Subscribe: Despertar da Mente
http://mindwakeup.blogs.sapo.pt/data/rss
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
ano  assuntos  até  dar  das  desejos  dos  feliz    livro  mais  muito  nos  não  país  qualquer  ser  trabalho  vai  última 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: Despertar da Mente

Despertar da Mente



Despertar da Mente - SAPO Blogs



Last Build Date: Tue, 05 Jan 2010 15:00:25 GMT

 



Explosiva

Tue, 05 Jan 2010 19:00:08 GMT

A situação é tão explosiva que até o dirigente socialista governador do Banco de Portugal, Vitor Constâncio, descobriu agora que a consolidação orçamental tem de começar já em 2010. Engraçado, julgo que há não muito tempo a história contada pelo querido governador era outra.




Momento Idolos

Tue, 05 Jan 2010 14:30:09 GMT

Presumo que se a Madonna submetesse-se ao escrutínio de Manuel Moura dos Santos com o tema popular Like a Virgin, seria brindada com um "não vales nada, zero, puto", para além de outras considerações sobre o quanto a música é azeitola. Na última gala cantou-se em português. Sete músicas foram escolhidas, da quais três eram de artistas que participaram no projecto Rio Grande e das outras quatro canções, duas foram classificadas de má qualidade. Querem um desenho sobre o porquê da dificuldade de surgimento de bandas novas a cantar em português em Portugal?




Feliz Ano Novo

Fri, 01 Jan 2010 00:01:31 GMT

(image)

 




Desejos para 2010 (10 de 10)

Thu, 31 Dec 2009 21:00:50 GMT

Que não terminemos o próximo ano com técnicos estrangeiros a gerir a política económica nacional. Embora seja certo que terminaremos o ano com menos empresas em mãos nacionais – quando existe o défice na balança de pagamentos constante que caracteriza a nossa economia, o que os estrangeiros fazem é ficar com os nossos anéis. Que não nos levem os dedos.




Apesar de tudo, algum serviço público

Thu, 31 Dec 2009 14:00:49 GMT

Aquele que a RTP presta durante as madrugadas. Enquanto a SIC e a TVI repetem programas com prémios em dinheiro em que meninas engraçadas falam, falam, falam, e não dizem nada, a RTP sempre opta por passar filmes. Coisa irritante é o que aconteceu a última segunda-feira. A SIC, e muito bem, passou a utilizar esse dia para uma grande reportagem. Pois, à falta de melhor, TVI e RTP decidiram copiá-la. Agora fomos brindados com três grandes reportagens, programas com qualidade como há poucos na televisão portuguesa, à mesma hora e a concorrerem entre si. Assim, é difícil perceber para que servem três canais generalistas, bastava um.




Desejos para 2010 (9 de 10)

Wed, 30 Dec 2009 21:00:46 GMT

Que para o ano tenhamos a tecnologia das ondas a funcionar, quer para justificar o milhão de euros que o contribuinte depositou em tão arrojado projecto, quer para aproveitar situação de temporal no fim de ano. Pode ser que assim, a EDP, em vez de não conseguir fornecer electricidade para determinadas zonas geográficas, tenha electricidade para dar e vender.




Segurança social e envelhecimento

Wed, 30 Dec 2009 14:00:10 GMT

Durante o dia de ontem voltou a ser feita referência ao envelhecimento da população portuguesa. Ora, a segurança social que conhecemos é feita com base numa pirâmide etária que não tem nenhuma correspondência com a realidade que enfrentamos. O comentador economista socialista, com nome que permite vários trocadilhos, afirmava ontem na TVI, para nossa tranquilidade, que a situação é preocupante mas é possível resolvê-la. E como: com políticas que incentivem a natalidade. O socialista é sempre assim, cria um conjunto de regras e um modelo organizacional e quando a realidade não se ajusta às regras e ao modelo, invés de mudar as regras e o modelo, procura mudar a realidade. O que seria mais fácil e correcto: mudar o modelo da Segurança Social ou praticar um qualquer tipo de engenharia social para pôr os portugueses a procriar? Na lógica socialista, a última solução é sempre a que se afigura mais fácil, o que não deixa de ser irónico, uma vez que a instituição casamento, tal como estava estabelecida e independentemente da nossa opinião sobre outros assuntos associados, é um óptimo mecanismo para favorecer a procriação.




Desejos para 2010 (8 de 10)

Tue, 29 Dec 2009 21:00:09 GMT

Que os portugueses paguem mais impostos, mas fiquem com mais nos bolsos. Por outras palavras, que o valor colectado de impostos não tenha origem num qualquer aumento das taxas, mas no aumento dos lucros das empresas e dos salários dos trabalhadores.




Desejos para 2010 (7 de 10)

Mon, 28 Dec 2009 21:00:16 GMT

Que Portugal não acorde um dia sem dinheiro para construir rodovias, ferrovias e aeroportos. É que parece que o país não sobrevive sem isso.




Só para avisar

Mon, 28 Dec 2009 19:30:28 GMT

Que segundo o Football Manager 2009, o Allan Kardec é um excelente ponta-de-lança e o Sinama-Pongolle é jogador recomendado para clubes do meio da tabela.




Aquela altura do ano

Mon, 28 Dec 2009 16:30:54 GMT

Em que a minha cabeça anda mais ocupada com doces, arroz de marisco, leitão, e outras coisas tais, do que com os assuntos habituais que vou expondo neste blogue (até porque, alguns deles, são verdadeiramente azedos). Por isso, e como não penso tranformar isto num blogue de culinária, não estranhem a fraca presença que vou mantendo por aqui.




Obrigado

Mon, 28 Dec 2009 16:23:14 GMT

A todos os que por aqui passaram a desejar um feliz natal.




Desejos para 2010 (6 de 10)

Sun, 27 Dec 2009 21:00:24 GMT

Que o contribuinte não meta nem mais um tostão em empresas falidas, mal geridas e que prestam um péssimo serviço. Sejam essas empresas o BPN, a RTP ou a TAP.




Desejos para 2010 (5 de 10)

Sat, 26 Dec 2009 21:00:31 GMT

Que o processo Casa Pia chegue ao fim. O facto de podermos manifestar este desejo para o ano de 2010, tantos anos após o ínicio do processo, é vergonhoso.




Desejos para 2010 (4 de 10)

Fri, 25 Dec 2009 21:00:42 GMT

Que os jornalistas não descubram nenhum outro caso para prolongar durante meses a fio nos telejornais e programas da manhã/tarde deste país, que envolvam raparigas menor de idade que desapareceram, foram raptadas ou deslocaram-se para o país dos seus progenitores. É que já não há pachorra.




Feliz Natal

Fri, 25 Dec 2009 08:00:46 GMT

(object) (embed)



Desejos para 2010 (3 de 10)

Thu, 24 Dec 2009 21:00:00 GMT

Que não tenhamos um ano mais quente que o de 1998, apesar do dióxido de carbono, do aquecimento global, do Bush e coisa e tal.




Vai dar trabalho

Thu, 24 Dec 2009 14:30:44 GMT

Na biblioteca, o 2666 sorri para mim. Existem dois exemplares disponiveis, ocupando pouco mais de 12 centímetros na última prateleira de uma estante. Não recordo se procurava algo específico na letra B, de Bolaño, mas sei que fiquei imediatamente convencido que a leitura para o Natal estava encontrada. O rapaz que regista os livros que entram e saiem da biblioteca, começa por perguntar-me se gostei de Faulkner. Digo-lhe que sim. Depois, acrescento que não gostei do Deus das Moscas (comecei logo por não gostar da tradução alternativa do título), do outro lado recebo a cara de alguém que não percebe como é possível não gostar do livro de Golding. Explico que já conhecia a história, havia visto a adptação cinematográfica e, portanto, o meu gosto pelo livro estava dependente não da história em si, mas da vivacidade, intensidade e fluidez da escrita. Contudo, a natureza altamente descritiva da obra e a inexistência de surpresas face àquilo que recordava do filme, havia provocado em mim nada mais do que aborrecimento. O rapaz finge que fica satisfeito com a minha resposta, pega finalmente no 2666 para dar saida deste nos registos e diz-me que é o livro na moda. Parece que sim, respondo eu. Tendo presente as mais de 1000 páginas do livro, digo-lhe que vai ser um livro que vai dar trabalho. Pondero corrigir a última frase, que sugere a ideia errada, mas limito-me a pegar no livro, soltar um boa tarde e abandonar o edíficio. O livro até pode dar trabalho, mas é um daqueles trabalhos que vem acompanhado de prazer e é feito com gosto. Por trabalho queria apenas dizer que ia demorar tempo, caso gostasse, até tê-lo lido todo. Se não gostasse, iria dar tanto trabalho como qualquer outro livro: o trabalho de devolvê-lo ao lugar de origem. Felizmente, já conclui a primeira das cinco partes que constituem o livro, e podem ter a certeza que este só é devolvido depois de concluida a leitura integral da obra.




Desejos para 2010 (2 de 10)

Wed, 23 Dec 2009 21:00:07 GMT

Que o Porto seja campeão nacional e a selecção nacional, com César Peixoto a titular na lateral esquerda, traga o caneco da África do Sul.




Atrasos que passam em branco

Wed, 23 Dec 2009 14:00:54 GMT

O PSD apresentou o programa mínusculo tarde e a más horas. Choveram criticas de todos os lados. As criticas eram justas, mas, convenhamos, o documento em causa, mesmo em caso de vitória do PSD, era acessório para a boa governação do país. Já o Orçamento do Estado é elemento essencial. Mas agora ninguém tem pressa. O PS, com a desculpa das eleições, muito embora o ministro das finanças seja o mesmo, anunciou que só vai apresentar o Orçamento de Estado entre 18 e 22 de Janeiro. Recorde-se que este ano, por essa altura, já o governo apresentava o primeiro orçamento rectificativo. Mas, enfim, terceira semana de Janeiro? Who cares? Toca mas é a discutir o casamento homossexual.




Desejos para 2010 (1 de 10)

Tue, 22 Dec 2009 21:00:02 GMT

Que José Sócrates deixe de ser primeiro-ministro do país e que Passos Coelho nunca chegue à liderança do PSD.




Sporting sem meia equipa durante um mês

Tue, 22 Dec 2009 17:30:39 GMT

Desenvolvimentos aqui.




Também fico feliz

Tue, 22 Dec 2009 15:45:57 GMT

Tal como o António de Almeida, também fico feliz por poder voltar a ver jogos do Ronaldo na televisão sem ter de ouvir comentadores idiotas tratarem o jogador por "melhor do mundo" em vez do próprio nome. Mas, com sorte, ainda vai passar a ser tratado pelo jogador com o melhor golo do ano 2009. Se existir uma petição para o efeito, e tendo em conta que o golo foi contra o FêCêPê, eu subscrevo. Já não temos o melhor do mundo, mas temos o jogador que marcou o melhor golo de 2009.




Criminalidade e imigração

Tue, 22 Dec 2009 14:00:34 GMT

Não existem dúvidas que alguns fenómenos sociais que surgiram no nosso país recentemente terão origem nos imigrantes de leste. A comunicação social tem dado conta de alguns crimes a que não estávamos habituados e, especialmente no que toca a assaltos à mão armada a moradias de residentes estrangeiros no Algarve, a coisa pode tornar-se preocupante (muito mais do que os assaltos a carrinhas de transporte de valores). É que se perguntarem aos povos da Europa do norte e central porque vêm passar o período final das suas vidas no Algarve, a maioria não deixará de referir a segurança. E eu, apesar de encarar com bons olhos toda e qualquer imigração, antes prefiro os imigrantes e turistas da Europa central e do norte do que os imigrantes pé descalço do leste (a propósito, um dos fenómenos sociais que chegou ao Algarve com os imigrantes do leste, sobretudo os romenos, foi o dos pedintes amontoados em tudo quanto era semáforo na Nacional 125). É que não tarda, sejamos descuidados, e até no que toca à imigração, ficamos apenas com o pior que a Europa tem a oferecer.




Cavaco Silva

Mon, 21 Dec 2009 19:00:10 GMT

"A minha atenção está noutros problemas, no desemprego do país, no endividamento do país, no desequilíbrio das contas públicas, na falta de produtividade e de competitividade do nosso país"

 

O Presidente da República, segundo ilustres socialistas, os mesmos que há muito tempo procuram provocar um choque institucional com o actual presidente para desviar a atenção dos assuntos que interessam ao país e ajudar no lançamento do candidato da sua área para o cargo em causa (até porque, como sabemos, para certa gente, a PR era tida como monopólio da esquerda), não devia ter expresso a opinião em causa. Percebe-se. Já toda a gente percebeu. Para os socialistas, uma vez que as suas políticas resultaram no que se conhece, é urgente desviar as atenções para tudo, menos para o desemprego e o endividamento. Para os socialistas, tudo o que interessa agora são assuntos laterais, sejam desentendimentos com o Presidente da República, que pelos vistos não pode ter qualquer opinião e deve comportar-se como uma estátua, sejam assuntos como o casamento homossexual, que nada adianta naquilo que são os problemas essenciais do país.

 

O mais curioso é que Cavaco intromete-se na agenda do PS (pecado dos pecados), já António Vitorino, que abriu as hostilidades na RTP quando exigiu a intervenção de Cavaco a propósito do tema governabilidade, não se deve ter intrometido na agenda da Presidência. Afinal, é um tique socialista muito comum durante esta liderança de Sócrates, os socialistas pensam que o país é só deles e só eles podem mandar.