Subscribe: TEOLOGIZAR!
http://austrijunior.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
austri junior  austri  brasil  copa mundo  copa  das  dos  está  isso  mais  muito  mundo  nos  não  pessoas  tudo 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: TEOLOGIZAR!

Austri Junior



Pensamento e Reflexões



Updated: 2017-11-01T09:21:36.805-02:00

 



Gentileza gera Gentileza!

2017-09-16T13:50:28.678-03:00

por Austri JuniorJosé Datrino - O Profeta Gentileza"Gentileza gera gentileza!" O Profeta Gentileza, andou pela ruas do Rio de Janeiro, e por todo o Brasil semeando palavras, atos e gestos gentis, às gentes em seu caminho, e deixou para a humanidade um grande legado: "Gentileza gera gentileza!" O grande problema é que nós dificilmente estamos atentos à ensinamentos e sementes tão nobres, que, plantados com profundidade em nossas mentes poderiam gerar árvores frondosas que produziriam frutos e seres humanos maravilhosos. Ensinamentos, pregações, poemas e canções com mensagens frutíferas sempre fizeram parte da vida do homem desde muito tempo. Tantos e quantos profetas, líderes espirituais, poetas, filósofos, artistas..., famosos e anônimos, tentaram nos ensinar como viver e ser melhor mas nós em nossa indiferença, arrogância, desatenção ou crueldade, muitas vezes não nos importamos com "essas coisas idiotas", e pensamos que palavras são apenas palavras. Entre aqueles que estiveram entre nós semeando "palavras de salvação" podemos citar: Jesus Cristo, Sidarta, João Batista, Maomé, Confúcio, Bahá'U'Lah, Gandhi, Luther King, John Lennon, Gentileza... Entretanto, poucos lhes deram ouvidos, e muitos lhes distorceram as palavras. Milhões não os entenderam, e outros milhões sequer, se deram ao trabalho de tentar entender.A primeira vez que ouvi falar do Profeta Gentileza foi em 2011, quando estive visitando amigos no Estado do Rio de Janeiro, e a "história" - ou deveria dizer: estória, por isso as aspas - que ouvi sobre o Gentileza, foi que "ele era um homem muito rico. Um certo dia a sua empresa foi consumida por um incêndio, ele enlouqueceu, e tornou-se um mendigo perambulando pelas ruas da cidade do Rio."  Quanta ignorância!José Datrino era um empresário, proprietário de uma transportadora de cargas. Durante durante o no de 1961 um grande incêndio consumiu um circo na cidade de Niterói/RJ, e ceifou quatrocentas vidas. Datrino - segundo ele mesmo afirmou - ouviu "uma voz astral" em sua mente, que lhe disse que ele deveria abandonar tudo o que tinha, e deveria fazer alguma coisa.  E ele fez! Tornou-se o Profeta Gentileza. Essa era a sua missão. Todos nós temos a nossa. Só precisamos descobrir qual é. Mas precisamos estar preparados, pois vão nos rotular como loucos, imbecis, idiotas, charlatões, hereges...Creio que só conseguiremos ser gentis, com as gentes desse mundo, sob dois aspectos: ou se aprendemos ser gente de bem, ou se nos esforçarmos para sermos gente de bem e do bem. Ninguém nasce amando ou odiando, assim como ninguém nasce racista, xenofóbico, homofóbico. Essas coisas nós aprendemos ou herdamos de alguém, e vamos desenvolvendo-as enquanto vamos vivendo. Se assim não fosse, não precisaríamos de pregadores ou de textos para nos ensinar, nos moldar, nos advertir, nos admoestar, para nos fazer pensar e refletir. Alguém pode dizer: "isto é uma questão de caráter". Penso que ninguém nasce com caráter. Caráter nós construímos enquanto vamos vivendo e aprendendo. Por isso acredito que não existem homens sem caráter. Todos nós temo caráter! Mau, ou bom, mas temos. Então porque homens bons cometem erros terríveis? Atribuo isso, às nossas imperfeições humanas. As nossas imperfeições nos levam ao desvio de caráter. Acredito que muitos que se desviam conseguem voltar. É por isso que precisamos das palavras. Elas podem nos ajudar refletir, pensar, aprender amar e perdoar. Palavras podem nos salvar!Por esse motivo quero fechar esse texto com duas frases do grande poeta John Lennon que morreu assassinado, assim como Mahatma Ghandi, ambos vitimas da indiferença, da violência, da maldade, e da crueldade humana. Lennon nos disse: "Dê uma chance à paz" porque, "tudo o que você precisa é amor. Amor é tudo o que você precisa!" Gentileza pregava: "Aqui se colhe, aqui se planta!" Não podemos esquecer: Palavras podem nos salvar!Visite e siga Austri Junior no Facebook https://www.facebook.c[...]



Seria a corrupção: herança ou inerência?

2017-09-02T11:18:35.131-03:00

por Austri Junior


D. Jão VI

Há quem rejeita a suposta teoria de que o brasileiro é culturalmente corrupto, ou corrupto por natureza, ou ainda, corrupto por herança lusitana. Diz-se muito que a corrupção no Brasil é endêmica desde que aqui Cabral aportou, e a coisa piorou porque trouxeram para o Brasil, os bandidos e ladrões de Portugal, por vários motivos, inclusive para limpar e varrer a bandidagem de uma corte corrupta, que mais trade, sob o jugo de uma invasão Napoleônica, fugiu às pressas da Europa para instalar-se nos trópicos sul americano, e aqui chegando desembestou à vender favores e títulos de nobreza.

Favores! Este é o grande problema da política brasileira. O famoso "é dando que se recebe", ou, "toma lá dá cá". Vemos isto todos os dias, o tempo todo, na mais descarada e deslavada das atitudes corruptas e sem-vergonha que esta nação presencia o tempo todo, à começar pelas maiores autoridades até chegar nos candidatos à presidência comunitária em nossos bairros. Amanhã teremos eleição comunitária aqui no meu bairro, e temos ouvido: "vou votar em tal pessoa porque tal pessoa é muito boa, e ajuda a gente no local de trabalho dela".

Nem vendo, ouvindo e assistindo todo estes desmandos e esta sórdida politica de favorecimentos, compras de votos por apoio político como dos últimos catorze anos, e principalmente nos últimos dias, patrocinados pelo governo Temer, as pessoas não mudam as suas atitudes nefastas. São estas mesmas pessoas, que nas filas dos terminais rodoviários urbanos, nas padarias, nos bares, e nos supermercados, criticam e reclamam da corrupção no Brasil. Difícil de entender? De certa forma não! Há quem defenda a volta do PT e do Lula ao poder.

Não estou aqui à fazer julgamento de caráter, mas fazendo uma provocação para refletirmos sobre se realmente um dia este país saberá o que é viver com o mínimo de corrupção possível, já que viver sem corrupção é impossível, pois corruptos e corruptores "sempre hão de pintar por aí..."

Visite e siga minha Página no Facebook
https://www.facebook.com/AustriJr



The Beatles e eu!

2017-09-01T08:48:43.591-03:00

por Austri JuniorThe Beatles e eu... "Yoko Ono foi realmente a responsável pela ruptura da maior banda de Rock in Roll de todos os tempos?"  Esta é uma pergunta que nunca vai se calar! Estou escrevendo esse texto porque devo uma resposta ao meu amigo Kleber Ronald Correa, que na madrugada do Reveillon 2016/2017, interrogou-me: "Na sua opinião Yoko foi a culpada pela separação do Beatles?". Não consegui responder e concluir o meu raciocínio em meio à tantas ideias e falas sobre o assunto, e em particular, devido à um amigo que literalmente não me deixava falar, tamanha a ansiedade em debater e "saber tudo" sobre o assunto em questão. As pessoas costumam abordar-me à cerca de fatos e assuntos sobre The Beatles porque sabem da minha relação de fã (quase fanático) com a Banda desde os meus dezessete anos (1978), embora tenha tomado conhecimento da sua existência e me apaixonado pelas suas músicas em 1971, aos dez anos de idade.Quem me conhece sabe que não compactuo com a ideia da "genialidade" de "saber tudo" sobre tudo, ou sobre todas as coisas. Em se tratando de The Beatles, menos ainda, pois as estórias por detrás da historia, de tão genial e magnífica Banda vai muito além dos achismos, das lendas, das mentiras... e de tantas outras hipóteses e possibilidades daquilo que ocorreu na trajetória e carreira meteórica dos "Quatro Rapazes de Liverpool". Então vou dizer o que sei, e emitirei a minha opinião pessoal, pois a pergunta à mim dirigida foi: "Na sua opinião Yoko Ono foi a culpada pela separação dos Beatles?". O meu conhecimento sobre o assunto vem das leituras, estudos e pesquisas biográficas, de ler veículos de comunicção à respeito do assunto, de assistir à entrevistas que o John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e o Ringo Starr deram ao longo de suas carreiras, de ouvir quem realmente entende do assunto, de assistir à documentários oficiais, tais como Imagine, Leave in a Material World..., entre outros. Sempre digo: "Para conhecer é preciso ler, estudar, pesquisar. Mas, acima de tudo, é preciso calar-se. Quem fala o tempo todo é incapaz de ouvir, e se não ouvirmos jamais iremos aprender." - É óbvio que enquanto falamos não estamos aprendendo.Aprendi que a Banda The Beatles estava recheada de gênios - não somente Paul McCartney e John Lennon - mas até mesmo o Ringo Starr, à quem damos pouco importância - é sempre assim com o baterista - que tinha a sua genialidade, e importância para a Banda. Eu mesmo costumo cometer injustiças com o Richard Starkey quando não lhe dou os créditos e valor merecido. Há quem diga que o Ringo caiu de paraquedas dentro da Banda, e não é verdade. A origemA composição original dos Beatles era: John Winston Lennon, James  Paul McCartney, George Harold Harrison, e Randolph Peter Best. O que poucas pessoas sabem é que no começo dos anos 1960 a Banda contava também com outro contrabaixista, Stuart Fergusson Victor Sutcliffe, que era amigo de John Lennon. Eles estudavam juntos na Escola de Artes. Sutcliffe não possuia muita habilidade e por isso foi descartado, mas não, sem antes, batizar a Banda com o nome THE BEATLES - Os Besouros. Best era o baterista de uma banda de Rock in Roll residente do Casbah Club, que estava se separando, e imediatamente os Rapazes de Liverpool o contrataram para tocar juntos, e isso aconteceu bem à tempo das primeiras viagens para tocar em turnês em Hamburgo, Alemanha. "Em fevereiro de 1961, a banda fez a primeira de quase 300 apresentações no Cavern Club de Liverpool* e, em novembro, foram vistos pelo proprietário de uma loja de discos, Brian Epstein*, o que foi decisivo, pois ele logo se tornou seu empresário. No ano seguinte, Epstein foi à EMI*, onde se encontrou com o o produtor Gerorge Martin* e, em junho de 1962, os Beatles foram fazer um teste na gravadora. Martin gostou do que ouviu, mas rejeitou o baterista. George, Paul e John, então, começaram a questionar as limitações de Pete Best e decidiram [...]



Os relacionamentos líquidos e as Redes Sociais

2017-01-09T11:38:17.154-02:00

Zygmunt Bauman



“O amor é mais falado do que vivido e por isso vivemos um tempo de secreta angústia ”
O sociólogo polonês Zygmunt Bauman declara que vivemos em um tempo que escorre pelas mãos, um tempo líquido em que nada é para persistir. Não há nada tão intenso que consiga permanecer e se tornar verdadeiramente necessário. Tudo é transitório. Não há a observação pausada daquilo que experimentamos, é preciso fotografar, filmar, comentar, curtir, mostrar, comprar e comparar.

O desejo habita a ansiedade e se perde no consumismo imediato. A sociedade está marcada pela ansiedade, reina uma inabilidade de experimentar profundamente o que nos chega, o que importa é poder descrever aos demais o que se está fazendo.

Em tempos de Facebook e Twitter não há desagrados, se não gosto de uma declaração ou um pensamento, deleto, desconecto, bloqueio. Perde-se a profundidade das relações; perde-se a conversa que possibilita a harmonia e também o destoar. Nas relações virtuais não existem discussões que terminem em abraços vivos, as discussões são mudas, distantes. As relações começam ou terminam sem contato algum. Analisamos o outro por suas fotos e frases de efeito. Não existe a troca vivida.

Ao mesmo tempo em que experimentamos um isolamento protetor, vivenciamos uma absoluta exposição. Não há o privado, tudo é desvendado: o que se come, o que se compra; o que nos atormenta e o que nos alegra.

O amor é mais falado do que vivido. Vivemos um tempo de secreta angústia. Filosoficamente a angústia é o sentimento do nada. O corpo se inquieta e a alma sufoca. Há uma vertigem permeando as relações, tudo se torna vacilante, tudo pode ser deletado: o amor e os amigos.
“Estamos todos numa solidão e numa multidão ao mesmo tempo”. Zygmunt Bauman



Não teve golpe. Haverá impeachment!

2017-09-01T10:08:41.078-03:00

É certo que a presidente Dilma não está sendo cassada por corrupção, pois nada foi provado contra ela (ainda). O processo a admissibilidade do impeachment (que virou "IMPÍTIMÁ"), trata-se de crime de responsabilidade fiscal. Mas porque a Dilma cometeu crime fiscal? Com certeza não é porque ela é "boazinha", cobrindo os gastos dos programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida. por Austri Junior O que diriam pois os nossos grandes políticos do passado? Estamos vivenciando nesses últimos dias uma batalha intensa entre os brasileiros de bem que despertaram e não aceitam mais a corrupção nesse país tão amado e tão sofrido, contra um governo fraco, cuja presidente, uma senhora incompetente, conivente com a corrupção e extremamente débil no que se refere à gestão governamental, pelo fato de que nunca ocupou um cargo de gerenciamento público - prefeitura ou governo de Estado. Fabricada por um ser inescrupuloso, manipulador, arrogante, "arruaceiro" - como era classificado o ex-presidente Lula, pelo então saudoso Leonel Brizola, que, se vivo fosse, certamente estaria estarrecido com as manobras e conchavos políticos do "sapo barbudo" - outro adjetivo que ele usava ao referir à esse sindicalista que enganou o Brasil, e depois como ele mesmo se revelou, não passa de uma "Jararaca", e como ele mesmo disse: "Nós fazemos o diabo para ganhar as eleições". E fizeram mesmo. Fizeram misérias, e deixaram o país na miséria! Sempre que vejo essas manobras, desmandos e desventuras lulistas, petista e dilmistas, não consigo deixar de pensar o que pensariam os grandes homens públicos como o Dr. Ulysses Guimarães, Dr. Tancredo de Almeida Neves, e até mesmo o Governador Mario Covas, que, apesar de adversários políticos do Lula, o respeitavam com todos os seus grandessíssimos cavalheirismos.A Dilma é INCOMPETENTE e ARROGANTE! Governou sozinha,  gastou dinheiro que não tinha e não deveria ter gasto, e não submeteu ao Congresso Nacional as contas que deveriam ser pagas. Mas porque? Talvez ela estivesse tentando esconder algo, ou estava escondendo pelo menos a maquiagem que o Lula, antes dela, e depois ela mesma fizeram na política econômica para vencerem as eleições de 2014. Talvez estivesse escondendo também os rombos nas contas pública, não somente pela incompetência como gestora, mas pelos roubos que se sucederam na Petrobras, e isso sem falar nos desvios de dinheiro por conta da corrupção generalizada, não somente na Petrobras, com a compra da Refinaria de Pasadena - que foi uma "ação entre amigos", mas também, aquele dinheiro todo que foi para o Porto de Mariel, em Cuba (enquanto os nossos portos e aeroportos estão caindo ao pedaços), bem como para os países africanos, onde as empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato tinham negócios, e esse dinheiro voltou em forma de propina e corrupção.O desgoverno Lula-Dilma Rousseff  vilipendiaram o Brasil e as contas públicas. Quebram a Petrobras, sacaram dinheiro sem fim no Banco do Brasil, na Caixa Econômica Federal, no BNDES, afundaram os Fundos de Pensão - ao todo, o golpe financeiro reúne um montante de mais de 3 Bilhões de reais, incluindo o Fundo de Pensão dos trabalhadores da Caixa Econômica, Banco do Brasil e da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - Correios. Todo esse dinheiro foi usado para investir em Cuba, na Bolívia, e na Petrobras venezuelana que foi roubada pelo Evo Morales, e o governo brasileiro não fez absolutamente nada. Teria sido uma doação por debaixo dos panos para o Ditador Evo Morales, que assim como Lula, os irmãos Castro e Hugo Chaves, se apresentaram como salvadores da pátria e libertadores do povo e depois revelaram os ditadores comunistas e socialistas que escondiam dentro de si, como são todos os governantes populistas, socialistas, comunistas? A história registra ao longo da sua existência, exemplos nefastos de governantes[...]



Maldição e heresia...

2016-03-10T19:25:11.965-03:00

por Austri Junior* HEREGE e AMALDIÇOADO! (Esses são alguns dos termos com os quais tenho sido 'premiado' e 'classificado'. Para pessoas assim tenho uma REVELAÇÃO: Maldizer alguém é conhecido popularmente como 'FOFOCA'. Diante de tal esclarecimento pergunto: és tu uma pessoa fofoqueira, ou fofoqueiro, que amaldiçoa as pessoas, lhes mal dizendo, ou afirmando que tal pessoa ou tal casa é amaldiçoada?)  MALDIÇÃO As pessoas de mente obscuramente ignorante e de língua comprida e 'nervosa' estão sempre a pensar e dizer asneiras, sem conhecimento suficiente, sem perceber que estão prejudicando, e muitas vezes machucando outras pessoas. À isso chamamos: 'MALDIÇÃO'! Maldição significa 'dizer mal de...' Falar mal de...' Há quem diga: 'fulano parece que possui uma maldição. Tudo que ele põe a mão quebra.' É bom lembrar à essas pessoas, que tudo na vida tem prazo de validade e vida útil: o carro sofre pane quando está rodando, e sempre que estamos dirigindo estamos correndo o risco de colidir, ou de sermos abalroados. O liquidificador, o micro-ondas, a televisão, o ventilador... quebram quando estão ligados. O gás de cozinha acaba quando estamos cozinhando, assim como o combustível do automóvel, e tantas outras coisas, que tem a sua vida útil interrompida quando em pleno funcionamento. Assim também somos nós, os seres humanos: a nossa vida útil tem prazo de validade, e danifica-se e encerra-se enquanto estamos vivendo. Já diz o ditado: "Para morrer, basta estar vivo!" . Isso quer dizer que tal pessoa, ou tal casa está amaldiçoada? Vejam a que ponto a ignorância e a religiosidade levam as pessoas, incluindo pessoas com educação de nível superior, que na realidade não passam de mentes inferiores. Necessário se faz discernir o que realmente é maldição, assim como, o que é a heresia. HEREGEHerege é um termo que não me incomoda. Para mim, ser classificado como 'herege' é realmente um elogio. Aliás, os meus amigos mais íntimos sabem que na faculdade, os meus apelidos eram: 'herege' e 'homem biblioteca'. São dois apelidos dos quais me orgulho muito. Sou Teólogo, e enquanto teólogo a minha função é estudar, analisar, questionar..., a bíblia, as religiões, seus dogmas e doutrinas. Diferentemente do religioso ignorante que aceita tudo o que houve e que não consegue interpretar com clareza o que a bíblia está dizendo, o Teólogo é o estudioso que mergulha nos textos em busca da verdade. Àqueles que os religiosos cegos chamam de hereges, eu chamo de PROFETAS! Os verdadeiros profetas, aqueles do Antigo Testamento. Lembram-se? Eles eram os 'caras' que observavam e detectavam as mentiras, os desmandos, os enganadores do povo como Davi, por exemplo, e os denunciavam. Lembram-se de Samuel? Samuel não teve medo de mostrar que Davi era um calhorda, hoje amplamente idolatrado por muitos cristãos. Hoje em dia, os 'profetas' são os que enganam, os que roubam o povo, os que fazem adivinhações (ou tentam), como Balaão. Para os que ainda não sabem, o Verdadeiro Profeta é aquele denuncia, e não aquele que fantasia.*** Agora deixo-vos a cópia de um texto que escrevi há algum tempo sobre um suposto apóstolo que afirmou que a Maionese Hellmann's é do 'diabo': Valdemiro Santiago proíbe fiéis de comer maionese Hellmann'sComentáriopor Austri JuniorRevisto e atualizado em 27/02/14as 08h:53minO cúmulo de todos os absurdosO Blog Sacizento publicou um texto retirado do Blog Jesus Bom Pastor, onde Waldemiro Santiago (que se diz "apóstolo") proibiu os membros de sua instituição, de comprarem e ou consumirem a Maionese Hellmann's. Vamos ler o texto e em seguida farei os meus comentários:Waldomiro Santiago proíbe fiéis de comer maionese entendaVocê passaria o satanás no seu pão? Colocaria ele na sua salsicha?Em seu último discurso o apóstolo Waldemiro Santiago proibiu seus discípulos de comprarem, consumirem ou a[...]



Filhos, um tesouro inestimável!

2015-11-25T21:51:33.023-02:00

por Austri Junior Para a grande maioria dos pais os filhos são o seu tesouro, e não poderia deixar de ser diferente. Evidentemente cada pessoa cuida desse tesouro segundo a sua cosmo visão, e os valores e princípios éticos, morais, sociais, religiosos…, que herdou dos seus pais, e de acordo com o conhecimento que adquiriu ao longo de sua caminhada pela vida. Pessoas com crenças e valores religiosos educam os seu filhos segundo as suas convicções e experiências religiosas. As pessoas que cultivam outros valores agirão da mesma forma, e ambas, estarão sempre buscando aquilo que pensam ser o melhor para os seu filhos.Ao buscar o que é melhor para os filhos, os pais dão o seu melhor, fazendo o que podem, e muitas vezes até mesmo o que não podem, e isso vai da área financeira, à educação acadêmica e social. Dar o melhor para os filhos não significa enchê-los de mimos e falta de limites, muito menos o fornecimento de celulares para crianças de cinco anos de idade, ou abandoná-los à própria sorte, acompanhados de jogos eletrônicos, tablets e computadores, sem nenhuma orientação e supervisão, tenham as nossas crianças a idade que tiverem. Filhos são tesouros inestimáveis, e devemos cuidar dos nossos filhos muito mais do que cuidamos das nossas joias, automóveis, cartões de crédito, contas bancárias…Cuidar bem dos nossos tesouros, envolve a valorização dos profissionais capacitados para cuidarem das nossas finanças como por exemplo, os gerentes de contas e investimentos, corretores de títulos e capitalizações, corretores de imóveis… Nós não levamos o nosso automóvel, novo, velho, antigo ou clássico à uma oficina mecânica meia boca, ou “boca de porco”. Os pais que têm condições financeiras boas pagam caríssimo por uma educação  em escola particular, ou em uma creche. Mas vemos também, alguns pais que apesar de dar aos seu filhos as melhores roupas, os melhores alimentos e artigos necessários para o cotidiano da criança, preferem pagar uma mixaria ao que chamam de babá, para não pagarem um salário justo, digno, e para fugirem dos impostos e encargos. Valorizar os profissionais que cuidam do nosso tesouro significa cuidar bem desse tesouro.O que mais me espanta são os pais que confiam os cuidados dos seus bebês à pessoas despreparadas. As consequências médias – e não menos perigosa para a criança – é sofrerem agressões e maus tratos. Infelizmente isso acontece em todos os lugares: dentro de casa ou nas instituições públicas, ou privadas e infelizmente isso foge ao nosso controle. Mas o pior que os pais podem oferecer aos seus filhos, é confiá-los aos cuidados de pessoas com sérios problemas de ordem, psíquicas e emocionais, sem se dar conta de que os seu filhos estão correndo um grande risco. O mínimo que pode acontecer à criança é absorver uma personalidade doentia, esquizofrênica, conturbada, que pode causar grandes consequências que poderão se manifestar mais tarde em forma agressividade, ou de submissão, ou insegurança…, o pior, é que em um momento de surto psicótico aquela pessoa pode matar o seu filho, sem se dar conta do que está fazendo ou acontecendo, e então será tarde demais. Precisamos cuidar bem dos nossos tesouros, amá-los, protegê-los…, eles não têm preço, e os seus valores são demasiadamente inestimáveis.[...]



Se não priorizarmos a vida, só nos restarão as crises e o caos para serem administrados.

2016-02-15T10:28:30.274-02:00

por Austri JuniorO mundo sempre esteve envolvido em crises e em conflitos. Tudo o que estamos vendo acontecer no oriente médio nos dias de hoje não é nenhuma novidade, mas isso não diminui a gravidade do problema, pelo contrário. Pelo fato de que o mundo se torna cada vez mais um lugar hostil para vivermos e criarmos os nossos filhos, é que não conseguimos olhar para a situação dos refugiados sírios sem nos sensibilizarmos e sofrermos com eles. À isso chamamos solidariedade, misericórdia, compaixão... Todo ser humano deveria ter direito à paz ao invés de conflitos. Todo ser humano deveria ter na consciência (mente) a solidariedade, e no coração (alma, sentimento) a misericórdia e a compaixão... Mas, para muitos, ao lerem essas palavras poderão retrucar: "filosofia barata!"E porque  a solidariedade, a compaixão e a misericórdia, que deveriam ser prioridades nas relações humanas, tornaram-se parte dos discursos religiosos, muitos tendem fechar os olhos e as mentes (as portas e as fronteiras) para as situações mais graves que envolvem crianças inocentes, idosos frágeis, mães desesperadas, pais impotentes, que vivem um caos social e um pesadelo infernal que para eles parecem não ter mais fim.Foi por causa de atitudes como essas que o nazismo instalou-se na Alemanha, infiltrou-se na América Latina, e quase dominou a Europa. Quando olho para a situação dos refugiados sírios hoje, a minha mente é remetida ao passado, e o que vejo é uma situação semelhante àquela que desencadeou o maior ato de ódio xenofóbico contra os judeus alemães, poloneses e austríacos, que acabou gerando o maior genocídio de todos os tempos.Para alguns pode ser exagero da minha parte, mas para aqueles que estão sendo rejeitados, presos, derrubados por repórter com uma rasteira, enquanto tentam escapar para a vida, carregando no colo um criança assustada, e sendo tratados como animais selvagens, com certeza as minhas palavras farão muito sentido. É por isso que a Alemanha de Angela Merkel tenta acolher como pode, essas famílias desesperadas, mas o povo alemão já não está mais apoiando a atitude da sua Chanceler, como no início. Lembro-me de que a história mostra que Adolph Hitler tinha o apoio da maioria do seu povo, para as atrocidades que cometeu, permitiu, e autorizou, contra a humanidade, e em seus crimes de guerra.As relações cordiais há muito tempo perderam lugar para o ódio, para o racismo, para o medo, para a xenofobia, para o egoísmo e para a intolerância religiosa. Os seres humanos, desumanamente estão voltando ao seu estado mais primitivo, e a prova disso são as construções das cercas construídas em nações divididas por ideologias, que separam famílias dentro da sua própria pátria, e não somente isso, mas temos também as cercas que separam nações e excluem pessoas. Palavras como compaixão e misericórdia soam como discursos religiosos para os incrédulos, filosofia barata para os intelectuais frios, apelo e chantagem emocional para os racionalistas, e infantilidade para os que se julgam visionários maduros, e analisam tudo apenas do ponto de vista político, jurídico e  econômico. A verdade é que, se não houver o mínimo de sensibilidade à vida e aos valores humanos nenhuma política e economia poderá ser considerada, pois a organização de uma nação se faz com gentes e para as gentes. Sem pessoas não haverá nenhuma sociedade organizada, o que sobrará para o mundo resolver e administrar serão apenas o caos, as guerras e as crises humanitárias. Já estamos vivenciando isso!Postado originalmente no Blog Austri Junior em 02.11.2015 TagsRefugiadosCrise na Síria[...]



Crise?!

2015-10-09T09:20:54.856-03:00

por Austri JuniorTenho ouvido falar que CRISE é a palavra do momento. Com certeza, a crise é a palavra mais falada, atualmente no Brasil. Porém, crise é uma palavra que raramente deixou de ser dita ou ouvida por aqui, porque nunca antes na história desse país, se viu tanta crise - assim deveria dizer o ex-presidente Lula, pelo fato de que a sua vida toda ele criticou as crises econômicas, financeiras, e sociais, e se elegeu e levou o seu partido político ao poder, com esse discurso, enganando milhões de brasileiras e de brasileiros. Quando o Lula e o PT eram oposições as crises existiam, mas possuíam um tamanho muito menor. Hoje, elas cresceram e ficaram muito mais fortes, ampliando as suas dimensões, tanto em tamanho, quanto em quantidade. Ao ler o Best Seller, 1808 de Lurentino Gomes, pude observar o que já sabia: crise moral e ética no Brasil é cultural, assim como a corrupção. Dom João VI trouxe para o Brasil, a corte mais corrupta da Europa, e aqui continuou corrompendo, e deixando a corrupção por parte de seus auxiliares correr Solta. Outra coisa que me ocorreu ao ler essa obra fantástica do autor, é que, através da sua narrativa a cerca do Brasil do passado, pude entender melhor o Brasil do presente. Toda essa crise moral, ética, de ausência do estado..., sempre esteve por aqui, e agora com maior e pior intensidade.É de se envergonhar ao ver um governo, débil, fragilizado, corrupto, incompetente..., fingindo fazer reformas Ministeriais, e talvez seja impossível mesmo, reformar um ministério com 39 pastas, e por ter que agradar aos sanguessugas e vampiros como o PMDB, por exemplo, só excluiu 8 pastas, restando ainda 31 delas, quando pelo menos mais 8 pastas ministeriais poderiam, e deveriam ser excluídas. Também é vergonhoso, ver um governo que gastou mais do que arrecadou, e que manipulou e maquiou a economia para vencer as eleições, se debater para anular, adiar e desacreditar o julgamento das suas contas, do ano de 2014. Um governo que só colhe derrotas, e que vai deixando atrás de si um legado miserável ao seu povo.Em plena crise moral, financeira, econômica..., o governo que deveria estar cortando gastos, liberou quase 843 mil reais para financiar um documentário sobre a vida do Deputado Jean Willys, enquanto está cortando os recursos e verbas da educação e da saúde. Então pergunto: a CRISE é para quem mesmo? Certamente a resposta todos nós sabemos: a CRISE é somente para nós, que pagamos as contas. As nossas contas com reajustes altíssimos, e as contas de um governo corrupto, incompetente e cruel para com o seu povo.Se eu fosse um desses "teólogos" que espiritualizam tudo, eu encerraria esse texto com o seguinte versículo bíblico: "Feliz é a Nação, cujo Deus e o Senhor" (Sl 33:12), que é muito válido, é claro, e assim está dito. Mas preferi encerrar com a citação do mestre e filósofo chinês, Confúcio, que em sua sabedoria nos disse: "Um governo é bom quando faz feliz os que vivem sob ele e atrai os que vivem longe." Assim sendo, deixo-vos essas últimas frases aqui nesse post para a nossa reflexão sociopolítica, para que todos nós possamos nos lembrar de tudo o que está acontecendo agora, na hora de votar.[...]



Estações!

2015-07-06T19:12:15.912-03:00



Sentir o odor das flores
Desabrochando sua beleza,
No esplendor da primavera...
Sentir o calor do teu corpo
Aquecendo a minha carne
No gélido frio do inverno,
Sentir o frescor da chuva fina
Refrescando a minha pele
No fogo tropical do verão,
Sentir a brisa mansa
Tocando minha face,
Fazendo flutuar
As folhas secas no outono,
Faz sentir-me vivo,
Desfrutando o que a vida
Me trouxe de melhor: Você!



Um "Velho" abandonado...

2015-07-02T20:14:00.988-03:00




Estou sofrendo, agonizando!
Agonizando em dor de morte,
Uma morte anunciada,
Há muito tempo esperada.
Quanto fiz por essa terra,
Tanto fiz por minha gente.
Recebi em troca descaso, desprezo...
Abandonado e escasso
Minha vida não tem mais peso.
Fui forte, limpo e viçoso.
Hoje estou fraco, sujo, nebuloso...
Minha silhueta encantava.
Agora, apenas me contento
Com os restos que sobraram.
Choro a saudade
Dos tempos de outrora,
A fartura do que falta me devora.
Nem as minhas aguas
Matam a minha sede.
São poucos os que enxugam
As minhas lágrimas...
Abandonado, amargurado, exilado,
Sou um velho agonizando...
Sou velho mesmo!
Eu sou o "Velho Chico",
Aquele cuja fonte está cessando,
Esperando por cuidados
Que não veem,
E que talvez jamais virão.
Enquanto os governantes
Assolapam o planeta em decomposição,
Praticando a maldade da corrupção,
Eu aqui fico esperando
Por alguma solução.
Sou um velho abandonado...



Quão verdadeiramente é a importância de um educador para uma nação que almeja o respeito junto à comunidade internacional?

2015-06-29T18:49:49.269-03:00




No Brasil existe um movimento negativo por parte de algumas pessoas para diminuir ou minimizar a importância do professor/educador, desvalorizando não somente essa classe trabalhadora, mas a importância dos educadores.

Os primeiros são os políticos, que nunca pagam o suficiente ao educador. Em segundo lugar são os técnicos que nunca colocaram os pés em uma sala de aula. Em terceira posição estão os próprios professores, às vezes por serem preguiçosos, ou, por não gostarem do que estão fazendo. Mas em geral por inveja de seus companheiros, quando os mesmos ganham um prêmio, ou se destacam de alguma forma. E, por último, são os ignorantes, que não têm a mínima ideia do que é ser educador.

Educação não se faz sem educadores! Se um educando é premiado, sinal de que foi orientado por alguém, e esse alguém pensou, planejou e trabalhou duro. O Educando tem seu mérito, mas a educação só pode ter sucesso se for trabalhada em equipe. Educadores, educandos, orientadores e a comunidade escolar como um todo. Ninguém é uma ilha, e precisamos uns dos outros para que o sucesso possa acontecer.



Intolerância religiosa e social, o absurdo dos absurdos!

2015-06-25T21:26:30.181-03:00

por Austri JuniorQuem sempre acompanhou o  Blog sabe que gosto de fazer perguntas, e considero o fato de que saber quais as perguntas devem ser feitas, o mais importante é saber  as respostas para essas perguntas, embora não saibamos todas as respostas. Pensei em começar esse texto com a seguinte pergunta: "o quê  está acontecendo com a humanidade?" Entretanto me dei conta de que já fiz essa pergunta inúmeras vezes, e mais: todos nós sabemos muito bem o que está acontecendo com a humanidade. Também já disse aqui, inúmeras vezes que a humanidade está caminhando por vias da violência e dos desafetos porque as pessoas e as famílias se afastaram de Deus. Apesar de haver alguma verdade nisso, quero desdizer essa fala, e fazer algumas ressalvas:1) Conheço ateus e agnósticos, que são pessoas maravilhosas, cheias de amor e de respeito pelo ser humano e pela vida; 2) Conheço homossexuais e usuários de drogas sem vinculos com nenhuma espécie de religião, que são muito mais espiritualizados que muita gente que vive dentro das igrejas, orando, e que andam com a famosa "rapadura" nas mãos;3) Conheço pseudos e supostos cristãos que não são referência para nada e para ninguém. Muitos "cristãos" que conheço, comparados àqueles que eles discriminam e excluem com discursos religiosamente doentios, alegando questões de sexualidades e questões religiosas (porque estão citadas na bíblia) cujas sandálias em seus pés, muitos não são dígnos de desatar.Quanto mais a humanidade avança em conhecimento acadêmico, científico e tecnológico pior vão ficando. O conhecimento e o desenvolvimento estão viajando tão rapidamente (poderiamos exageradamente dizer que à velocidade da luz), enquanto a humanidade está retrocedendo à idade das trevas. Católicos e evangélicos são rivais doutrinários. Os primeiros acusam os seus "irmãozinhos separados" de hereges, que em contra partida os acusam de idólatras, mas que se unem na contra mão do respeito, do amor ao próximo e da liberdade indivudual para    rechaçar os homossexuais e tolher os seus direitos enquanto seres humanos, indivíduos e cidadãos que pagam os seus impostos como outra pessoa qualquer, porque "a bíblia diz que eles não herdarão o reino dos céus." Ontem mesmo li em um  post no Facebook de uma pessoa amiga, algo mais ou menos assim: "À Deus cabe julgar. Ao Espírito Santo, a reconciliação, e nós só temos que amar". E a pessoa, sábiamente escreveu no status do seu post: "Nós ficamos com a parte mais fácil". Então comentei: "E infelizmente nós escolhemos o ódio". Odiar! É isso que a humanidade tem feito ao longo dos séculos, com ou sem Deus, com ou sem Cristo, com ou sem religião, com a educação e sem a educação. Concordo que, quanto mais afastados desses elementos algumas  pessoas estiverem, pior ficarão. Mas ainda nos assustamos quando vemos uma menina de 11 anos de idade ser apedrejada porque foi à uma Festa no Camdomblé. Mas não é somente isso... Tal atitude nefasta e fanática, causa indignação nos corações e mentes capazes de amar, respeitar e solidarizar-se com os outros seres humanos. Esse ato impiedoso, desrespeitoso, energumeno e infame, é tão cruel e doentio quanto os atos terroristas que o Estado Islâmico pratica, degolando jornalistas e crianças cristãs no oriente. E é tão inaceitável quanto!Tem muita coisa errada e ruim acontecendo debaixo do nossos narizes e das nossas barbas, na sociedade, no governo, nas igrejas, no mundo, no Congresso Nacional Brasileiro..., É a bancada evangélica que se envolve em corrupção, são pastores* roubando as ovelhas, pastores* abusando sexualmente de crianças, é Jair Bolsonaro e Marco Felic[...]



Triste Copacabana!

2015-07-02T20:21:21.258-03:00

 por Austri Junior 

Copacabana ontem:
Copacabana das canções e poesias,
Compacabana bacana
Copacabana bonita.
Copacabana cultural:
Lugar de manifestações intelectuais e políticas
Palco dos artistas.

Copacabana hoje:
Copacabana abandonada,
Copacabana vazia...
Copacabana espoliada
Por bandidos e malandros
Copacabana negligenciada.
Copacabana relegada à própria sorte,
Deixada para trás...
Copacabana,
Palco da morte.
O que era um prazer para as gentes,
Para os compositores, cantores, artistas...
Traz em seu bojo,
A morte de toda sorte de gentes:
Médico, atleta, transeuntes, turistas...
Copacabana triste!

Em seu peito,
Na escuridão da noite,
E mesmo à luz do dia,
Ouve-se com amargura, o grito:
TRISTE COPACABANA!

Atualizado às 20:21hs



Educar os filhos em casa...

2015-04-15T11:07:07.225-03:00

por Austri JuniorTemos visto nos últimos anos uma grande polêmica sobre as vantagens e desvantagens de se educar os filhos em casa, ao invés de educá-los na escola. Sobre tudo, a polêmica vai muito mais longe: discute-se também a legalidade desse fato, e, acima de tudo, a capacidade dos pais em assumirem a educação acadêmica dos seus próprios fihlos. Entre as causas responsáveis pelas escolhas dos pais em educarem os seus filhos em casa estão as ideologias das escolas, as drogas, a violência, o bullying...Se me perguntarem se sou contra ou a favor de que o próprios pais eduquem os seus filhos em casa, eu diria sim. Entretanto, a situação é realmente complicada, pois essa cituação exige disciplina, compromisso dos estudantes e dos pais, e sobre tudo, exige a capacitação dos pais e nem todos estão preparados para exercerem essa honrosa função de educador acadêmico - e muitas das vezes, alguns pais não possuem a mínima capacidade de exercerem a função de pais, por serem extremamente permissivos e não saberem impor limites aos seus filhos. Pais assim, comprometeriam o aprendizado dos seus filhos-alunos.Penso que a preocupação dos pais em manterem os seus filhos longe das drogas e da balbúrdia que é a escola pública é muito válida. Quanto à "ideologia", escola pública não possui ideologia, e isso é mais perigoso ainda, pois como educador tenho visto evangélicos, católicos, espíritas..., tentando impor as suas ideologias religiosas dentro das escolas por onde passei, apesar de o Estado e as escolas serem laicos. Será?Algumas escolas de confissão religiosa costumam doutrinar os seus educandos, aproveitando a disciplina Ensino Religioso. Nas escolas públicas, são os professores mal preparados, que puxam a sardinha para as suas brasas, quando lecionam o Ensino Religioso Escolar. Por isso a polêmica e o questionamento: "O Ensino Religioso Escolar é realmente necessário?" Concordo que os pais ateus não aceitem a doutrinação dos seus filhos em alguma confissão de cunho religioso, concordo que os pais evangelicos não queiram que os seus filhos tenham doutrinação católica, e, acima de tudo, concordo que os pais católicos também não queiram que os seus filhos sejam dourinados por loucos e fanáticos evangélicos, e isso vale para todas as religiões ou manifestações religiosas contrárias ao que esses pais acreditam, embora não deveria ser assim, e embora, o verdadeiro ensino religioso nas escolas públicas não deveriam ter cunho religioso nenhum, pois deveria ser ensinado sob o ponto de vista das Ciências das Religiões (ou no singular, se assim preferirem os leitores). Esse é apenas um dos pontos de vistas desse assunto tão polêmico.A verdade é que no Brasil não há lei que regulamenta a questão da educação acadêmica das crianças e adolescentes no seu próprio domicílio residencial e pelos pais. Alguns especialistas em educção são contra a educação acadêmica em casa, alegando que "a criança e o jovem precisam socializar..." Se eles conhecessem de fato o contexto social dentro da escola pública talvez mudassem de ideia. Hoje ouvi no rádio uma noticia sobre uma adolescente de desesseis anos que foi aprovada no ENEM e foi aprovada em uma universidade particular para cursar jornalismo, e que teve a sua educação acadêmica dirigida e coordenada pelos próprios pais em casa, e que corre o risco de parar de estudar, porque o MEC entrou na justiça contra a moça para impedi-la de estudar por não ter frequentado uma instituição educacional nos ensinos fundamental e médio. Absurdo da "PATRIA EDUCADORA", que mais des-educa, do que qualquer outra coisa, inclusive com exemplos d[...]



Sem você , tudo em mim é incompleto...

2015-01-18T23:18:56.409-02:00

 Por
Austri Junior


Tudo fica muito difícil,
quando você não está aqui.
Quando você não está aqui,
sempre me perco choro, sofro...
porque você me completa...

E, se não estás aqui,
sinto-me pela metade...
Você é a parte que falta em mim
e o todo que me completa!



Por que existem pessoas do mal?

2016-11-15T13:03:02.544-02:00

Comportamentopor Austri JuniorÉ de tirar o fôlego, quando paramos para observar a multidão de pessoas que sentem prazer em infernizar as vidas dos que estão à sua volta. O que leva uma pessoa à esse extremo da vida? Seria essa pessoa, um ser mal amado, mal educado, de mau com a vida, ou um ser mau mesmo? Pessoas dessa estirpe estão sempre provocando as outras pessoas com charadas, mensagens indiretas e ate mesmo diretas. Vivem pelos cantos falando mau dos outros, fazem oposição à tudo e à todos, simplesmente por fazer, mas com o objetivo de denegrir, incomodar, atrapalhar, derrubar..., num ato de "puxar o tapete do outro". É de tirar o sossego do outro, pois atitudes negativas e nefastas como essas, incomodam as pessoas de bem.A convivência com  pessoas no trabalho, na família, nas igrejas..., em toda a sociedade seria muito melhor se todos fossem pessoas do bem e de bem. De bem com a vida, com o mundo, com as pessoas, e consigo mesmas. Para nos relacionarmos bem com os outros precisamos estar bem conosco em primeiro lugar. É preciso que nos amemos, para que os outros nos amem, caso contrário, nos tornaremos mal amados, e mal amaremos os outros. Mas, desde que o mundo é mundo e as pessoas são pessoas, isso é impossível. E infelizmente, vamos ter que conviver com gente ruim a vida todaNa vida é preciso construir e caminhar. Caminhar em paz conosco para caminharmos em paz com os outros, e construirmos bons relacionamentos. Construir bons relacionamentos significar construir pontes e não muralhas. Quando fazemos uma caminhada sadia, nos tornamos pessoas saudáveis, com quem todos querem estar, conversar, se divertir, caminhar... As pessoas envolvidas em quizilas não são bem vindas em nenhum lugar da sociedade e no coração de ninguém, há não ser de gente ruim como elas mesmas. Gente assim, provoca o outro ao máximo para que esse desça ao seu nível, que é um dos mais baixos na escala dos relacionamentos humanos. Certamente, essa não deve ser a postura de pessoas de bem: de bem com a vida, de bem consigo mesma, de bem com Deus, de bem com a sociedade, de bem tudo e com todos... Essa com certeza, não deveria ser a postura de uma pessoa que ocupa a função de educador, de sacerdote..., e não deve ser a atitude de ninguém.As pessoas que agem com pirraças, baixarias, que tiram o sossego dos outros, que procuram encrenca, fofocam o tempo todo, puxam o tapete dos outros, jogam as pessoas umas contra as outras, perseguem os colegas de trabalho..., são pessoas de bem com o mau e com o mal. Como dizem por aí: "são mensageiras de satanás!" E não existe definição melhor, pois satanás significa adversário. Pessoas perversas incomodam por demais... Não dá para ser satanás o tempo todo. Isso cansa! Melhor mesmo é ser e estar de bem com o bem!Visite e siga a minha Página no Facebook - Austri Junior Acesse o link: https://www.facebook.com/austrijunior[...]



A Copa do Mundo no Brasil - VI Parte (Ainda não acabou)

2014-07-12T02:47:44.261-03:00

Por Austri Junior Nunca fui fã de futebol, aliás, até pouco tempo atrás eu detestava futebol, eu só assisto futebol de quatro em quatro anos, e, nas duas últimas Copas do Mundo eu torci contra a Seleção Brasileira de Futebol - mas nunca torci contra o Brasil. Não há motivos para torcer contra o Brasil em nenhuma situação ou circunstância, há não ser que não amemos a nossa nossa pátria, e são nesses momentos confusos e perturbadores que nos perdemos e nos tornamos muitas coisas, entre essas coisas, podemos incluir: contraditórios, irracionais, intolerantes, cegos, pessimistas, eufóricos, extremista, radicais, críticos, apáticos, simpáticos, sentimentais... A lista é realmente muito grande, e podemos ir de um extremo ao outro em menos de um segundo.Eu nunca joguei futebol - nunca consegui aprender a arte de dominar essa pelota que chamamos "bola". Eu era tão "pereba" que os outros meninos não me deixavam jogar nem no gol, mesmo que a bola fosse minha. Eles jogavam (com a minha bola) e eu ficava sentado, olhando-os, admiradamente apaixonado por suas habilidades e lindos dribles. Creio que não precisa ser um psicólogo para dizer: "É por isso que você odiava futebol!"  Sim, odiava, não odeio mais, creio que estou curado (Aleluia!). Apesar do "Aleluia", e, apesar de agora ser simpático ao futebol eu não sou fanático por esse esporte. Alias não sou fanático por esporte algum e nem por nada. Posso cometer alguns radicalismos esporádicos aqui, outros ali, mas logo volto ao normal.Há  sete anos atrás, quando o Lula "inventou" de trazer a Copa do Mundo para o Brasil, eu, que não entendia nada de futebol e muito menos de Copa do Mundo - só comecei entender um pouco, agora, durante essa Copa - me preocupei apenas com a segurança dos turistas que viriam ao nosso pais para assistir ao espetáculo futebolístico, e preocupei-me também com os torcedores em geral por ser sabedor da violência em nosso pais, mas achei seria bom para o pais, principalmente para o turismo, uma Copa do Mundo no Brasil. Em minha sólida ignorância eu estava satisfeito por estarmos na disputa com vários países grandes e desenvolvidos, e, embora eu tivesse ficado satisfeito em estarmos no "topo do mundo", eu não tinha a mínima ideia de que nós é quem financiaríamos a Copa e que precisaríamos construir estádios novos. Por isso, estava vibrando!Quando começaram surgir as notícias de construções de estádio com o dinheiro público, eu como todo brasileiro que ama esse pais "com muito orgulho e com muito amor", e, consciente de que precisamos de escolas, hospitais, segurança, emprego, políticas sociais de qualidade..., fiquei revoltado também! Perceberam como vamos de um estado - ou de um estágio - à outro, em menos de um segundo? Pois bem, fiquei contra a Copa do Mundo no Brasil, queria que a Seleção Brasileira de Futebol perdesse a Copa do Mundo... Sabia que o governo federal estava usando a Copa para tentar se eleger, sabia que uma possível vitória do Brasil na Copa do Mundo seria desastroso para as eleições no Brasil. Por tudo isso e muito mais, eu não queria mais a Copa do Mundo no Brasil, e queria a nossa Seleção fora da Copa.Mais ou menos um mês antes do inicio da copa, tive uma discussão feia com o meu pai, na sala do meu apartamento sobre esse tema: Ser a favor ou contra a Copa do Mundo no Brasil, e, querer que a Seleção Brasileira perdesse a Copa do Mundo já na primeira fase, por causa das consequências políticas e o efeito disso tudo no resultado das eleições - o meu pai era a favor. O meu pai é  um [...]



A Copa do Mundo no Brasil - V Parte (A Copa da Violência e da Deslealdade - Uma Copa Sem Ética!)

2014-08-15T18:18:10.187-03:00

Comentáriopor Austri Junior Você nunca imagina que vai sair de casa pela manhã ou em qualquer outro horário, cheio de vida e de planos, e que não mais voltará, pelo menos não com vida, para dessa vida desfrutar as suas bênçãos, crescer e aprender com as mazelas que essa mesma vida nos traz, mas que é de vital importância para o nosso amadurecimento e sabedoria. Discordo plenamente do grande Gabriel Garcia Marques, quando diz: “A sabedoria é algo que quando nos bate à porta já não nos serve para nada.” Serve sim, e serve muito! Serve para corrigirmos os erros, serve para buscarmos acertar na escolhas e decisões presentes e futuras, serve para instruirmos outras pessoas enquanto educadores, conselheiros, amigos, pais, companheiros, pastores e sacerdotes... Entretanto, a vida é mesmo um grande paradoxo.Essa Copa do Mundo no Brasil tem trazido à minha mente muitas observações e reflexões, uma verdadeira escola da vida, onde estou observando cada vez mais perplexo os seres (des) humanos, que fazem tudo (o que há de mau e mal) por seus objetivos. Algumas vidas foram ceifadas, estancadas, paradas bruscamente para que agora as pessoas estejam nos estádios, vaiando, xingando, sorrindo e chorando de emoções... Gritando, GOL!Mas não somente vidas foram ceifadas nas construções dos estádios, como também, nessa semana pelo menos duas vidas foram ceifadas debaixo de um viaduto na cidade de Belo Horizonte, por causa das obras de "mobilidade urbana" com o objetivo de se realizar a Copa do Mundo no Brasil, obra essa, tocada de maneira irresponsável, às pressas, de qualquer maneira, que não ficou pronta à tempo e como se não bastasse, caiu em cima de um ônibus e de um carro de passeio, matando a motorista do ônibus e o rapaz que dirigia o seu automóvel. Ambos e também os que morreram nas construções dos estádios deixaram famílias que estão sofrendo enquanto outros se divertem, muitos deles nem sequer lembram mais disso. Percebi que nos jogos de ontem nem sequer fizeram um minuto de silêncio pelas vidas que se foram debaixo do viaduto em BH. Muitos dirão: "Uma coisa não tem nada que ver com a outra." Quem  está pensando assim realmente está com a razão. Uma coisa realmente não tem nenhuma relação com a outra mesmo. Não para nenhum de nós, ou para a FIFA, ou para os governos envolvidos, mas o fato é que essas obras todas têm dois alvos: 1º - A Copa do Mundo no Brasil, e 2º - A reeleição de Dilma Roussef para a presidência da república. Não sejamos ingênuos em pensar que a Dilma e o PT não vão usar essa Copa e as suas "maravilhosas" obras de mobilidade urbana para ganhar as eleições em outubro. O discurso será: "As obras não são para os turistas, elas são para o povo brasileiro e ficarão aqui para sempre..." As obras ficarão para sempre, assim como o sofrimento e as angústias das famílias que perderam os seus entes queridos, por irresponsabilidade, morosidade e pressa (em consequência dessa morosidade) para terminar as obras, e eis o que aconteceu. Mas em outubro ninguém vai se lembrar disso, como já não lembram-se agora. Nós esquecemos as coisas muito facilmente, inclusive as promessas não cumpridas, e que praticamente às vésperas das eleições são prometidas novamente. Querem um pequeno exemplo? Desde o primeiro mandato do Lula, temos dele, a promessa de reforma e ampliação do Aeroporto de Vitória. Quem conhece o nosso aeroporto sabe que ele está mais para um clube de aviação que para um aeroporto de verdade, que até chove dentro (isso não é novidade ne[...]



A Copa do Mundo no Brasil - Parte IV (Os nossos atos falam mais alto, e muito mais visíveis que as nossas palavras!)

2014-07-02T15:33:29.444-03:00

Comportamentopor Austri Junior Estamos adentrando às quartas de final da Copa do Mundo 2014, e nesse quarto episódio (ou crônica) de "A Copa do Mundo Brasil", aqui no blog, quero escrever somente sobre os fatos que envolvem a Copa, do ponto de vista "sócio-teológico", numa abordagem simples e rápida, analisando o comportamento sócio esportivo humano. Fora dos campos, apesar de alguns conflitos entre alguns torcedores, da invasão dos chilenos ao Estádio do Maracanã, e de argentinos assaltando ingressos e celulares de argelinos, no geral, parece que a convivência, a receptividade e o calor humano dos brasileiros está dando um show digno de Copa do Mundo. Isso é ótimo!No entanto, enquanto nas ruas as coisas estão bem, dentro do possível, nos estádios o que estamos vendo é uma Copa medíocre, e violenta. Alguns estão dizendo que essa Copa é "A Copa dos Gols" (devido à média de gols, em relação à Copa de 2010). Mas, infelizmente, essa é também "A Copa da Violência", das agressões, das cotoveladas, das mordidas, das joelhadas, dos pisões, dos puxões (que rasgam até calções e camisas). É a "Copa da Deslealdade" da "soneira", da mentira (o cara barbariza na "cara" do juiz e diz: "Não fiz nada"), por isso pode ser também a "Copa Hollyoodiana" (os caras fazem a falta e se jogam no chão, simulando que a falta foi contra eles, e ficam ali, se contorcendo "de dores", e depois saem correndo e jogando, como se nada tivesse acontecido, porque na realidade não aconteceu mesmo).Digo sem medo estar julgado, que essa Copa é "A Copa do Cinismo" , do mau-caratismo, do egoísmo, do "custe-o-que-custar", do vale tudo para ser campeão... Mas o pior em tudo isso é que a maioria das pessoas aprovam tudo isso, e pensam que é normal. As pessoas que apoiam essas atitudes e pensam que as mesmas são normais, são as mesmas pessoas que clamam por ética, por justiça, por idoneidade, por transparência, por honestidade..., São as mesmas pessoas que criticam os governantes, os políticos, as polícias, os ladrões..., e criticam a sociedade como um todo, esquecendo-se de que nós somos a sociedade, e somos nós que construímos essa tal sociedade que tanto rejeitamos. Construímos essa sociedade com nossos atos e com as nossas omissões. De uma coisa não podemos nos esquecer: OS NOSSOS ATOS FALAM MAIS ALTO, E MUITO MAIS VISÍVEIS QUE AS NOSSAS PALAVRAS!  Concluindo, entre os fatos mais marcantes no comportamento  social dessa rodada que se encerrou ontem (as oitavas de final), estão as criticas à torcida brasileira que vaiou a torcida chilena durante o hino chileno, e isso causou uma polêmica tremenda, sob a alegação de que a torcida brasileira vaiou o hino nacional chileno. Mas creio que na realidade não vaiaram o hino. Vaiaram a atitude dos chilenos de continuar cantando o hino. Há brasileiros que pensam que essa atitude de continuar cantando o hino depois que a Fifa encerra o áudio é um privilégio só nosso, porque fomos nós que iniciamos esse movimento na Copa das Confederações. Essa é uma atitude miserável, mesquinha, medíocre, sórdida, soberba..., os brasileiros deveriam orgulhar-se por estarmos sendo seguidos, imitados, copiados, "fazendo escola" e servindo de exemplo. Essa é uma atitude tupiniquim de povinho subdesenvolvido, assim como foi a atitude de vaiar a presidente Dilma, e mandá-la "tomar no...", na abertura da copa. O que mais me chateia nesses dois casos, é que muita gente que achou certo vaiar a Dilma, agora está achando errado va[...]



A Copa do Mundo no Brasil - Parte III

2014-06-27T11:51:18.192-03:00

Comentáriopor Austri JuniorA Copa do mundo está chegando às Oitavas de Finais. Amanhã começará uma nova etapa, e um novo quadro vai se desenhando dentro e fora dos estádios. Errou quem apostou que não haveria Copa! É muita ingenuidade pensar que - mesmo com tanto desperdício - depois de o governo brasileiro ter assinado (e fechado) um acordo com a FIFA, ter investido alto em construções de estádios, ter alardeado para o mundo inteiro, e ter apostado todas as suas fichas durante sete anos na realização da Copa do Mundo aqui no pais,  que realmente não aconteceria a Copa do Mundo aqui. isso sem mencionar na paixão do povo brasileiro pelo futebol. Todos nós sabíamos que o povo ficaria anestesiado, embriagado e morto de paixão pelos jogos da Seleção, mesmo que no início da competição, tenha se saído muito mal. Não devemos e não podemos confundir as coisas e misturar os alhos com os bugalhos, independentemente das questões políticas e da má administração financeira e ou corrupção: uma coisa é o governo, e outra coisa é a Seleção. Quanto ao governo sou contra, quanto à Seleção, sou 100% a favor. É claro que nem eu nem muita gente queria a Copa do mundo aqui, mas já que está, não deixarei de torcer pela nossa Seleção. É claro que eu e muita gente prefere ver a fortuna que foi investida nos estádios, investida principalmente em educação e saúde, mas o fato é: não vai adiantar eu quebrar concessionárias, caixas eletrônicos e tudo que vir pela frente. Isso é vandalismo. Nós teremos a nossa grande chance de protestar daqui há quatro meses: Nas urnas! Em outubro podemos dar o troco e arrancar a Dilma, o PT e sua corja do poder. Estou ansioso para fazer isso! Quer protestar? Filie-se à um partido! Crie páginas, blogues, perfis nas redes sociais e proteste. Entre nas campanhas, vá às ruas, mas não divulgue nas mídias, para não ter a infiltração dos bandidos, marginais, vândalos mascarados. Não me parece ingenuidade nem displicência, que o Movimento Passe Livre queira se "manifestar" para comemorar um ano de conquista adquirida. Para inicio de conversa: Não havia necessidade nenhuma de se "manifestar". Quer comemorar? Convoque o pessoal do movimento e faça um churrasco, ou um almoço na casa de alguém do Movimento. E que história mal contada é essa de que o Movimento fez um "acordo "com  a polícia, para não intervir? Não engoli isso. Ninguém engoliu! A polícia está devendo e o MPL também.Enquanto a bola rola nos gramados, fora deles o povo está anestesiado. A mídia brasileira pouco fala do processo eleitoral (ou eleitoreiro) que está se desenhando para daqui há quatro meses; os "conchavos" e alianças. Também não existe mais violência no pais, está tudo muito bom, tudo maravilhoso. Os aeroportos estão funcionando que é uma beleza. Tudo está indo muito bem! Tem turista elogiando, a mídia está elogiando, tem turista querendo voltar... Só não sabemos se eles vão encontrar o mesmo Brasil. Estamos vendo um Brazil que não conhecíamos, parece um outro pais... Mas, enquanto isso, na periferia: Continuamos sem educação, faltam escolas, as escolas que temos estão caindo aos pedaços, a violência está correndo solta (principalmente nos dias de jogos da Seleção). Quem mora em Cariacica, aqui no Espírito Santo, e em regiões de baixa renda que o diga. Mas as coisas estão tão boas que tem até repórter esportivo dizendo em rede nacional que "os estádios estão tão lindos e tão confortávei[...]



A Copa do Mundo no Brasil - Parte II

2014-06-27T10:13:31.524-03:00

Comentáriopor Austri Junior Não se luta por direitos, desrespeitando os direitos dos outrosA Copa no Brasil começou cheia de problemas com greves para todo lado, e para piorar a situação em Cuiabá, a chuva não deu trégua, as ruas ficaram alagadas, turistas e população local sem transporte público por causa da greve dos rodoviários. O padrão Fifa não está funcionando dentro do campo, os juízes estão cometendo erros absurdos, prejudicando as equipes, os atletas e o espetáculo. Dois gols legítimos da equipe do México foram anuladas. Eu não entendo de futebol, mas ao meu ver o pênalti no Fred foi legítimo e bem marcado. Odeio ver aquele "empurra-empurra", e o" agarra-agarra" dentro do campo. Acho desleal quando um jogador puxa a camisa ou o calçao do oponente. Já vi uma foto da Copa das Confederações que um jogador puxou o calção do outro ao extremo, que ele ficou de "fio dental". Um horror!Só para registrar, gostei muito do banho que a Holanda deu na Espanha arrogante. Sempre torço contra a Espanha, contra Camarões e contra a Argentina. Aliás, a equipe de camarões é tosca, ridícula,  absurdamente violenta assim como a Argentina. Só jogam com violência física e com deslealdade e desrespeito.  Todo esporte por mais competitivo e por mais contato físico que tenha, deve tratar o adversário com respeito. Sempre digo, e quero repetir aqui: O respeito e a base de todos os relacionamentos.Falando em respeito, quero deixar aqui o meu repúdio à torcida - elite branca brasileira - que mandou a presidente Dilma TOMAR NO "SUCO DE CAJU". Falta de respeito total e absoluto! Repudio esse tipo de atitude. Sou contra o governo do PT e contra a Dilma. Não vou votar nela e não quero de maneira alguma que ela se reeleja (quem acompanha esse blog sabe muito bem disso). Sempre estou criticando a presidente e o seu "desgoverno". Mas mandar a presidente TOMAR LÁ..., em rede mundial. Isso é um absurdo! É preciso separar os alhos dos bugalhos. Uma coisa é vaiá-la, e isso já é por demais, uma atitude questionável, outra coisa muito pior, foram os xingamentos de baixo calão e desrespeitosos. Ela é uma pessoa, um ser humano com sentimentos, mesmo sendo péssima governante. Acima de tudo, é presidente do nosso país. Se amamos realmente essa pátria, não devemos ter uma atitude negativa como essa, para o mundo inteiro testificar a nossa ignorância e o nosso desrespeito de "povinho do terceiro mundo". Nós não vamos mudar nada com atitudes negativas e nefastas como xingar com palavrões de baixo calão, a presidente da República do Brasil, e nem com a violência do black "bostas". Os valores das pessoas estão distorcidos, desfocados, desvairados, desequilibrados... Tenho pena dessa gente que está assinando o seu próprio atestado de burrice e de incompetência cidadã, política, e humanitária, comportando-se como animais da pior extirpe.Enfatizo aqui o ato louvável e muito positivo, daquele pai que foi buscar o filho de dezesseis anos (mascarado) dentro do protesto, foi a atitude mais acertada que vi nesses três dias de Copa do Mundo (eu faria a mesma coisa se soubesse que o meu filho está metido em uma situação dessas). O "moleque" teve o cérebro lavado pelos grupos fascistas e anárquicos, que quebram tudo e destroem propriedades públicas e privadas, que tiram as vidas das pessoas como fizeram com o cinegrafista da Rede Bandeirantes de Televisão, Santiago Andrade. Não se conquista direitos desrespeitando[...]



A Copa do Mundo no Brasil!

2014-06-14T02:06:04.851-03:00

 Comentáriopor Austri Junior Começa hoje, dia 12 de Junho, a Copa do Mundo no Brasil. Faltam menos de duas horas para a abertura do evento, e pouco mais de três horas para o jogo do Brasil com a Croácia. Hoje é o dia dos namorados no Brasil, e esse dia ficou apagado esquecido e sufocado, pelo evento Copa do Mundo, assim como ficaram as questões de saúde e educação, e também a política. Aliás, a política no Brasil, nesse instante, está pegando carona (providencialmente) na Seleção Brasileira de Futebol e na Copa. Esse é um ano de eleições no Brasil, e todas as propagandas do governo federal é dando ênfase à Copa e às obras da Copa, que não ficaram prontas e ou pela metade, mas que o governo insiste em dizer que está tudo bem. Aliás, a (incompetente) presidente Dilma foi para a TV, ontem, no horário nobre, para dizer que está tudo bem. Não! Não está tudo bem! Está tudo mal e mau! As coisas não estão boas nesse pais, e se tivessem, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, não teria descartado a Dilma de discursar na abertura da Copa. Ele tomou essa atitude, porque sabe que se a Dilma discursasse, seria tremendamente vaiada, e tiraria o brilho do evento, e frustraria o objetivo da festa e constrangeria à todos. A prova disso, é que "o pau já está quebrando", desde antes o meio dia. As manifestações estão por todos os lugares, e o quebra-quebra está "rolando solto".  Todos nós sabíamos que isso iria ocorrer, estava anunciado! Só espero que não haja mortes. Não adianta dizer que "espero que não se destruam os patrimônios", por que não acredito nisso. Acredito que os vândalos vão quebrar tudo pela frente. É uma tragédia anunciada. Os metroviários de São Paulo estão em greve, e os trabalhadores aviários também estão. Muita gente perdeu o voo para a Copa do Mundo, e consequentemente perderam o dinheiro do ingresso nos estádios (me recuso a chamar os Estádios de "Arenas").Para o movimento contrário à Copa, não iria haver Copa no Brasil. Sempre acreditei o contrário: vai haver Copa sim! Com ou sem metrô, com ou sem aviões..., haverá copa! O povo vai caminhando, vai de "jumento" com disse o Lula, mais vai, pois o futebol corre na veia da maioria do povo brasileiro, e a Seleção é a Seleção e não tem que pagar por isso tudo, e pela incompetência de um governo desgovernado, como um trem descarrilhado, descendo a ladeira, rumo à uma usina de gás, ou combustível inflamável como em um filme de tragédia. Tragédia é a palavra certa para definir o governo da Dilma, do PT , e as obras da Copa.Triste mesmo para mim é saber que por um lado, os instrumentos sonoros foram proibidos nos estádios, mas não foram proibidos no condomínio em que resido. Além da vizinhança estar queimando fogos que tanto odeio, por me desarmonizarem, nesse momento, enquanto escrevo esse texto, estou vivendo um inferno astral: as crianças do meu condomínio estão tocando cornetas e vuvuzelas à todo vapor. Não suporto barulhos, detesto cornetas e odeio vuvuzelas.[...]



Joaquim Barbosa se aposentou - E agora, José(s)?

2014-05-29T19:55:38.847-03:00

Comentáriopor Austri Junior "O que será, que será...?"Durante todo o dia de hoje a notícia mais importante foi a notícia da aposentadoria do Ministro do Supremo, Joaquim Barbosa. Todos sabem de quem se trata, e muitos estão preocupados com a sua saída. Pois se ele extrapolava em suas medidas, ultrapassando as barreiras da jurisprudência, com mão dura, também representava a maioria do povo brasileiro que tem sede de justiça e não compactua com a corrupção. Certamente muita coisa vai mudar naquela corte daqui para frente, inclusive a impunidade. Agora o PT, todos os políticos corruptos e os bandidos de colarinho branco, vão poder se corromper, e corromper livremente, sem medo da cadeia. Certamente, o Brasil perdeu um grande elo dentro da Corte Superior. Uma corrente que falta um elo fica mais curta, assim como uma engrenagem que falta um dente: certamente ela falhará quando encontrar-se com a outra engrenagem no auge de sua volta, ou quando passar pela correia.De qualquer forma o Ministro Joaquim Barbosa cumpriu com o papel dele, e cumpriu muito bem. Ele fez e a sua parte, e o Brasil das pessoas éticas e cansadas da corrupção lhe devem muito. Mesmo com toda intolerância, acredito que só não gostava dele, as pessoas que pensam que a corrupção é normal e que para um pais corrupto como o Brasil não há mais jeito.  É esse tipo de pensamento que corrompe toda a sociedade e os seus cidadãos. Não percamos as esperanças, pois como dizia o antigo Partido dos trabalhadores (aquele que até onde sabemos, ainda não era corrupto): "A luta continua companheiro!"Certamente tem muita gente (corrupta) gostando disso, e até comemorando. Mas creio que as pessoas que mais gostaram dessa noticia são os "Josés": José Dirceu e José Genuíno (juntamente com a sua quadrilha). Em breve, veremos muitas progressões de penas referentes à Ação Penal 470, até que não haja mais pena para cumprir. É realmente uma pena! Espero que ele possa ocupar um cargo político onde possa pelo menos tentar fazer alguma coisa por esse povo sofrido, o que é muito difícil nesse pais podre, de sistemas corrompidos e pessoas coniventes, desde a classe mais pobre, à classe mais rica, desde a classe mais baixa, à classe mais alta, desde os mais inteligentes aos mais emburrecidos. Insisto: é uma grande pena!Conheça a Fan Page Austri Junior no Facebookhttps://www.facebook.com/austrijunior[...]



Pensamento e Reflexões

2014-05-28T01:48:25.540-03:00

por Austri JuniorAlgumas reflexões estarão pela metade, mas poderão ser lidas na Fan Page Austri Junior."Se você for um ser de mente brilhante, com ideias ricas e maravilhosas, as mentes pobres, opacas e escuras rejeitar-te-ão. À isso denominamos, inveja!" Austri Junior"Se você for um homem com ideias 'perigosas', muitos, ou quase todos se apartarão de ti. A história está entre nós para confirmar as minhas palavras." Austri Junior"A intolerância condena tanto os inocentes quanto os culpados." Austri Junior"Se existem duas coisas que os seres humanos sabem fazer muito bem é mentir e fingir. Por isso, muitos de nós somos ótimos atores e atrizes. É só somar as 'habilidades' supra citadas, com o dom da interpretação, e eis aqui, ali e acolá, grandes candidatas e candidatos ao Oscar." Austri Junior"Preconceito e racismo são as formas mais irracionais de se expressar o ódio. Não há nada mais irracional que o ódio, por isso, ele sempre se manifesta através da violência, seja ela física ou não. " Austri Junior"Por mais que estejamos caídos, não ficaremos no chão por todo o tempo. Em algum momento haveremos de nos levantarmos e recomeçar a caminhada." Austri Junior "Caminhar com nossos próprios pés fortalece as nossas pernas para darmos passos mais longos e mais rápidos. Depois poderemos começar correr. No final, estaremos mais confiantes e com um espírito mais forte." Austri Junior"Podemos aprender grandes lições de vida através de pequenos - e às vezes, aos nossos olhos, insignificantes - momentos." Austri Junior"Ajudar, acolher, compreender..., é melhor que punir, julgar, condenar..." Austri Junior"Não adianta nos lastimarmos pelos erros do passado, devemos tentar corrigi-los. Mesmo assim, colheremos os seus frutos. Na agricultura nem toda semente plantada germina. Mas, na vida, toda semente plantada germinará. Seja ela, boa ou má." Austri Junior"Se você for descartado de uma instituição por ter sido sincero, não significa que você não serve para aquela instituição. Significa que aquela instituição é que não serve para você." Austri Junior "Pensar é o que fazemos e o que temos de melhor." Austri Junior"Toda vez que escrevo, ou posto (de terceiros), um texto que revela as falcatruas dos falsos pastores, ou que relata a podridão das igrejas, sempre acontece uma evasão de seguidores nas redes sociais, principalmente na Página Educação Cultura e Sociedade, no Facebook. Já no Google plus e no blogger, isso não acontece. Dá para medir o nível mental dos que frequentam as redes sociais de massa." Austri Junior"Sempre me pego a pensar e questionar: Porque o mundo mudou tanto? porque a vida e as pessoas mudaram...? tudo parece tão ruim. Que pena!" Austri Junior"A teoria de que 'os opostos se atraem' não vale muito para as relações humanas (com poucas exceções para as relações sexuais). Gentes de bem e do bem não se associam aos canalhas. Ladrões, traficantes, bandidos..., associam-se com gentes semelhantes." Austri Junior "Estar no ambiente não significa estar presente." Austri Junior A DIFERENÇA ENTRE O PROFESSOR E O EDUCADOR: “O professor ensina conteúdos (e nada mais)! O Educador fala sobre a vida ensina valores, ajuda a construir o pensamento crítico, ajuda a 'limpar as feridas'... O Educador não tem medo dos alunos, se envolve e envolve. O Educador conquist[...]