Subscribe: Van e Mu em Montreal !
http://vanemunocanada.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
aqui  até  bem  casa  depois  dia  fazer  foi      mais  mesmo  muito  nos  não  pra  québec    tem 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: Van e Mu em Montreal !

Van e Mu em Montreal !





Updated: 2017-11-06T11:38:31.488-02:00

 



Mudanças a vista!

2011-11-08T22:44:39.482-02:00

Essa é pra quem está planejando vir para Montreal em Março/Abril. Nosso lindo apê, fofíssimo está disponivel para alugar para uma pessoa ou um casal no máximo. No pets!Apartamento:  sala com sacada, quarto, sala de jantar, cozinha com outra sacada (espaco pra por uma churrasqueira ooba!) e banheiro. Todos os comodos sao separados. O que constitui uma grande vantagem em relacao a muitos outros onde os comodos sao juntos, tudo fica amontoado. Vc tem a impressao de morar numa kitchinette e enjoar do lugar logo. Iluminado : Todos os comodos possuem janelas, inclusive a do banheiro. Uma raridade aqui.Particular: Possui uma lavanderia separada do apartamento localizada no subsolo do triplex. Uma outra raridade, ja que o comodo lavanderia que vc ta acostumado no Brasil nao existe aqui. A maioria dos apartamento a maquina de lavar e secar fica na cozinha ou no banheiro. E ainda mais, tem uma pia na lavanderia que serve como tanque pra vc nao ter que lavar as coisas sujas na banheira. Tipo bota com neve, pano sujo.. Ainda no subsolo vc tem um deposito pra guardar as tranqueiras adicionais. Tipo as malas gigantescas que vc veio do Brasil, bikes, patins e pneus de inverno. Localizacao - Prático, fica a 7 quadras do metro Henri-Bourassa. 10 minutos a pé, ou 2 min de onibus (3 linhas de onibus sao oferecidas). Supermercados e depanneurs (mercado de bairro) próximos. Quando digo proximo, quero dizer que da pra ir a pé. Sorveteria, Subway (pra quem gosta). Lugar pra tomar cafe da manhã. Mais, do lado do SAAQ (pra tirar a carta de habilitacao) e perto do CEGEP Bois-de-Boulogne (renomado por sua reputacao de ensino de qualidade eh um lugar otimo pra fazer a francisação). No final da rua tem parque com 8 quadras de tenis e acesso para a ciclovia (q da a volta em Montreal se quiser rsrs). Nesse parque ainda tem os carros da Comunauto. Enfim, um bairo muito completo e tranquilo. Ainda, perto do Marche Central. Super otimo centro de compras com Costco, Home Depot, Cinema, Dollarama e varias lojas de roupa outlets bacanas (oooba!). Veja no google maps: H3L Tranquilo: Eh um triplex. Ou seja, moram so os proprietarios, e a vizinha de porta que nem parece que mora la rsrs.. Proprietários: gente boníssima, acolheram a gente como filhos e temos enorme gratidão por eles. Por esse motivo quero ajuda-los a encontrar uma pessoa responsável (ou um casal) para alugar o ape. Como se nao bastasse tudo isso, ai vem o melhor! Vamos deixar varios móveis para quem se interessar e faremos um preco otimo para a maquina de lavar. Fundamental para quem esta vindo com o suado Real e tendo que gastar em dolares. E outra ne, pegar eletrodoméstico usado eh melhor de alguem que vc conhece do que ir numa loja de rua..arghhh As datas são negociáveis, até porque não temos a pois a data precisa de quando iremos nos mudar também.Veja as fotos e contate os proprietários aqui![...]



Working hard and having fun

2010-06-03T18:32:46.811-03:00

  Tanta coisa aconteceu desde o último post pra cá que se eu fosse escrever tudo levaria um bom tempo.. E tempo é o que menos temos aqui. Ora estamos trabalhando, ora se divertindo.
   Desde que paramos de trabalhar no final de semana e o frio foi embora, começamos a fazer várias atividades aqui. E olha, é incrível a quantidade de coisas boas e baratas que é possivel fazer.
   Já fizemos raquete, canoa, passeios de bicicleta..enfim no site do SEPAQ é possível ver uma vasta opção de parques pelo Québec, programacões e reserva.
   Ontem fomos no estádio da Saputo ver um jogo amistoso do Impact X AC Milan. O Ronaldinho tava aqui e nem precisa dizer que foi emocionante né? Quem me conhece sabe que eu amo assistir jogo de futebol no estádio por causa da energia do povo. Mas ontem foi especial! Pra começar que o estádio é incrivelmente organizado, nao tem tumulto pois o povo se dispersa por varias saídas. Ficamos no lugar mais barato do estadio e pasmem: cadeirinha com número !
   Fomos para o jogo de metro pq tem uma saída da estação dentro do estádio. No caminho já vimos que a atração ia ser qualquer coisa de diferente. Tipo, cada grupo tava ventido com a camisa do seu país de origem. Cantando hinos no metro..A maior farra, mas na paz..cada tribo na sua numa boa..
   Lá, o que tinha de gente com a camisa do Brasil, bandeira, boné..em tempos de copa, todo mundo vira brasileiro!
   O placar final não teve como ser diferente: 4x1 pro Milan. Com direito a 2 gols do Ronaldinho e dancinha! Até pq os caras do Impact jogam muito mal..masss como um amigo québécois bem ressaltou ontem, é como os times de hockey do Brasil, não tem como competir com os daqui.. Do mesmo jeito q o brasileiro aprende a ficar de pé e começa a jogar bola, eles aqui ja metem um patins e patinam incrivelmente bem..
  É paradoxal constatar que até 2 anos atrás eu passava de carro nas ruas e a molecada que tava jogando bola parava pra passar. E agora as crianças brincam de hockey nas ruas com taco e rollerblade.
  Estamos mto contentes e satisfeitos por tudo que consquistamos até agora. Mas tem q trabalhar forte, se empenhando tudo dá certo!
  Rapadura é doce maR não é mole não!! :D



C'est parti!

2010-04-07T19:06:58.778-03:00

Fui hoje no Salon carrière et emplois um evento pouco comum pro brasileiro. Ora! Um evento de recrutamento? Para nós que estamos acostumados a lutar por uma vaga no mercado, um evento como esse organizado por grandes empresas e multinacionais é um pouco bizarro.
O que me espanta foi a diferença da primeira experência para a segunda. Na primeira vez, fui no evento quando era ainda uma recém-chegada, com pouco vocabulário e sem muita experiência em como me "vender", saca? Nem precisa dizer que foi uma catástrofe: não entendia direito o que as pessoas falavam e não conseguia me expressar..saí de lá falando que esses eventos eram uma porcaria e daí pra baixo..
Esse ano foi diferente, com quase 2 anos aqui e estudando, avancei bem no francês. Além disso temos uma disciplina no curso que se chama "integração ao trabalho", com uma professora com mais de 15 anos de experiência em RH. Ela deu várias dicas, marcou entrevista com cada um para uma reforma completa no CV. Breve, alinhou o conceito québecois com os das outras culturas de como procurar um emprego. Em resumo: nada colocar idade, estado civil, filhos, etc.
Após a reforma completa no CV e as dicas de comportamento, me senti preparada para ir no evento. Fui com uma amiga e logo no começo vimos que não ia rolar se as duas ficassem juntas pra se apresentar. Tipo : "Bonjour, sou estudande de contabilidade.." e a outra : "moi aussi !". Não, cada uma foi pra um lado e começamos a conversar com cada representante dos stands.
As duas, impecáveis, lindas distribuindo sorrisos. Coletei o maior número de informações possível e anotava alguma coisa sempre que necessário. Porque depois a gente chega em casa com um monte de papel e nem lembra mais com que falou.
Foi ótimo, eu fazia perguntas sobre a empresa, conversava sobre meu curso..é ótimo para desenvolver o approach. Quase todos os stands ofereciam brindes, ganhei até um pen drive, o mais inusitado oferecia maçã verde. Oh, c'est mignon!
Agora, em casa, com minha pastinha cheia, vou organizar os contatos e mandar bala nos cvs!!

Bonne chance!



Episódio de hoje : IKEA

2010-02-14T13:41:52.428-02:00

Se existe uma loja que se pode chamar de perfeita, eu diria IKEA. Preço bom, variedade, móveis e utensílios para casa para todos os gostos e bolsos. Ótimo para o recém chegado que precisa mobiliar a casa de A a Z em um só lugar! Fomos lá hoje pela décima vez. To brincando, não sei quantas vezes fomos, mas sei que foram muitas. Tem sempre alguma coisa lá pra comprar para a casa. Antes, fiz uma lista com vários itens que estavam faltando, e quando juntou um bom número, décimos ir às compras. Chegando lá, a loja lotada. Mas não existe empurra-empurra nem trombadas e stress. A loja é enorme e tem espaço pra todo mundo. Também, dois andares de loja, e com um esquema totalmente planejado para o consumidor. Explico: a loja foi elaborada para fazer um percurso, ou seja, quando vc entra, vai direto para o primeiro andar que é um showroom de uma casa mobiliada. Logo na entrada é oferecido lápis e um papel para anotar tudo que vc tem intenção de comprar e onde achar (corredor e prateleira). E lá começa a fascinação que a loja exerce sobre vc! Ver uma sala super aconchegante, uma cozinha convidativa..quarto, banheiro..enfim, tudo que deixa vc louco de vontade para sair gastando! Vc vai andando, percorrendo o circuito, não tem jeito, vc quer ver tudo, curtir, sentar nos sofás, mexer nos armários..perde-se tranquilamente umas boas 3 horas lá, não to exagerando. Chegou o final do showroom do primeiro andar, surpresa! Vc tá morrendo de fome e tem um restaurante deles com comida e preços totalmente acessíveis. Pausa! Vc vai comer, senta um pouco e descansa (cara, andar tudo aquilo não é brincadeira! E olha que a gente tá acostumado a andar). Barriga quentinha e baterias carregadas é hora de descer pro térreo, pegar um carrinho e começar a enchê-lo! Lá começa outro percurso: os utensílios para a casa. Vc passa com o carrinho pelas coisas de cozinha: pratos, talheres, copos mil..ufa! Chegamos ao ponto de discutir uma vez na loja para decidir entre o meu gosto e o dele rsrs.. Ao final da seção de utensílios, lá se foi mais de uma hora percorrendo, vc pega o outro carrinho, que não é desses de supermercado. Imagina esse carrinho de mercado, mas sem laterais. Você chegou no estoque da loja, todo numerado e vai procurar os móveis que anotou no papelzinho. Eu? Sim! A loja é totalmente self-service. E é por isso que ela consegue oferecer ao consumidor um preço mais acessível. Bom, depois de tudo, vc ainda pode escolher o caixa normal, com a moça que passa os produtos, ou o caixa self-service. Vc passa e depois paga. Simples assim! Depois de todo o esforço, vc merece um brioche à la cannelle . Delicioso e baratim (1,30$). Escrevi demais, e poderia continuar, porque detalhes é o que não faltam. Puxa-saco também? Pode até ser, mas eu sempre saio de lá super satisfeita, então não tem porque fazer elogios da loja. Vejo um clima super agradável dos funcionários que trabalham lá e sinto vontade de procurar um estágio em contabilidade lá quando estiver para me formar. Mas não é tão fácil, a concorrência é grande. Uma amiga fez estágio lá, mas sem garantia que fossem contratar ela.. Por fim, é legal ressaltar que a loja tem um grande compromisso com meio ambiente. Ou seja, ela tem uma meta de reciclagem e redução de desperdício de materiais em 80% aproximadamente. Isso é um dado relevante quando se mora aqui e começa a adotar padrões que não tinha antes. Tipo, separar lixo reciclável (obrigatório) e levar sacolas reutilizáveis nos supermercados e no IKEA tb! Não esqueça a sua ;)[...]



Sidra de maçã - o processo

2010-01-31T15:19:28.521-02:00

(image) Acabei de receber por email um vídeo que mostra como se faz a sidra de maçã. Essa bebida e a sidra de gelo (cidre de glace) são as bebidas oficiais do inverno. Eu particularmente acho a sidra de gelo mais saborosa, mas aí vai do gosto de cada um.

É interessante ver no vídeo que o processo é mostrado a um grupo. Esse tipo de excursão acontece bastante por aqui. Para propriedades de vinículas, por exemplo, que são os mais conhecidos, vc paga uma taxa e experimenta vários tipos de vinho.




Dica do dia: antiderrapante

2010-01-30T18:43:48.081-02:00

(image) Encontrei um anúncio interessante no folheto do Walmart dessa semana. Trata-se desse antiderrapante pra tênis ou bota. E esse é bem mais discreto, perto dos outros que vi por aí. E prático tb, pq chegando em um lugar fechado é só tirar e colocar num saquinho. Cabe em qualquer bolsa. Já vi um que é tipo uma galocha q vc enfia o pé junto com o tênis. Só que é gigante.
No primeiro dia que neva, a neve ta fofinha, não escorraga tanto assim, mas do segundo dia em diante a neve vai ficando mais comprimida (do pessoal andando e amassando), daí ela fica dura e escorregadia. Se chover então, hum..vira um sabão..
É isso. Vamos ficar em casa hj porque tá um frio do cacilds (-18C). Talvez sairemos à noite para comer um poutine no Frite Alors. Além de ser muito gostosa a comida (e barato), rola uma música folk bem agradável.



Reflexão para um domingo..

2010-01-24T22:53:17.196-02:00

Tava aqui fazendo um trabalho para escola, quando recebi um email que no final dizia: " parabéns São Paulo, bla bla bla.."
Então pensei: "caceta meu, mais um feriado amanhã.." - Respondi pro grupo bem assim: "cambada de sortudos". Mas a réplica veio rápido, com uma reportagem da UOL mostrando a insatisfação dos paulistanos.
E por fim meu bateu uma vontade de fazer uma enquete, perguntando o que é mais proveitoso: um ano à la brasileira, repleto de feriados, mas com uma jornada de trabalho pesada (q é a realidade: trabalha-se de 9 a 11 por dia) ou um ano canadanse com 12 feriados por ano, mas com o direito de trabalhar 8 horas ou menos?
Seja vc paulistano ou não, mostre sua opinião, o ponto de vista de cada um é super válida!



Apartamento para alugar

2010-01-24T01:52:17.351-02:00

Esse post é pra quem já com as malas prontas para vir pra cá e tá procurando um apê.
Fica em Ahuntsic (no nosso bairro) e colado ao metrô (é só atravessar a rua). Para conhecer mais todas as facilidades do bairro, leia nossos posts anteriores.
Quem tá lá atualmente é a nossa amiga Paulinha e eles vão sair de lá para um apê maior, mas no mesmo bairro hehe..
Segue contato e fotos: paulamazzeo@gmail.com

(image) (image)
(image)
(image)
(image)







La reconnaissance des compétences des nouveaux arrivants en progression

2010-01-22T11:04:36.237-02:00

Deu ontem no jornal mais uma reportagem falando sobre reconhecimento de profissões para os recém-chegados. Não tem muita novidade em relação à outra matéria anteriormente feita, mas acho q vale à pena ler, principalmente nos conselhos.   MÉTROSTÉPHANE ROLLANDMÉTRO20 janvier 2010 00:54À l'approche du départ massif des bébé-boumeurs à la retraite, les entreprises privées et la fonction publique auront besoin de sang neuf. Cette réalité démographique donne un coup de pouce aux immigrants qui cherchent un emploi.Tant pour les professions réglementées que pour celles qui ne le sont pas, l'accueil des immigrants s'est grandement amélioré, selon Moussa Guene, coordonnateur en emploi au sein de l'organisme d'aide aux nouveaux arrivants PROMIS. «C'est plus facile qu'avant, affirme-t-il. Plusieurs initiatives ont été prises. Le Québec devra bientôt composer avec une pénurie de main-d'œuvre, et les nouveaux arrivants seront prêts à prendre la relève.»ExamensPour pratiquer une profession réglementée, il faut posséder un permis délivré par un ordre professionnel. L'obtention de ce document est conditionnelle à la réussite d'examens. D'autres conditions d'admissibilité peuvent également exister. Les ordres professionnels, le gouvernement et les établissements d'enseignement travaillent en étroite collaboration afin de mieux évaluer les compétences des nouveaux arrivants. «Certains candidats peuvent ne pas comprendre ce qu'on cherche à évaluer avec nos examens typiquement nord-américains», reconnaît Clau de Fradette, porte-parole du ministère de l'Immigration et des Communautés culturelles.Depuis 2004, une trentaine d'ententes ont été signées pour améliorer ces outils d'évaluation. «Tout le monde y gagne, assure M. Fradette. Par exemple, l'Ordre des infirmières et infirmiers a publié un guide pour aider les nouveaux arrivants à mieux se préparer en vue de l'examen. Ce guide est tellement bien fait que les finissants des écoles du Québec l'ont adopté eux aussi.»Pour nos cousins français qui exercent un métier réglementé, l'Entente France-Québec sur la reconnaissance mutuelle des qualifications professionnelles, signée l'an dernier, devrait faciliter grandement la tâche. Cet accord permettra l'attestation des compétences acquises dans ce pays. D'ici le 31 décembre 2010, toutes les autorités chargées de la réglementation d'une profession devront avoir ratifié un arrangement de reconnaissance mutuelle (ARM) avec leurs homologues français.Évaluation comparativeQuant aux nouveaux arrivants qui veulent exercer un métier non réglementé, ils peuvent demander une évaluation comparative des études effectuées hors Québec. Ce document officiel indique la valeur d'un diplôme étranger dans le système d'éducation québécois.Cette évaluation est facultative, mais peut être fort utile. «Ça permet de rassurer les employeurs, explique Claude Fradette. Ils ne con naissent pas nécessairement les systèmes d'éducation étrangers. Ça leur donne des repères qu'ils comprennent pour évaluer un candidat.» Le prochain défi est de trouver une manière de reconnaître l'expérience professionnelle acquise à l'étranger, affirme Moussa Guene. «Même s'il est expérimenté, le nouvel arrivant doitsouvent recommencer au bas de l'échelle comme s'il était encore un débutant», déplore-t-il. Conseils pour intégrer une professionCommencez avant le grand déménagement Vérifiez si le métier que vous voulez exercer est réglementé. Si c'est le cas, contactez l'organisme responsable de cette réglementation. Vous pourrez ainsi recueillir tous les documents nécessaires avant de partir.Évaluez vos chances de réussite Passer l'examen d'un ordre professionnel peut coûter des centaines de dollars. Ce montant n'est pas remboursé en [...]



Atualizaçoes!

2009-12-08T14:15:48.145-02:00

Afe, faz um tempao que nao escrevo. To sem tempo para lazer ultimamente.. Agora mesmo, to escrevendo do laboratorio do colégio.
O Muryllo terminou o AEC dele, começou um estagio e logo depois foi contratado. É a prova que as certidoes daqui funcionam mesmo. Com muito esforco e dedicacao, o Mu ta bem contente com o emprego que conquistou. Além disso, é a primeira vez que ele consegue trabalhar na area de designer. Ainda, é uma fabrica de brinquedos! Ele me contou que sua mesa vive cheia de peças pra testar hehe..
Eu continuo estudando contabilidade e ficando quase loca com a quantidade de trabalhos e execicios. Mas to animada e pensando nas perspectivas.
Pra finalizar, segue o link uma reportagem interessante para as pessoas que possuem profissoes regulamentadas. A situaçao vai melhorar!

Inté!



Imagem do Brasil

2009-09-02T19:03:27.181-03:00

Em tempos de notícia ruim é duro ser brasileira e ficar ouvindo piadinhas de mal gosto..
Ainda tá o maior bafafá aqui a morte misteriosa do boxeador Arturo Gatti. Pra piorar, o Jornal de Montréal preparou uma reportagem daquelas "bombásticas" que vai ser publicada na edição do próximo sábado.
É super difícil os jornais daqui publicarem alguma coisa sobre o Brasil, e quando sai alguma coisa é só notícia ruim: essa do assassinato, a da ex esposa brasileira do Guy Laliberté que tá processando ele para aumentar a pensão, o avião da Air France que caiu...j'suis tannée !!!
Pro pessoal que tá no Brasil, essas notícias devem ter caído no esquecimento já. Mas aqui, como esse tipo de evento é raro, eles ficam falando disso toda hora..
Desculpa o desabafo, mas é que a gente luta tanto pra fazer as coisas da melhor maneira possível, e depois de notícias como essas, o brasileiro parece ser o méchant da história..
Hj mesmo, de manhã, na aula de fiscalização (não sei como seria a tradução de um curso de "fiscalité") o professor me pega pra cristo citando a ex esposa do Guy e fica me encarando! Grrrrrrrrrr..



Je lis ! Et toi? | Eu leio, e vc?

2009-08-28T09:29:01.707-03:00

A Archambault, uma das maiores lojas de livros, dvs e cds, em parceria com a Sony Canada, lançou essa semana um site de download de livros francófonos: o Jelis.ca. É a primeira empresa do ramo na américa do norte a apostar nesse novo conceito de leitura (ou seria mídias eletrônicas?).
A Sony lança junto com o site seu primeiro leitor eletrônico: o e-reader. Não conheço pessoalmente, mas ví comentários positivos.
Sinceramente, se eu puder combinar o download de livros com o iPhone ficaria mais contente..não quero somar mais um aparelho na minha vida rsrs.. e sim agrupar funcionalidades em um único aparelho.
Mas enfim, a idea do post é divulgar o site para o pessoal ler. Agora não existe mais a desculpa que não se acha livro em francês no Brasil ! E ler é muito bom! Melhora muito o francês.
Dica: no site do Jelis.ca ao lado direito tem um ranking Palmarès dos livros mais lidos. É uma boa pra quem não sabe o que vai escolher..
No momento to lendo um livro chato pra caramba, na boa, nem vou recomendar.
(image)
Mas como não gosto de ler livros pela metade vou ler até o fim. O próximo livro já comprei (poderia ter alugado na biblioteca, mas não resisti, a capa é muito linda), chama-se: " L'écume des jours" de Boris Vian. Um pouco difícil para o nível iniciante. É mais para quem tem um conhecimento intermediário do vocabulário.
Em paralelo também estou lendo um livro em português porque sinto as vezes que as palavras estão sumindo, e não consigo escrever com clareza o que tô pensando. Complicado né..
En tout cas, aujourd'hui est vendredi et tout le monde est prêt à profiter le fin de semaine !!! :D
Salut!




Assunto: comida

2009-08-22T00:58:09.014-03:00

Agora pouco terminei de arrumar nossa papelada na nova estante e achei uma encarte interessante do governo do Canada sobre alimentação.
É o tipo de coisa que vc pega qdo chega aqui, mas não entende direito por causa do francês ou porque vc não está totoalmente integrado e não conhece direito a cultura local.
Antes de entrar no assunto do guia, acho legal esclarecer que aqui encontra-se tudo que existe no Brasil (exceto requeijão).
Muita gente me pergunta se deve trazer tempero na mala ou qualquer outra coisa. Montréal é uma metrópole como São Paulo. Com a quantidade de imigrantes que têm aqui, é natural que os supermercados tenham uma varidade de produtos incrível. Ninguém precisa mudar seus hábitos alimentares por causa da troca de país. Até o requeijão que não existe, o Muryllo faz hehe
Com o tempo a gente descobre onde achar as coisinhas. Se não tiver no mercado, pode ter certeza que vc encontra no mercado indiano, chinês ou árabe.
O que a gente adotou da cultura local foi o couscous (cuzcus). Não tem nada a ver com o do Brasil. O couscous é um cereal equivalente ao arroz. Faz parte da culinária marroquina e é muito bem aceita pela população. É uma delícia e facílimo de fazer. Calma! Fanáticos por arroz : tem mil tipos aqui a escolher ! :D Feijão idem! De tudo quanto é cor! Até feijão verde que eu nunca tinha visto rsrs..
Agora que vcs estão familiarizados, podemos voltar ao assunto principal e mostrar a cartilha :) Notem que o couscous é uma das opções de recomendação do guia de alimentação. Superbe non?
Quem quiser tirar dúvidas sobre o que trazer e não trazer é só escrever. Já digo de pronto que não precisa trazer nada :) Mas acho q a gente se sente melhor saber se tal coisa q a gente gosta muito é fácil ou não de achar (tipo chá verde que eu trouxe uns 3 pacotões e aqui tem aos montes :p ).
Inté!



Curtindo o verão ao máximo!

2009-08-13T22:23:06.848-03:00

Pois é, esse o motivo de estar tanto tempo sem escrever. Com tantos festivais rolando em Montréal, é impossível ficar em casa. Ainda mais porque a maioria dos eventos são gratuitos. Olha, eu entendo que quem mora no Brasil deve achar isso uma palhaçada e que é a gente que não consegue parar em casa. Compreendo perfeitamente! Nós mesmos quando morávamos em SP não participávamos de nenhum evento cultural. Talvez por causa da vida agitada, ou porque talvez os eventos não fossem tão divulgados como aqui. Ou talvez pq a gente era alienado mesmo e o programa preferido era tomar uma cerveja, enfim.. Aqui, acredito que o grande lance de realizar eventos é fazer o povo sair de casa (minha opinião). O povo não pode aproveitar muito o inverno, então, o negócio é fazer o pessoal se mexer no verão. Nossa primeira saída foi pra assistir a orquestra sinfônica no parque aqui perto de casa. Parece programa de coxinha, mas é sensacional ver uma orquestra tocando ao vivo! O repertorio deles foi como uma volta ao mundo, eles tocaram musicas conhecidas de maestros internacionais e até trilha sonora de filmes como: Guerra nas Estrelas e Poderoso Chefão. Sei que fiquei empolgada em começar a tocar um instrumento, já que sempre gostei muito de música. Tô pesquisando algumas escolas e se der certo, escreverei um post depois sobre isso. Depois foi o festival Juste pour rire. O pessoal que tem TV a cabo tem alguns programas que rolam no festival. No canal Multishow chama-se "Só rindo". Lá tem as pegadinhas que o pessoal filma aqui e as apresentações que são realizadas dentro um local fechado. Aqui tem isso, e mais as atrações de rua e os Stand-up comedy que são muito bons. Em seguida começou o festival FrancoFolies. Puts, esse é bom viu! Quem quer ouvir boa música francófona tem que ir! Olha, todos os shows que eu parava pra assistir, mesmo sem conhecer a banda acabava gostando das músicas. É obvio que anotei os nomes pra depois procurar as músicas pra escutar. E na sexta passada não é que tinha um grupo de forró ! Nós e vários amigos brasileiros fomos lá conferir, e de longe, de tão felizes de escutar musica brasileira já começamos a cantar. E o povo local, olhando pra nossa cara rsrs.. A vocal cantava perfeitamente! Jurava que era brasileira, mas como era um festival francófono era óbvio que não era. Ela é belga e a banda chama-se Forrótimo. Sei que num dado momento podia-se ver vários casais dançando na frente do palco. Foi muito legal ir nesse evento e ver a quantidade de brasileiros que moram aqui. Mais legal ainda ver os casais brasileiro com québécois dançando. Eles gostam bastante da nossa música e se esforçaram pra dançar. A Catherine então, esposa do Cleiton, dança melhor que muita brasileira! Teve o festival Diversité tb, ao mesmo tempo que o FrancoFolies. Demos uma passada rápida, porque estávamos indo pro FF e, ao sair do metrô estávamos escutando uma batida bem forte de música eletrônica. Na hora quis saber onde era. Parecia uma rave! Entramos, curtimos um pouco e depois seguimos caminho. Ontem começou o festival Festiblues, pra nossa sorte, vários eventos são realizados num dos parques aqui do bairro (parque Ahuntsic). Ontem já começou bem com o show da Ariane Moffatt. Não entramos pois viajamos no horário e acabamos chegando meio tarde (custava 5 pilas). Mesmo assim, fomos no McDonalds em frente ao parque, e tomamos sorvete ouvindo o show rsrs.. Além de tooooodos esses eventos, recebemos 2 amigos que vieram conhecer Montréal: a Vivi e o Binho. Com isso, demos uma renovada nos pontos turísticos que havíamos conhecido ano passado. Foi muito legal pois na semana que eles vieram fi[...]



Emprego já !

2009-07-28T08:37:41.893-03:00

Além dos principais sites de emprego que vc já conhecem, tem um site que é muito bom, dividido por profissões e é atualizado constantemente: Emplois.ca . Nele há várias dicas de carreira, recrutamento, testes, etc.. Dentro desse site, tem um menu ao lado direito, que oferece um site específico para cada profissão, como abaixo:AdministratifAnalyse d'affairesCentre d'appelComptabilité Tenue de livresSantéPharmaceutiqueInformatiqueFinance Comptabilité GestionRessources HumainesJuridiqueParajuridiqueGestion de projetsIngénierie et techniqueCommerce de détailVentesTemps partielPara as profissões que não estão listadas acima, acessem o beljob.ca. Espero que seja proveitoso a todos.E vamos à luta, filhos da pátria ! hehe[...]



Francisaçao e palestras - Programaçao

2009-07-26T16:53:02.206-03:00

Tome nota ! Estao abertas as inscriçoes para as palestras de imigraçao em SP:

06/08/2009 - 18 h 45
Aliança Francesa (Centro) - Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque

10/08/2009 - 18 h 45
Aliança Francesa (Centro) - Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque

Fonte : http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/pt/biq/sao-paulo/palestras/index.php

Sera que vale a pena? Eu, particularmente, nunca fui na palestra..sempre pesquisei sobre o Québec pela internet e participava de um forum de imigraçao. A palestra serve para ter o primeiro contato sobre o processo de imigracao e para conhecer um pouquinho do Québec. A realidade mesmo é falada por pessoas que participam de foruns e por aqueles que ja moram aqui.

Pra vc que esta na fase avançada do processo (final) e quer se programar para fazer a francisaçao aqui no Québec, o governo disponibilizou na internet o calendario das turmas de 2009-2010 : http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/publications/fr/langue-francaise/Calendrier-cours-temps-complet2009-2010.pdf
Meu conselho é se programar para chegar, no minimo com 1 mes de antecedência do curso para fazer a entrevista de nivelamento.
Funciona assim: ao chegar aqui, vc vai no MICC e explica que precisa fazer francisacao. Eles vao marcar um rendez-vous (que pode ser na mesma semana ou pode demorar dias) e nessa entrevista é avaliado o nivel que vc entrara na francisaçao. Depois, vc sera avisado por carta ou por telefone quando e onde fara a francisaçao. A resposta pode demorar semanas, e pode ser ainda que vc entre para uma lista de espera para a proxima turma por falta de vagas (como aconteceu com o Muryllo).
É importante, portanto, se programar e até planejar um plano B caso vc fique de fora da francisacao. Nesse caso, vc podera fazer o curso de frances das «comissions scolaires». Sao escolas que existem por todo o Québec e o preco é bem inferior.



C.R.A.Z.Y.

2009-07-21T23:49:05.017-03:00

Esta semana estamos de férias escolares. Além de aproveitar os dias bonitos (sim, São Pedro resolveu nos presentear com dias lindos) vimos um filme québécois : C.R.A.Z.Y. Trata-se da história de Zachary que cresce no turbulento Quebec dos anos de 1960/1970. Sendo o segundo filho mais novo e criado entre outros quatro irmãos, Zac luta para definir sua própria identidade e lida com o conflito entre sua emergente sexualidade e seu intenso desejo de agradar a seu rigoroso, temperamental e conservador pai, que seria considerado como homofóbico até nos dias de hoje. Um dos temas do filme é a influência da igreja católica na sociedade de Québec durante a Revolução Tranquila. Fora o enredo do filme, a trilha sonora é fantástica. Dentre vários estão Pink Floyd e David Bowie que eu adoro. Segundo o Wikipédia, o filme foi uma sucesso de bilheteria para os padrões de mercado québécois, e há até um título em português: "C.R.A.Z.Y - Loucos de amor". Talvez então vcs possam achar para alugar. Senão, podem usar a internet mesmo para baixar.[...]



Mensagens para secretária eletrônica

2009-07-20T21:06:18.244-03:00

(image)
Depois de chegar aqui e tirar os documentos, uma das coisas mais importantes é ter um telefone, um contato para que as empresas, organismos públicos e etc, possam te encontrar.
Eu e o Muryllo optamos por ter um telefone residencial, já que ficamos quase o dia todo na escola e não poderíamos atender as chamadas durante a aula.
Aqui é totoalmente desrespeituoso tocar celular na aula ou durante qualquer tipo de entrevista: seja com o seu agente no emploi-Québec ou mesmo com seu gerente de banco. Salvo para casais com filhos pequenos que ficam em garderie, é totalmente desnecessário comprar um celular logo de cara. É muito melhor receber o recado completinho em casa, e se preparar para retornar a ligação do que receber uma ligação de surpresa e anotar o recado correndo no meio de um compromisso.
Portanto, aí vai mais um serviço de utilidade pública: mensagens em francês para secretária eletrônica. Achei o papel quando estava arruamando nossa estante hehe..é do ano passado, quando fiz a francisação. A gente tb teve que atualizar a nossa por causa da mudança..

Messages modèles (répondeur)

Bonjour! Vouz avez bien rejoint le (numéro de téléphone). Nous ne pouvons pas vous répondre en ce moment, mais laissez-nous un message et il nous fera plaisir de vous rappeler. Merci, bonne journée!

Bonjour! Vous êtes bien au (numéro de téléphone). S'il vous plaît, laissez-nous un
message et on vous rappellera le plus tôt possible. Merci, au revoir!

Bonjour, vous êtes bien chez (ici, nommez les personnes qu'on peut joindre à ce numéro). Notre charmant répondeur se fera un plaisir de nous transmettre votre message. Merci (au revoir, ou bonne journée).

Bonjour! Vous êtes bien au (numéro de téléphone). Laissez-nous un message en indiquant à qui il s'adresse et le moment où nous pouvons vous rejoindre; il nous fera plaisir de vous rappeler. Merci, bonne journéé!

(Laurence Lamarre, collège Bois-de-Boulogne)
(image)


Observação para a primeira mensagem: Não esqueça que no francês falado o "ne" não é pronunciado, ok.



Verao insoso..

2009-07-19T17:21:02.552-03:00

O verao esse ano ta' pior que no ano passado. Nao vou reclamar porque a temperatura esta' agradavel, mas chove muito..

E nao sou so eu que diz isso. Hoje mesmo recebi um email (de um québécois) que descreve com humor a situçao, e compartilho com vcs. Ri muito quando li.

Legenda: marde é o jeito québécois de dizer merde que por sua vez em francês quer dizer merda.

Tentei colocar a foto diretamente aqui, mas ficou uma marde, portanto cliquem aqui e depois cliquem na lupa para aumentar o zoom.



De casa nova, enfim!

2009-07-16T14:13:42.653-03:00

Quase 20 dias depois da mudança, tô bem acomodada na minha mesa, mon bureau, de frente pra pra uma janela com cortinas ! A casa ta quase 100% organizada e agora vou contar pra vcs como foi a epopéia (adoro essa palavra). Quando decidimos mudar, pensamos que seria fácil contratar uma empresa e fazer a mudança. Após algumas pesquisas, vimos que ia sair muito caro, já que somos um casal sem filhos e sem muuitas coisas. As empresas de mudança cobra um número 3 horas no mínimo. E como os caras só iam tem o trabalho de descer as coisas do apê velho e subir novamente para o apê novo, achamos q íamos pagar mto caro pelo serviço.Há empresas de mudança e existem os Zés que têm um caminhão e fazem a mudança. Em SP, isso é mais conhecido como carreto (não sei se todas as regiões chamam assim). Só que no Brasil caminhao pequeno é aquela carreta aberta, aqui é um baú. (Talvez devêssemos ter escolhido essa opção). Escolhemos alugar um caminhão na Discount e fazer a mudança por nós mesmos, com a ajuda dos amigos. Com algumas semanas de antecedência começamos a empacotar as coisas de casa. Pegávamos caixas do restaurante e trazíamos pra casa hehe.. Chegado o dia esperado, fez um calor do caramba por sinal, a Má e o Lê vieram nos da um help, trouxeram um plastico pro colchão (vende em lojas de colchão). Depois chegaram os reforços hehe, Anderson, Cleiton e Yuri. O pôbrema começou qdo o Muryllo chegou com o caminhão (carteira de carro pode dirigir caminhões pequenos) e tinha um carro na porta do prédio. Toquei na vizinha pra ela tirar o carro, ela ME DEU a chave do carro pra tirar hahaha (só aqui mesmo, a gente NUNCA tinha se falado). Fui lá tirar o carro, o câmbio no lugar do pisca..pensei : "que baralho de carro !" Enfim, a bateria tava arriada, não conseguimos tirar o carro do P (parking ; travado). Enfim, o caminhão ficou diagonalmente na calçada. O bom é que ele tem uma esteira que facilita o trabalho. Começou um sobe e desce interminável, adicionado ao calor..tavam todos suando que nem frango no forno.. Deu muito trabalho as coisas pesadas: geladeira, fogão e máquina de lavar. Até compramos uma fita que vc passa nos braços , mas não resolveu muito.. Os meninos ficaram sobrecarregados, o Muryllo cortou a perna..enfim.. Terminada primeira etapa, seguimos no caminhão, a Ma e o Le e a equipe de carro. Depois, aqui no apê novo chegaram mais 2 reforços : a Lu e o Rodolfo. Ao chegarmos, os proprietários nos receberam calorosamente e de forma simpática. Eu tava nervosa e preocupada com a bagunça. Pensei: espero que eles não fiquem bravos com o sobe e desce e td mais. Para a nossa tranquilidade, eles saíram pra jantar EEEEEeeee!! Todo mundo já tava cansadíssimo, mas faltava subir as coisas. Fizemos uma pausa. Compramos pizza e breja e comemos na rua mesmo Kkkkkk... Terminada a mudança, faltava colocar algumas coisas no lugar para podermos ao menos dormir..Ficaram aqui em casa então eu e a Lu, e os meninos (Muryllo e o Rodolfo) foram devolver o caminhão. À noite, no fim da mudança, estávamos só o fiapo..nossa..parecia que tínhamos corrido uma maratona.. Conclusão: é melhor contrar um Zé indicado por alguém para fazer a sua mudança. Deu tudo certo, não estou reclamando, é só um conselho de quem já passou por isso. Agradecimentos: quero agradecer de coração à todos os amigos que ajudaram, diretamente o indiretamente. Sem a ajuda de vcs a mudança não seria possível ! O pessoal se mobiliza mesmo pra ajudar, foi muito bom! N[...]



Bonne fête Québec !!

2009-06-23T14:02:38.957-03:00

(image)

Sei que tá em cima do tempo, mas ainda dá pra avisar sobre a "fête Nationale du Québec". Será amanhã e vai acontecer diversas atrações por toda a província (Estado, em português bem claro).
Diversos bairros estão decoradas com a bandeira do Québec, os dépanneurs (lojas de conveniencia) e o Dollarama estão cheios de banderinhas, tatuagens e adereços com a flor de lis estampados, já que ela é o símbolo do Québec.
No jornal encontrei esse site muito bem feito com toda a programação de eventos, e para vc, colega, que tá no Brasil ainda, pode aproveitar para conhecer um pouquinho mais da história do Québec, além de treinar o français.
Fato engraçado: ano passado, chegamos no dia 21 de junho, a poucos dias dessa festa. Quando fomos lá na comemoração, no parque Maisonneuve vímos o povo cantando uma música, bonita até, mas não entendemos nada ! Nadaaaa! (Pode rir de nós, mas isso vai acontecer com vc tb rsrsrs).
Depois de um tempo, descobri que a música "Gens du pays" de Gilles Vigneault é, para eles a música oficial da festa do Québec, um hino mesmo. Com certeza, amanha será cantada por todos que estiverem lá.
Como eu sou uma pessoa muuuuito legal, vou colocar a música pra vc ir treinando e fazer bonito na festa, legal? (Depois vc me paga um chope e um pastel e fica tudo certo).
Voilà:
(object) (embed)
Para eles essa festa de amanhã é muito mais importante do que a festa do Canada (semana que vem). Meu professor mesmo falou: "Je m'en fou " (nem ligo). Para eles, o dia do Canada é o dia nacional da mudança e é bom pq é feriado.
Nós inclusive vamos mudar, mas no dia 28 de junho. A casa tá 60% já nas caixas. Prometo fazer um post especial sobre a mudança.

Bonne fête nationale à tous !!!



Dias quentes !!

2009-06-14T01:14:21.239-03:00

Estamos no final da primavera, a poucos dias do verão. Estávamos há muito tempo aguardando os dias quentes. Para usar regatas, bermudas e finalmente encostar as blusas. Dizem que por causa do aquecimento global, Montréal não é mais tão quente como antigamente, assim como os invernos deixaram de ser tão rigorosos. Enfim, aproveitamos o tempo livre que coincidiram da minha escola e do Mu para fazer algumas coisas antes de nos mudarmos. A primeira providência foi ir na Canadian Tire compra uma cinta para carregar os móveis, o negócio parece ser muito útil e prático. Tínhamos visto na TV, nesses programas "Ligue djá" e ficamos bem entusiasmados pra comprar. Olha o a cinta aqui. Não achamos, o vendedor falou que venderam tudo. Depois, fomos na Vidéotron conhecer os combos de TV+Telefone+Internet. Achamos interessante o preço e decidimos por cancelar nosso plano com a Bell e fechar esse combo com a Vidéotron (aos interessados, solicitar detalhes por email). Depois, como já era hora do almoço, decidimos almoçar no A&W, o melhor fast-food na nossa opinião. Ao esperar o ônibus, solzão lindo e maravilhoso, vimos a sorveteria La Crémerie e topamos pegar um sorvete cada um. Após o almoço, cada um teve que seguir seu rumo, já q o Mu tinha aula a tarde e eu não. Aproveitei então para ir na biblioteca central, procurar um livro pro trabalho da escola. É muito bom ir lá, eu particularmente adoro. Fica na estaçao Berri-UQAM, com acesso subterrâneo direto do metro. Não sei os dados precisamente, mas acho q ela tem uns 5 andares. Da pra passar um dia inteiro lá lendo, fácil fácil. Tem jornais do mundo inteiro, inclusive o "Estado de SP". Saindo de lá, fui para a estação Sherbrooke numa loja especialiazada em tenis All Star (Adoroo!). Chama-se Boots4all e a loja é numa dessas casas típicas de Montréal, com 2 andares lotados de modelos. Fiquei perdida em qual modelo comprava..rsrs.. Feito a compra, só me restou tempo para ir ao trabalho..e aí acabou.. Parece um dia corriqueiro, normal..mas para quem passou pelo inverno, trabalhando direto e decidindo o que fazer em relação aos estudos, esse dia (última sexta-feira) foi um dia muito bom e proveitoso. Fazendo uma comparação aos hábitos que tinha no Brasil e depois aqui, vejo que muita coisa mudou. A primeira foi dar valor aos dias quentes. No Brasil (vou falar por SP) são 7 meses ultra-quentes, 3 meio frios e 2 frios. E mesmo assim, como é um país tropical, o sol as vezes aparece no inverno e vc passa calor por ter vestido roupa de frio hehe.. Então eu não dava valor ao calor, não aproveitava tanto como deveria..conto nos dedos as vezes que fui a um parque. Aqui, mon ami, vc se habitua a acompanhar a temperatura pela internet todos os dias, e se tiver marcando 16 graus e com um ícone de um solzinho: Iupiiiiiiiiiiiii !! Vista sua bermuda e comemore! Qualquer tempo livre é motivo para sair de casa e procurar o parque mais proximo para curtir. O povo toma sol da sacada dos seus apês ou deita na grama mais próxima. Sem medo de ser assaltado ou alguém mexer com vc.Fiz uma colagem das fotos de sexta e hj no intervalo do nosso trabalho. Vejam como os dias ficam claros até tarde (umas 20h00). Curtam o calor !!! [...]



Boa notícia pra todo mundo!!

2009-06-09T16:33:22.594-03:00

Para aqueles que estão no processo, agoniados, esperando uma resposta (né Gabi), ou para aqueles que estão na fase de pesquisa (pré-processo), taí uma notícia para agradar a todos:

700 000 empregos serão disponíveis no Québec dentro de 3 anos

Agência QMI Julie Charette
08/06/2009 12:08

Para preencher 700 000 postos de trabalho que estará disponível em Quebec em 2011, o governo de Jean Charest está contando com trabalhadores estrangeiros.
Perante centenas de pessoas que se reuniram ontem "5 º Forum Economique International des Amériques", a ministra de Imigração e Comunidades Culturais Yolande James, argumentou que a imigração é uma parte da resposta às necessidades de recursos humanos do Quebec.

"A diminuição da população pode levar a uma lentidão da atividade econômica", disse James, recordando que em 2050 um québécois sobre três terão 65 anos ou mais.


Confrontados com o envelhecimento da população, o Québec deverá desenvolver "medidas ousadas" para recrutar e reter os trabalhadores imigrantes.

"Atualmente, vários países estão competindo para atrair trabalhadores", disse a ministra James.

Assim sendo, o Québec tomo as seguintes medidas: priorizar o processamento de pedidos de trabalhadores qualificados e acelerar a sua chegada no Québec. Além de apoio especializado, reforço da língua francesa e ainda assinou um acordo com trinta das associações profissionais dos imigrantes para facilitar "o acesso às profissões regulamentadas.

O governo Charest pretende atrair cerca de 50 000 imigrantes anualmente. Para fazer isso, vai acolher mais de 9.000 imigrantes adicionais em Quebec nos próximos anos.


Como não sou tradutora, utilisei uma ferramenta de tradução e depois fui acertando o texto para ficar mais coerente.

Espero que a notícia anime a todos !!!



Como vão os estudos?

2009-06-01T17:28:04.949-03:00

Salut tout le monde!!
Estou devendo um post, mas desde que as aulas começaram estamos estudando feito doidos. Calma, não tenho intenção de assustar ninguém, pelo contrário, estamos adorando. Eu e a contabilidade estamos nos dando muito bem e Muryllo, bom, o curso dele tá mais pra uma reciclagem. Mas como o curso é em francês, precisamos nos esforçar um pouco mais do que o habitual hehe..
Para os mais curiosos, o curso de contabilidade começa do básico, ótimo para mim que não sabia fazer nem um razonete. Além de matéria (ou cadeira, como dizem) de contabilidade básica, tenho aulas de comunicação, francês para trabalho, matemática financeira e informática básica. Essa última nem preciso falar que é um saco rsrs..na aula eu fico de ajudante da professora para os que tem mais dificuldade. O Muryllo começou o curso dele com Autocad, aprendendo várias novas funções e quase todo dia ele tinha peças para desenhar (no programa) e entregar. Essa semana ele disse que o professor vai abordar Autocad avançado (com funções dinâmicas e tal). Para quem for da área e precisar de mais detalhes me mande um email.
O ambiente da escola é totoalmente diferente da francisação. É puxado, mas vc se sente motivado porque o professor fala num ritmo mais rápido e vc entra nesse ritmo tb. Estou gostando muito e aprendendo coisas novas todos os dias. Como consequência, a comunicação fica mais fluente. Vc é "obrigado" a soltar o verbo na aula, seja para fazer um comentário ou para tirar alguma dúvida. Meus professores, até o presente momento, posso dizer que são excelentes. Todos muito simpáticos e dispostos a atender qualquer tipo de dúvida. No primeiro dia, todos entregam um plano do curso, com o conteúdo da matéria, bem como meios de entrar em contato com o professor. Na escola do Muryllo tb foi assim. Ele recebeu um caderno do colégio com todas as informaçoes que ele precisava saber. Até mapa da escola. Não posso generalizar, mas nossos colégios são super organizados.
Temos 25 horas de aula por semana, entre 8hs da manhã e 4 da tarde. Tem dias que temos aula o dia inteiro, outro só de manhã outro só a tarde.
Que mais? Bom, tanto a minha classe quanto a do Muryllo é bem diversificada. Na minha tem 4 latinos (eu , uma colombiana, uma mexicana e um da Republica Dominicana) , 3 marroquinos, 3 búlgaros, 2 romenos, 1 russa, 1 indiano, 1 haitiano, 1 africana (esqueci o nome do país) e 1 turca. É engraçado a mistura cultural e o modo como cada um pensa. Às vezes acho que os latinos são mais práticos e mais abertos a novas opiniões, mas talvez seja só coincidência. Fato é que os latinos (nós) sempre almoçamos juntos. Eles falam francês por minha causa, mas depois alguém começa a falar espanhol e eu faço esforço para aprender. Até entendo, mas respondo em francês rsrs..
Já me acostumei com o chafé daqui. Ah, colega, depois que vc começa a estudar o dia inteiro é necessário tomar um café depois do almoço, senão da um soninho rsrs.. Já virei até cliente do Couche Tard (rede de conveniência daqui). A cada 5 cafés o 6 é gratis.
Em relação à escola acho que é isso. Vamos nos mudar no final do mês, vamos para pertinho do metro (EEEEEEE :D) e já alugamos um caminhão. Vou fazer um post especial contando como foi o procedimento.
Agora tenho q voltar a estudar para não ficar em Débito ! :p



Parabéns pra nós !! Em busca do AEC Canadense !!

2009-04-30T20:11:04.900-03:00

  Passamos no teste !!! Eu vou fazer Comptabilité financière informatisé no CEGEP Bois-de-Boulogne e o Muryllo Dessin assisté par ordinateur no CEGEP Saint-Laurent.
  Dando sequência ao post anterior, escrevi que era necessário fazer uma formação AEC. No caso do Muryllo, que tem Bacharel em Desenho Industrial, o curso será mais para aprender os programas daqui e padrões de medida específicos (polegadas, por exemplo). No meu caso, decidi mudar de área, foi até uma orientação do meu agente d'emploi, já que já tenho um bacharel em informática, estudar contabilidade vem de acordo com os meus conhecimentos. Além disso, quem já pesquisou sobre área de contabilidade no Québec, sabe que tem bastante oportunidade e as perspectivas para os próximos anos são muito boas.
  Gostaria de detalhar pra vcs a diferença entre os diplomas que são oferecidos pelos Cegeps, mas não vou escrever aqui o que não tenho 100% de certeza do que estou falando. O que sei, é que o diploma AEC oferece uma formação específica no período de 14 meses no máximo. Quem quiser mais detalhes, achei esse link .
  Fazer um curso desses é muito bom, pois vc entra "no networking" da sua profissão. Os assuntos giram em torno do mercado de trabalho, o pessoal comenta sobre empresas e vagas. É também uma decisão que deve ser tomada com muita cautela. Veja se pra sua profissão é importante que vc faça um curso desses, pq senão, vai ser perda de tempo.
  O legal dos cursos, é que antes de começarem, todos os Cegeps fazem sessões de informações do curso específico que eles tão oferecendo. Para fazer a inscrição, é obrigatório que vc tenha assistido uma sessão dessa. Nossa, vc deve ta se perguntando o porquê. Porque nessa sessão, a palestrante dá uma folha com todo o conteúdo que será oferecido, explica como está essa formação perante ao mercado de trabalho, como será o teste, etc.. Eu fui assistir a sessão do Muryllo (só pra não ficar em casa rsrs) e ví o nível das perguntas... Tipo, tinha um cara que falou q gostava de desenhar e por isso queria fazer o curso. A moça respondeu com muita objetividade que nesse curso não bastava só gostar de desenho, mas que precisava já de uma bagagem em desenho técnico e tal. Tanto que na prova do Muryllo caiu desenho técnico. Tinha uma face de um desenho e opcoes pra falar qual objeto correspondia (Só quem é da área mesmo). É comum depois de algum tempo na sessão de informação algumas pessoas levantar e ir embora. Já viram que o curso não era pra elas. Melhor descobrir antes do que depois que começar e ter tirado uma vaga de alguém.
   Semana que vem contarei pra vcs as nossas primeiras impressões !! (Isso se não atolarem a gente de trabalhos rsrs)
  E tá calor aqui hein..já estamos saindo de chinelo e bermuda !!

Bisous!