Subscribe: Ainda Conto
http://aindaconto.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
dizer aquele  dizer  ele  faz  fazer  isso  mais  meu  mim  minha  muito  mundo  não  pra  quando  quem  sua  tudo  você 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: Ainda Conto

Ainda Conto



Criado para colocar na internet aquilo que der na telha...



Updated: 2017-11-22T15:30:45.935-03:00

 



As memórias das minhas dores

2014-09-13T06:00:10.829-03:00


As memórias das minhas dores são muitas e quase todas com razões de ser.
As dores d'um hemangioma no pescoço que me deixou uma cicatriz, do primeiro gesso no braço direto, que me livrou de uma prova da escola, de dores no umbigo, oriundos de uma hérnia. 
Dores de cabeça que me assombram desde os 4 anos, dos beliscões por baixo da mesa, das chineladas seguidas de "não fui eu".
Pé na bunda dói! No coração e no corpo! Dilaceram! Chorar até doer a cabeça, sofrer até dormir, soluçar no banho...
O silêncio dói, mas também acalma.
Hematomas contam muitas histórias! Quem bebe sabe! 
Doar sangue também dói, mas essa dor é por uma boa causa...  
Perder a virgindade dói, mas, quem liga???!! Faz parte!
Tatuagem dói! Pra mim são 9 tendendo a 11!
Comer muito amendoim dá dor de barriga. Chocolate também! Quem nunca???!!!
Fazer 200 abdominais dói mas se aquela calça couber, ninguém reclama! 
Rir dói a barriga e a bochecha. E daí???!! Gargalhemos!
Perder dói, mas ganhar faz a gente esquecer tudo o que doeu! 





Reza

2012-10-26T20:03:44.183-03:00


(image)

Pai poderoso, dono de tudo o que é vivo
Cuida dos meus, 
protege e lhes dê paz. 

Pai poderoso, dono de tudo o que nos faz vivo
Cuida de mim e me dê paz.

Pai poderoso, dono de tudo o que se move
Renova a minha fé e me dá chão 

Porque eu preciso seguir.

Pai poderoso, dono de tudo o que se sabe 
Alimenta minha alma e me dá ar 
Porque eu preciso viver e voar. 

Amém!



De quando...

2012-09-25T02:50:26.655-03:00



De quando tudo é silencio
De quando tudo é falta
De quando tudo é zero
De quando tudo é saudade.



Tirar do meu mundo

2012-06-20T12:11:09.209-03:00


Precisei fazer uma faxina na casa
Tirar, do meu mundo,
Tudo o que há de você daqui


Cartas, cartões e carícias
Fotos, filmes e fatos
Letras, livros e laços


Precisei limpar o armário e a alma
Tirar, do meu mundo, 
Tudo o que há de você em mim.



Cotidianamente

2012-06-19T00:50:15.899-03:00


Hoje resolvi fazer tudo diferente.
Levantei da cama e me espreguicei longamente. Acarinhei os cães, fui ao banheiro, lavei o rosto, as mãos e os dentes. Desci e tomei café da manhã lentamente: café com leite e misto quente na sanduicheira. Bati papo com minha mãe e Ana sobre assuntos corriqueiros...
Sentei de frente pra janela e abri o computador. Fiz tudo o que devia. Parei para o almoço em família. Os assuntos mais tolos e incríveis que se pode ter em família. Sobremesa... Afago nos caninos e volta ao computador. De frente para a janela se vê o dia passar... Banho.
A noite chega e dá o tom do fim do dia, do trabalho e do obrigatório.
Jantar em família. Mais tolices e bacanices.
Escrever. Afagar os cães. Ler. Dormir.

Rotina? Pra mim não!



Indo...

2012-06-05T03:07:59.726-03:00







Vou ali, por os pés na areia
Cumprimentar quem passa
Vou ali, por os pés no mar
Cumprimentar quem fica
Vou ali, volto logo
Mas vou...



Sabores

2012-05-31T02:15:03.605-03:00


Era pra ter medo
Azedo
Nó na garganta, embargo
Amargo
Coração que pergunta intrigado
Salgado
Pra viver, se preciso fosse
Doce




Das coisas que doem

2012-04-19T23:10:54.663-03:00


E a vida nos surpreendendo de novo...
A desilusão é golpe certeiro e um tanto difícil de lidar. Perceber-se golpeado, ferido; dar-se conta de quem proferiu o golpe e do tamanho da chaga. Nada disso é fácil.
Se olhar no espelho e enxergar que seus planos ruíram, que seu castelo era de areia e que não há mais muro que o proteja dos bárbaros que teimam em atacar outra e outra vez.
Erguer suas armas. Tentar a defesa. Encarar os fatos ou bater em retirada.

O corte? Haverá de arder um tempo. Haverá de cicatrizar. Mas, se o destino lhe puser à prova e lhe arrancar o tampão da ferida, haverá de se entender que, mais uma vez, vai arder e vai fechar até que lhe venha das entranhas e da alma o seu grito de “basta”!
Saber de todos os clichês de que “o tempo cura”, de que “vai passar” e de que “o mundo dá muitas voltas” ajuda e torna sempre mais fácil acreditar no fim dos ciclos. Ter com quem contar também conforta.
Mas, cada um passa por aquilo que tem que passar...

E então, a vida nos porá contra outras batalhas, outros espelhos.



Desse jeito

2012-03-15T23:29:35.055-03:00

(image) Desde quando me recordo
Nunca fui pela metade
Ou choro que transbordo
Ou rio com vontade

Por muito ou por quase nada
Oscilo entre o concreto e o desejo
Entre uma rosa e uma granada
E entre um tapa e um beijo

Então, mentira ou verdade
Se faz muito evidente
Ou eu morro de saudade
Ou me torno indiferente

Já que é porque importa
E faz muita diferença
Se um tanto te conforta,
É isso, eu sou intensa!



Para o novo!!

2012-02-10T00:45:17.998-02:00




allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="http://www.youtube.com/embed/xupjCmlUR08" width="560">


E quando o nó cegar
Deixa desatar em nós
Solta a prosa presa
A luz acesa
Já se abre um sol em mim maior

Eu sinto que sei que sou um tanto bem maior!!!!



Pra por pra fora

2012-01-25T11:11:47.302-02:00


Hoje acordei com vontade de vomitar.

Levantei-me, olhei no relógio e decidi que esta era a hora.
Hora de dizer pro mundo aquilo que ficou entalado na minha garganta.
Dizer pr'aquele monte de mau caráter que eles perderam e que ainda vão perder muito mais.
Dizer pr'aquele louco que a droga ainda vai matá-lo ou, quando nada, matar seu talento. Dizer que lamento muito pela perda da sua auto-estima e que eu tinha toda razão quando disse que não queria mais participar dessa vida de merda que leva.
Dizer pr'aquele babaca que ele tem que se tratar e que o amor que ele sente por mim é doente, carente e imundo.
Dizer pr'aquele cursinho que ele está longe, muito longe, de ser uma pós graduação.
Dizer pr'aquela cidade, que ela continua odiável e nojenta.
Dizer pr'aquela fulana que tenho pena, mas que ela tem o que merece.
Dizer pr'aquela outra cidade que esta é uma fase negra, mas que daqui a pouco passa, desde que os seus cidadãos saibam o que fazer na hora de votar. E que, ainda que suja, abandonada e negligenciada, tem algum encanto.
Dizer pr'aquele cara que eu o usei.
Dizer pr'aquele mascarado que ele não me assusta, mas que vai se assustar quando se olhar no espelho.
Dizer pr'aquela "amiga" que eu ainda não entendo, mas aceito a decisão.
Dizer pra todos esses que me cercam e que me sugam as energias que não desejo que vão para o inferno. Seria bom demais da minha parte.

Hoje eu acordei com vontade de vomitar. E consegui.

*Foto retirada daqui



Em cima do muro

2012-01-24T11:19:41.573-02:00

Podem me deixar aqui enquanto acharem necessário.
Não me importo.
Andar aqui por cima tem sua graça:
Vejo os dois lados
E vou rindo da sua e da sua cara...
Daqui posso ver
O quanto o seu desespero, de um lado, me alegra
E o quanto a sua desesperaça, do outro, me aterroriza.
Daqui de cima posso sentir o vento que bate no rosto.
Mas, se neste ponto vocês continuam indecisos
E insistindo em me manter onde estou,
Não me paraliso.
Caminho em linha reta, do alto e por cima.
E, tal como um gato,
Me preparo pra pular lá na frente,
Assim que me convier,
Pra abanar a mão e dar tchau a essa chatisse toda!



Do que acontece ao acaso...

2012-01-10T22:41:31.405-02:00







Meu coração é mudo 
E minha razão é surda...
Não se entendem,
Cada um faz o que quer.

Eu?! Eu respiro.
Basta.




*Escrito "sem querer" em um comentário no Facebook... 



Balanço 2011

2012-01-03T23:11:01.188-02:00

Ah! Que balanço o quê?! E eu lá quero fazer balanço do que ficou pra trás?!


Tô a fim mesmo é de saber:
- Ei, você! É você mesmo! Sim, sim! Você, 2012! O que vai ter de bom pra mim esse ano, hein?!


Ah! Porque fazer balanço é muito clichê eu eu tô bem sem saco pra ficar relembrando o que passou!


É isso!




No tribunal...

2011-11-08T16:17:10.766-02:00

(...)¾ Bem... O que você tem a declarar?¾ É como eu havia explicado antes, Senhor Juiz: eu não estava bem, acho até que desequilibrada, quando resolvi me envolver com ele. Não sei quando passou pela minha cabeça que ele me faria bem. Só podia estar louca. É... Acho que foi isso... Estava louca! Não pode ser normal uma pessoa resolver sair pra passear de mãos dadas, ir ao cinema, dormir junto, sonhar, projetar família, querer mudar de casa, de emprego, de amigos... Não com ele! Não estava em minha razão, definitivamente...¾ Sim... Continue...¾ Mas em um momento de muita lucidez e, principalmente, de sanidade, matei. E por isso, pode sentenciar, Meritíssimo. Não mais tenho medo...¾ E como a senhora se considera?¾ Por matá-lo no meu coração?! Considero-me DESculpada![...]



No céu

2011-10-03T22:17:43.021-03:00

O céu se enche de estrelas, e a lua vem sem pressa.
É com ela minha conversa!
Se olho pra uma, descubro as perguntas
Se olho pras outras, me dão as respostas
Porque,
Se olhar pra dentro de mim, 
Descubro você
Que hiberna largado
Num canto escuro do coração
Sem céu, sem perdão.



*Foto minha - julho de 2011



Das coisas do coração

2011-09-15T22:13:33.899-03:00

Eis que de repente me aprumei sentada na cama com a única intenção de falar do que eu sinto.Nunca achei piegas falar de amor, escrever de e para o amor. Não acho feio fazer versos, apesar de não os saber fazer bem. E há quem duvide disso.Mas é que neste momento não me entendo. Não sei o que se passa e nem porque o mundo continua girando, apesar de tudo.Tenho tanto gostar em mim que nem sei por onde começar.É como o primeiro pedaço do bolo de aniversário: tem sempre tanta gente com os olhos brilhando ao redor e esperando por ele que você, parado com o prato na mão, não sabe o que fazer com aquilo.Sim. É difícil escolher. No impulso sou egoísta e, mesmo não gostando do bolo, tenho o ímpeto de que aquele primeiro seja o meu.Nunca dá certo.Se tenho um falha, é a de querer, com maestria, dividir. Divido-me sempre. Na metade, em 2/3, em 5, em 10, em milhões. E vou distribuindo os sentimentos com todos, inclusive, ou talvez principalmente, com quem não merece.Quem sabe esse que não merece, seja o que mais precise e talvez isso explique eu não me importar em dividir?E assim, vou ficando em pedaços, cada vez menores e me desmanchando em migalhas com tudo que sinto.Me espalhando oras em felicidades profundas, oras em tristezas intensas, saio por ai, às pequenas partes de mim, abastecendo aos que se propuserem, seja lá com que intenção.Quase nunca me sobra. E às vezes me falta.Acho que os pedaços em que vou me transformando – e que vão ficando pra trás, me servem pra alguma coisa: se não for para alimentar o outro, ao menos vão marcar o caminho e me levar de volta pra casa.Lá eu sei que posso me recompor.Mas o mundo continua a girar.E eu só queria que parassem com essa rotação nauseante. [...]



Indignação é pouco...

2011-09-01T20:33:51.661-03:00

Era uma vez...Um casal que saiu do país em férias...Ao voltarem, passaram pelo Free Shop de São Paulo para comprar maquiagem e perfumes. Como o tempo sobrava para o embarque, sentaram-se e colocaram suas compras na mala. Embarcaram. Esperando as malas chegarem, repararam que na esteira  havia muitas malas com o invólucro de papel plástico violado. Ué, pensaram! Essa embalagem não vale nada!Quando chegaram em casa, viram que suas malas também tinham sido violadas e “revistadas”.Uma com código de segurança e outra com cadeado comum, douradinho.Foram roubados em uma correntinha de ouro com pingente, nova, outra correntinha de ouro com pingente de madrepérola, de uso constante, que teve o friso que circundava o pingente, arrancado, vários presentinhos de prata, roubados sem a menor cerimônia, com bastante tempo disponível e com conhecimento de causa. Só os objetos pequenos e de valor foram levados. Os que não interessavam, foram jogados de volta na mala.O casal só esperou o nascer do dia para ir à Companhia Aérea dar queixa do ocorrido.Lá foram informados que há avisos nos aeroportos de que não se deve levar jóias na mala e que assim sendo, não haveria ressarcimento nem tão pouco outras quaisquer providências!Foram à Policia Federal para prestar queixa e tiveram a mesma resposta. Nada a fazer. Indicaram a Policia Civil. Lá, fizeram um B.O. e saíram pensando: valeria a pena teimar em reclamar? Para quem? Infraero? Polícia Federal? Ao primeiro, nem foram. O segundo não quis nem saber. Por quê? Porque já sabe?   Mas deveria se interessar, porque assim como abrem e furtam coisas com agilidade e segurança, poderiam também colocar coisas. Ou não? Uma cocainazinha, uns oxizinhos e ali adiante assaltar o otário. Ou isso não aconteceria neste país?E a Infraero? Não deveria saber que nas barbas de todos, alguns dos funcionários do setor de bagagem podem estar compartilhando dessa alta pilantragem?E a Companhia Aérea? Por que não se responsabiliza pelo furto de jóias? E de cuecas, calcinhas, sapatos, ou outras coisinhas que não tiveram avisos de alerta, eles se responsabilizam? Que país é esse, onde há avisos de que, se você levar jóias na mala, vai ser roubado, viu?E  fica por isso mesmo? O que é isso minha gente? Que bando de cordeiros indo para o abate nós somos?Ah, não fica por isso não.Por: Tetê Facciolla[...]



Caquinhos

2011-07-25T20:25:36.298-03:00

Você era futuro
Tornou-se passado
E agora é ausente

Como se faz pra reconstruir?

Como é que se aprende a recomeçar?
Como é pra colar os caquinhos da gente?












Imagem daqui 



2 Comentários

2011-06-15T17:52:45.591-03:00


"Devagar e com jeito, lhe tiro da minha vida como quem raspa com faca a tinta do piso."
       (Lizza Leal) 

*Imagem daqui



Mensagem no céu

2011-04-27T12:13:34.922-03:00


Queria mandar uma mensagem bonita, daquele jeito que a gente faz com capricho, bordando a letra. Mas queria muito que você lesse. Aliás, queria que o mundo lesse.

Pensei de escrever essa mensagem no céu. Pra você ver de onde quer que esteja a qualquer tempo, em qualquer fuso horário... E para isso as letras tinham que ser grandes, garrafais, fonte tamanho 1000. Talvez escrito com as estrelas e que pudessem, por si só, chamar sua atenção. Pensei nas histórias da minha infância: um sinal meio Batman ou meio TunderCats, algo que você visse e soubesse que fui eu que mandei 'plotar' lá: um outdoor estelar!!

É isso! Queria escrever uma mensagem assim, no céu. Só pra dizer, do nosso jeito, que eu SINTO SAUDADE.



Juro que volto!

2011-04-05T22:34:26.769-03:00

Passo por aqui, tenho vontade de escrever...
Passo pelos blogs dos e-amigos, tenho vontade de comentar...

Anda faltando inspiração, tempo... O que não falta é preguiça...

Mas eu volto! Juro que volto!



Para quem é de direito:

2011-02-24T11:03:47.311-03:00


Recado dado, cartão entregue! hehehehehehehe...
Singelo, não?!



Prece

2011-02-15T15:51:23.688-03:00


Deus,
Ando precisada de atenção Sua.
Quero que olhe com carinho o que vai dentro da minha alma.
Ando precisada de sabedoria.
Quero que torne o caminho mais claro.
Ando precisada de acalanto.
Quero poder deitar no Seu colo e receber um cafuné.
Ando precisada que seques meu pranto.
Quero sentir Sua mão enxugando meu rosto.
Ando precisada de calma no coração.
Quero sentir o Seu amor.


Sei que tens muitos afazeres, mas peço que, se não puder me atender, ao menos me permita fazer mais outra prece.


Amém.


*Imagem daqui.



Para agradecer todos os dias!

2011-02-08T21:43:11.473-03:00


A única coisa que dá pra dizer: Obrigada, meu Deus!