. Nao me contive e liguei pra minha mae, la no interior do Ceara, so pra dizer Mae, eu to na Praca Sao Marcos!! O Panteao, a Piazza Navona, a Fontana di Trevi sao monumentais e aparecem do nada, mal se deixando entrever por entre as ruazinhas estreitas e ancias da Cidade antiga de Roma, um susto atras do outro. O Coliseu - Colosseo - eh um colosso (como o proprio nome diz, alias, muito justamente) que abrigava 50.000 almas ja no comeco do *milenio* passado. Voce sabe o que eh isso? Eu nao tenho certeza se consigo abarcar esse conceito. Alias, eh dificil ateh acreditar que *existiam* 50.000 pessoas em Roma naquela epoca. E mais nao falo, nao porque o assunto se esgotou, mas porque ja gastei todos os meus superlativos e nao gosto de me repetir.

Pra encerrar, um conselho: venha. Venha conhecer o Velho Mundo. Ou va conhecer o novo (Australia, USA). Ou o Velho Mundo do lado de la (China, India). Ou ainda o Mundo Mais Velho de Todos (Africa). Voce eh quem manda, o planeta eh o seu quintal. Pare de comprar aquelas bugingangas enfatuadas que voce sabe (voce sabe, nao sabe?) que poderia perfeitamente passar sem, e comece a juntar dinheiro pra sair por aih. Nao se conforme com as redondezas. Ouse. Va comer uma buchada na Escocia (la eles chamam haggis) ou uma mao-de-vaca na Italia (nesse caso, osso bucco). O pior que pode acontecer eh voce descobrir - ou ter a certeza, no caso de voce ja intuir - que somos muito parecidos nas nossas abismais diferencas.

E depois me conte como foi.



. O Centro do Centro do Centro do Mundo .

Mon, 01 Feb 2010 07:02:00 +0000

Massimo, um doce como sempre, fez todas as reservas - voos, hoteis, transfers. O itinerario: quatro dias em Roma e 4 em Paris.

- Massimo, a gente ta pensando em usar um dia pra ir a Pompeia. Eh pertinho, uma hora e pouco pra Napoles e mais uns 30 minutos pra Pompeia.

- Como eh que eh? Eu consigo um hotel pra voces a 200m da Fontana de Trevi, no centro do centro do centro do mundo e voces vao gastar um dia indo a Pompeia?!?

Eu ri.
Ontem a noite, depois que fizemos o check-in e um xixizinho basico, resolvemos bater perna. Saimos andando, dobramos a direita, numa ruela estreita, passamos por uma igreja, uma banquinha de frutas e... do *nada* surge, a nossa esquerda, a Fontana di Trevi.

Nao vou falar nada, ta? Nao vou elogiar, dizer que eh linda, de tirar o folego, nada nada. Pra nao macular essa imagem/memoria agonizantemente feliz que tenho no meu peito e que vou levar pra sempre comigo.

So vou dizer que sim, Massimo. Peco desculpas por ter rido.
Roma eh o centro do centro do centro do mundo.



. Mais Novidades .

Sun, 15 Nov 2009 11:28:00 +0000

Compramos um GPS depois de muito berro, grunhido, "vire a esquerda!!!" e "vire a direita!!!". Eh que o A. como co-piloto nao eh la grande coisa, o Google Maps nos levou pro meio do nada e eu nao funciono bem sob pressao. Me dei tao bem com o aparelhinho que ja me vejo dirigindo ateh a Antartida. Nao, serio, agora as possibilidades sao infinitas e nao entendo como sobrevivi ateh hoje sem ele.
Estamos na Louisiana, o estado mais frances dos Isteites. O vocabulario diferente comeca com o termo "bayou", bracos de riacho ou lago onde a agua corre bem devagar (quase um pantano). Comidinhas: Boudin - uma especie de linguica de carne e arroz, gumbo - uma sopa escura feita a partir de um roux + carnes ou frutos do mar + a chamada santissima trindade aipo-pimentao-cebola e servida com arroz. Gumbo tambem eh a definicao dada aquela lama escorreguenta e preguenta. Se to gostando? Nao muito. Eh que ateh gosto de pimenta, mas nao de *toda* pimenta, nem em tudo e muito menos a toda hora. To incrivel como o americano eh chegado numa "spice".
(Pausa pra uma explicacao: eu tenho pouca alegria com temperos de sabor forte. Por exemplo, cravo: basta um pra deixar o prato inteiro com gosto de cravo somente, todos os outros sabores desaparecem. E eu tenho odio de cravo. Pra mim inventaram esse negocio de especiaria num tempo que nao tinha geladeira, a carne ja tava mais pra carcara do que pra colibri e a catinga tinha que ser escondida. Canela, cardamomo, cominho, anis entram nessa minha teoria. Usados com muuuuita parcimonia podem funcionar, mas se colocar um fiapo de poeirinha a mais, adeus.)
Outra coisa que americano gosta eh molhos, molhinhos, salsas, dips, gravies, qualquer coisa umida, mole, cremosa, pastosa pra comer junto com as asinhas de frango, as costelas de porco, os steaks, os perus. Comida "seca" nao tem vez. Lembra da farofa que fiz especialmente pra familia do filho do A.? Engasgamento geral :)
Tem tambem o milho. Ateh dia desses eu achava que o Mexico era o pais que tinha sua gastronomia baseada no milho, mas nao, eh os Iteites. Corn syrup e/ou high-fructose corn syrup estao presentes em ***tudo***. Se bobear entra ateh na composicao do sal.
Que mais? Ah, fomos ver "Men who stare at goats" (Homens que encaram bodes?). Fraquinho. Vimos tambem "This is it", do finado Michael Jackson. Pipol, so eu achei estranhas as maozonas do MJ? Enormes e meio encriquilhadas, sem poder estender completamente.
Hoje A. saiu pra cortar o cabelo mas o barbeiro estava fechado e 5 minutos depois estava de volta. Fiquei pensando nas historias dos maridos que fingem sair pra algum lugar pra voltar logo em seguida e pegar a mulher com o amante. Minha "traicao" eh mudar o canal da tv do futebol americano pra food network.



. Your daily TED - Chimamanda Adichie: The danger of a single story.

Wed, 28 Oct 2009 16:27:00 +0000

(object) (embed)



. Um dia bom .

Wed, 28 Oct 2009 15:52:00 +0000

Ontem foi aniversario da minha mae. Salve, dona D., que Deus lhe abencoe com muita saude e felicidade. A bencao? Te amo!
Ontem A. conseguiu renovar a carteira de motorista dele. Ta mais feliz que pinto no lixo. Depois fomos assistir uma corrida de cross country (nao tem pista e sim uma trilha no meio do mato) num dos colegios da regiao porque uma das netas dele ia correr.
A competicao era entre as escolas da cidade, um lugar lindo cheio de arvores mudando de cor, todas as cores entre amarelo e marrom, passando por laranja, vermelho e purpura. A chuva caia fininha, um friiiio, enquanto gansos canadenses voavam baixinho em "V" se despedindo com qua-quas. Mas o mais impressionante mesmo era a quantidade de criancas e adolescentes, alguns vestindo agasalhos por cima (ou por baixo!) do uniforme da sua escola, short e camiseta, pra ser mais precisa. Uma garotada bonita, em todas as versoes, naipes e modelos: altos, baixos, magros, gordos, brancos, negros, ruivos, latinos, arabes, indianos. Uns em plena competicao, outros se aquecendo, vi ateh um dormindo no chao com a cabeca apoiada na mochila. Espetaculo a parte era o publico: pais e maes, irmaos e irmas, parentes e aderentes, todo mundo animado gritando GO Fulaninho/a!, debaixo de um guarda-chuva, aplaudindo - pomf-pomf - com maos enluvadas e com lama ateh a canela.
Muito, muito bacana.




Fri, 23 Oct 2009 22:05:00 +0000

Estamos no Kentucky, pertinho de Cincinnatti visitando o filho mais velho do A. Ontem tivemos um jantar de Acao de Gracas porque nao vamos estar aqui na terceira quinta-feira de Novembro. Gentilezas de nora. O jantar foi maravilhoso, tanto do ponto-de-vista gastronomico quanto cultural. Peru assado com manteiga de alho, ervilhas, a famosa mashed potato, batata-doce assada, uma especie de farofa molhada que seria o recheio do peru, gravy, molho de cranberries. De sobremesa, pumpkin pie, cookies, sorvetes.
Estah sendo muito bom conhecer mais da familia do A., os netos dele - 2 meninos e 2 meninas entre 13 e 18 anos - sao uns DOCES, inteligentes, atletas, adoram ler, escrever, enfim. Fomos muito bem recebidos e amanha vou cozinhar pra familia inteira. A pedidos: arroz "brasileiro" e farofa. O arroz chamado brasileiro (porque a nora eh filipina e o arroz, claro, eh sempre naquele estilo asiatico, bem branco, simples, neutro) vai ser o que fui acostumada a comer - refogado com cebola e alho e sal, pt saudacoes. Nada de cubinhos, so a coisa real e simples. A mesma coisa com a farofa: pedacinhos de bacon, manteiga, cebola, alho e farinha de mandioca.
De-li-cia.
Se eu achar uma goiabada e um queijinho branco vai ser a gloria. Nao. Minto. Gloria mesmo seria achar um queijinho coalho e mel-de-engenho (molasses?). Isso sim, eh uma sobremesa brasileira.