Subscribe: Our Mad World
http://ourmadworld.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
coisas  das  dia    isso    leonardo  mais  minha  muitas  muito  nos  não  sempre  ser  também  todos  vida 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: Our Mad World

Our Mad World





Updated: 2017-11-01T22:37:06.471+00:00

 



Feliz Natal! Este ano com gargalhadas de bebé para além da Estrelinha mais brilhante :D

2015-12-24T16:20:43.242+00:00

“And it was always said of him, that he knew how to keep Christmas well, if any man alive possessed the knowledge. May that be truly said of us, and all of us! And so, as Tiny Tim observed, God bless Us, Every One!”



[Com quote de um dos meus livros de Natal preferidos, e imagem da uma das mil e uma adaptações - mas esta era a que eu via em criança... Boas Festas, darlingz!]



Obrigada!

2015-12-20T21:31:10.050+00:00

Muito obrigada em quem votou em nós para passar à fase seguinte d'O Casamento Mais Doce. Não seguimos caminho, pois instalou-se uma enorme confusão, com aumentos desenfreados (e fraudulentos) de votos em diversos vídeos, e os casais a concurso foram acusados dessa mesma fraude (à qual nós e aparentemente vários dos outros casais somos totalmente alheios). Não foi bonito ler um post a chamar-nos "trafulhas", mas enfim...

Pensei que o pior que podia acontecer ao participar, era não ganhar nada, e manter a minha vida exactamente igual ao que era antes...Afinal não tinha nada a perder, certo? Aparentemente não...

Mas há que seguir em frente e nunca esquecer: NÃO VOLTAR A PARTICIPAR EM PASSATEMPOS. Nunca o tinha feito e arrependi-me desta primeira vez!

Beijinhos e mais uma vez obrigada!



O casamento mais doce

2015-12-11T20:10:53.366+00:00

Pois parece que A Pipoca Mais Doce entrou no espírito natalício, e decidiu oferecer uma festa de casamento grandiosa a um casal. Era apenas necessário fazer um vídeo a contar uma LINDAAA história de amor (no máximo com 1 minuto) e esperar que ela escolhesse os 10 melhores.

Não foram 10, acabou por nos presentear com 12 escolhas, e a nossa história de amor foi uma das escolhidas :) Vocês já a sabem: Ana and André sitting in a treeeeee lalala, com a sua filhotinha Leonor, que os uniu ainda mais nos seus 6 dias de vida, e de forma inexplicável depois de partir...e o seu Leonardo, o bebé arco-íris que agora é uma prova viva de AMOR :D

Ora para seguirmos em frente precisávamos de votos no nosso vídeo... Começámos bem lançados, mas já não estamos no top 3, e as nossas hipóteses estão cada vez mais baixinhas. Mas se quiserem espreitar (e votar...vá láááá *olhos de Gato das Botas*) no nosso vídeo, podem fazê-lo AQUI. (Spoiler alert: o nome do protagonista começa por Leo e acaba em Nardo :P)

Podem ver todos os vídeos seleccionados AQUI.

[PS: Há histórias de amor lindas entre as seleccionadas, e acho que seja quem for o sortudo vencedor, será justo:) Mas não posso deixar de falar no meu segundo (pois claro!) vídeo preferido... É o da Inês Mendes, é super fofinho e podem vê-lo AQUI.

Boa sorte a todos nós! :)



"Memories" [do Facebook]

2015-11-06T23:25:03.900+00:00

Há muitas coisas no Facebook que irritam. Na verdade, por vezes o Facebook, só por si, irrita. E geralmente não me dou bem com as novas funcionalidades (mas eu no fundo sou uma mal-humorada com coisas da tecnologia). Mas aquela coisa das "Memories", que se calhar já não é nova para o mundo mas é recente para o meu olho, tem vindo a ganhar a minha atenção...assim aos bocadinhos!

Comecei por revirar levemente os olhos (não que as memórias que partilham sejam aborrecidas, nada disso! Eram apenas MUITAS as que me chegavam à timeline), passei a comentar (e a fazer figura de ursa algumas vezes, pois nem sempre percebia que eram memórias e punha-me a escrever como se de actualidade se tratasse) até que, de mansinho, passei a clicar nas minhas próprias memórias. As que o Facebook selecciona para mim diariamente, pelo menos...

E na minha eterna parvoíce tecnológica (lá está) ainda não percebi onde se clica para ver directamente as minhas... então nos momentos de preguiça, lá me ponho a procurar memórias de amigos meus, porque por baixo lá encontro sempre um botãozinho mágico que diz "See Your Memories"...

Nestes dias tenho apanhado memórias já da gravidez do Leonardo, do pré-Leonardo e pós-Nô, do pré-Nô, e... bem, tudo o que se passou pelo meio (estes são agora os meus marcos principais). Num momento lamechas podia também referir um pré e pós-André, mas na verdade ele é pré-Facebook, por isso não conta :P

Memórias, memórias...pareço uma velhota a falar, certo?

[tenho a mania do futureme.org, o senhor Zucker Coiseeee deve ter descoberto...com certeza foi isso! :)]



e hoje lembrei-me...

2015-11-04T22:46:09.371+00:00

...que este blog existe.

Ou existia!

Eu sei lá...

[E agora que há tantas coisas novas e bonitas para contar é que eu me baldo a partilhar por aqui... Em resumo: Leonardo <3 p="">



2 anos de Leonor, 8 dias de Leonardo

2015-06-20T13:16:54.674+01:00

Há 2 anos, nesta madrugada de dia 20, nasceu a minha princesa. Há 2 anos nasciam sonhos, alegrias e esperanças que nao se viriam a concretizar. Mas nasceram outros que nao esperavamos. Era para ser também hoje que o Leonardo ia nascer, mas ele quis o seu próprio dia. Por isso, nesta madrugada de aniversário da Nô, celebro também os primeiros 8 dias de vida do seu irmão. E não posso deixar de me sentir sortuda por ter 2 filhos tão lindos! E quando me perguntam com quem é parecido o Leonardo, não tenho qualquer dúvida de que é a cara da mana.

Parabéns, princesa! Um beijinho enorme a seguir para onde estiveres.





Não sei escrever com o "novo" acordo ortográfico...

2015-05-13T22:50:16.264+01:00

... e agora?

[vou-me transformar naquelas pessoas que vão tentar ajudar o filho a escrever, e ele depois diz "mamã, isto não é assim!" e eu digo "ah, pois...era assim no meu tempo"... ai...!]



O Sorriso da Rita :)

2015-05-12T18:58:30.696+01:00

A Rita... Conheci a Rita há algum tempo, muito antes dela me conhecer a mim. E desde logo nos senti próximas, amigas, ainda que uma amizade unilateral (pois ela não me conhecia). As suas palavras escritas para o mundo sempre tocaram o meu coração, e no dia em que resolvi partilhar com ela a minha estima, recebi de volta palavras lindas só para mim. Foi uma enorme honra uma celebridade com tantos seguidores como ela, a dedicar uns minutos a escrever-me de volta!

A Rita... é uma menina-mulher linda, com um sorriso enorme capaz de alegrar os dias cinzentos, um riso melódico que transpira a sua felicidade, uns olhos grandes e expressivos, e um cabelo comprido e sedoso, que um dia destes hei-de entrançar (adoro fazer tranças, sabias? :)). Os atributos "por fora" são muitos, mas é por dentro que a Rita encanta e se destaca. Porque apesar de especiais, os sorrisos, olhos, risos e cabelos, muitas pessoas têm bonitos e notáveis. Agora o que está dentro, é mais raro de encontrar... e a Rita "por dentro" torna-se quase inexplicável. A sua sensibilidade para apreender o mundo, a sua força, a sua entrega, a sua solidariedade, o seu amor perante os que a rodeiam, o seu SORRISO. Sim, porque ela também sorri por dentro. Sorri por todos os poros e contagia todos à sua volta.

A Rita também tem paralisia cerebral. É um pormenor que não a abranda, mas que com certeza contribuiu para quem é hoje. Podia ter contribuído de forma negativa, se se entregasse a esse obstáculo (que pode ser grande ou pequeno, dependendo sempre de quem o vive). Mas essa malvada não devia saber com quem se estava a "meter" quando chegou à Rita... Porque ela não esmoreceu, e vence todos os dias. E ensina-me tanto!

Mil e um projectos de valor por que dá a cara e apoia, imensos convites para divulgar as suas ideias, publicações em jornais e revistas... E é sempre um orgulho acompanhar tudo isso e pensar para mim "Que orgulho na minha Rita!" :)

Gosto de pessoas que não perdem o seu sorriso, mesmo com as contrariedades do Destino. Gosto de aprender com elas, de me inspirar. E a Rita é isso mesmo: uma inspiração. Para quem ainda não espreitou os seus textos, fica aqui a sugestão: https://www.facebook.com/AosOlhosDaRita . Passem por lá e deliciem-se :)

Por isso, para TI, Rita: obrigada, minha linda, por fazeres parte da minha vida e me deixares fazer parte da tua. É uma honra!

Um beijinho e um sorriso :)






Feliz Dia da Mãe

2015-05-03T22:27:47.945+01:00


Sou uma mãe babada de 2 filhotes :) Um no céu, outro na barriga. Gosto muito de vocês, pequeninos!

E um beijinho especial também para a minha mãe, neste dia lindo, que nem com a chuva perde a sua magia.

Beijinhos a todas as mães desse lado *



#Tiago

2015-04-11T22:47:29.474+01:00

     Conheci a história do Tiago e seus pais via Facebook, mas com sinceridade não me lembro de muitos pormenores do dia, ou do momento. Lembro-me sim de ficar encantada com o sorriso lindo daquele menino que via nas fotos, e que segundo lia, tinha tantas sequelas da prematuridade com que nasceu. “Não vai andar, não vai reconhecer ninguém, vai ficar equiparado a um vegetal” – diziam os médicos. Os pais sempre se prontificaram a mostrar toda a história do Tiago, com relatórios médicos, facturas das despesas, e todo o portfolio do que tem vindo a ser feito, desde início. A paixão, honestidade e sinceridade dos papás impressionou-me desde logo.      Do dia em que pude, finalmente, dar uma beijoca gorda na bochecha do Tiago, já não esquecerei cada pormenor. Tenho cada momento na minha memória! O abraço à mãe Sandra e ao pai Ricardo, a primeira vez que pude ver o Tiago à minha frente, tocar a sua mão delicada e… vê-lo a comer um gelado enorme como se não houvesse amanhã! O Tiago é um comilão, e dessa fama nunca se safará perante mim :) As perguntas que fiz, a que os papás devem responder milhares de vezes, mas não deixam que o aborrecimento se apodere deles, e falam do seu filhote sempre com um brilho especial nos olhos… “Como era ele há algum tempo atrás? Mexia assim as mãozinhas em movimentos tão delicados?” –perguntava eu, curiosa e com vontade de saber mais sobre aquele menino fascinante que não me parecia nada “vegetal”… Mas parece que algum tempo antes, não muito, não praticava todas as “habilidades” que eu naquele momento via.      Desde esse dia, apesar de vários kms a separar-nos, senti-me inseparável do Tiago. Eu, e todos os familiares que estavam comigo naquele dia. O Tiago passou a ser parte da famíllia: um membro que acompanhávamos mais via FB, sms ou telemóvel, mas que cada vez que me deu o prazer de estar comigo fisicamente, me demonstrava cada vez mais evolução, mais vitórias, e mais frutos da coragem e perseverança.      O Tiago é um menino especial, porque os pais também o são. Ou os pais serão especiais porque o Tiago o é? Não sei bem, mas imagino que as pessoas especiais, lá na dimensão onde hipoteticamente se escolhe com quem passar a vida, se escolham umas às outras. E o Tiago não podia ter escolhido melhor, tenho a certeza! Sei que o Tiago vai vencer todos os obstáculos, como tem vindo a fazer a cada dia que passa.      A família Coelho é uma família-maravilha, um exemplo para quem olho nas alturas mais difíceis, e mesmo sem saberem, me dão força muitas vezes nas palavras que dirigem ao mundo (e nas que me dirigem especialmente a mim também). Há pessoas marcantes, e vocês são uma família linda de pessoas dessas. Obrigada por nos deixarem fazer parte da vossa vida.      Obrigada por nos brindarem com a vossa esperança. Obrigada por me inspirarem a escrever coisas TÃO lamechas, mas que são sentidas na sua plenitude, e não estou a colorir o texto apenas para ser postado na página do Tiago. Cada palavra é a mais pura das verdades. OBRIGADA!     [...]



Boa Páscoa!

2015-04-04T22:09:20.214+01:00

São os votos do coelhinho Joey para todos vocês! :D




...e também meus, do AF, da Nô e do Leonardo! :)



Cinderella :)

2015-03-28T22:55:57.090+00:00



"I want to tell you a secret that will see you through all the trials that life can offer. Have courage and be kind!"



Para o pai André*

2015-03-19T10:16:28.003+00:00

Querido papá:

Para nós, todos os dias são o TEU dia, mas hoje é especial, porque é o dia de todos os papás. Dos papás de meninos e meninas que estão aí por toda a Terra, e dos papás de meninos e meninas que estão aqui deste lado, e muitas vezes brincam comigo. Para esses, se calhar este dia dói um bocadinho. Por toda aquela vontade de abraçar apertado os seus anjinhos, e só ser possível abraçá-los em pensamento e com o coração. Mas vocês, papás de anjos, aprendem isso muito bem! Pois olha, eu vou passar o dia agarradinha ao teu pescoço, e a encher-te de beijinhos. O Leonardo também gostava, mas ele está mesmo desse lado e não pode andar por onde lhe apetece, como eu. Mas apesar de estar na barriga da mamã, ele diz que cada pontapé que der hoje é um miminho para ti.

Tenho saudades tuas, dos teus olhos a cruzar os meus, e juntos tocarmos o céu nesses momentos só nossos. Já contei ao Leonardo, que quando cruzar os seus olhinhos com os teus...hmmm...ele vai perceber! Obrigada por tudo, papá :) Gostamos muito muito muito de ti!

Leonor
Leonardo

[PS: Claro que o Leonardo não sabe escrever, e por isso sussurrou-me o que queria, e escrevi pelos dois. Ahhh, e deixo também os parabéns para os avós, porque são papás a dobrar!]

Beijinhos a TODOS os pais :)





26 semanas de #Leonardo [ou Nunca estive tanto tempo seguido grávida]

2015-03-14T15:13:49.935+00:00

Na respectiva altura equivalente da gravidez da Nô, já não havia gravidez para ninguém... Nasceu na madrugada das suas 26 semanas, pelas 4h00.

Hoje são as 26 semanas do Leonardo. Aconteça o que acontecer, é um marco importante.

Hoje é dia de festa no meu coração! :)

26 beijinhos e 26 abraços, apanhem-nos por aí :D






Devo ser a única pessoa a ver isto, não? :P

2015-03-11T23:48:03.523+00:00


E esta novela começou a acompanhar-me na última licença de maternidade, e com jeitinho ainda durará até esta... Já metade do elenco desapareceu para trabalhos no estrangeiro, ou para vidas no interior do país (e nunca mais ninguém lhes pôs a vista em cima), mas muitas novidades têm surgido também. Na verdade, do elenco original, acho que só se mantém o núcleo principal. E cá vou eu andando a acompanhar estas histórias, já que não tenho muito mais a fazer... [E o Leonardo farta-se de dar saltinhos com a música do genérico, do Luis Represas]

Amanhã há mais...!





#Leonardo *

2015-03-07T17:56:59.806+00:00

Ser mãe abriu a minha vida a mundos que eu não conhecia e coexistem com o nosso dia-a-dia...A prematuridade, a perda gestacional, a perda neonatal. Ouvia falar, mas não conhecia. Esta minha forma de entrar no mundo da maternidade também foi tudo menos convencional... Sinto-me mãe, mas a minha filha não está comigo. Por vezes dou por mim a ler partilhas nas redes sociais de outras mães, com temáticas como "Os mandamentos da mãe", ou "Coisas que todas as mães partilham", que descrevem como ser mãe mudou tudo: a casa sempre desarrumada, com brinquedos espalhados por todo o lado, como deixaram de conseguir dormir todas as horas que queriam, como andar com roupas bolsadas até conseguir trocar pode ser fashion... e dói-me um pouco não me poder identificar com nada dessas coisas. Porque me sinto mãe, mas essas definições que se vão lendo por aí e se adaptam à esmagadora maioria das mães, não se aplicam a mim.Mas quero muito ser um mãe dessas... Quero sentir-me integrada no clube das mães "normais", quero queixar-me de tudo o que se queixam, e quero babar-me com tudo de bom que os rebentos trouxeram à sua vida. E tenho neste momento uma nova oportunidade para isso...O pequenino Leonardo (pequenino nada, que da última vez que foi medido no ecógrafo já contava 570 g...grandalhão!) vive na minha barriga há 25 semanas, e não posso deixar de lhe agradecer todos os pontapés que me dá. Esta noite, mal me deixou dormir também, o que me deixou tão feliz! A barriga ainda há-de crescer mais [espero], mas já me dá cabo das costas, e é tão bom!! A azia não me larga, faz-me mesmo doer o peito, e nenhuma das medicações ou mezinhas que posso fazer ajuda...mas não faz mal! A tensão arterial mantém-se óptima, e fora um ou outro susto (talvez os aborde um destes dias), as coisas têm corrido muito bem.Todo o amor por este pirralhinho dentro de mim é inexplicável, e já sonho com o momento em que ele chore pela primeira vez, e o coloquem no meu peito. E sim, sempre que imagino esse momento, imagino-me num pranto. Pois vou chorar, ah se vou! Ou não fosse a Adek Maria uma lame-mor (apesar de muitas vezes disfarçar bem).Vem lá daí, Leonardo! Mas com calminha...estamos preparados para ti cá fora, mas para já queremos-te no quentinho. Lá para Junho, ok?[PS: E não é que a data prevista do parto, calculada tanto pela data da última menstruação como pela ecografia, é 20 de Junho de 2015. Precisamente 2 aninhos depois da mana nascer. Se quiser dizer algo, espero que seja que tens o melhor Anjo da Guarda do mundo! Um de 441g :) Sortudo, hã, Leonardo?][...]



"Interstellar", de Christopher Nolan

2015-01-06T17:18:45.368+00:00



"Maybe it means something more - something we can't yet understand. Maybe it's some evidence, some artifact of a higher dimension that we can't consciously perceive. I'm drawn across the universe to someone I haven't seen in a decade who I know is probably dead. Love is the one thing that we're capable of perceiving that transcends dimensions of time and space. Maybe we should trust that, even if we can't understand it."



As "memórias" de 2015 :) Feliz Ano Novo! *

2014-12-31T23:05:20.131+00:00




Em 2013 apareceu na minha vida uma Estrela Polegarzinha que me ensinou o valor de muitas coisas... entre as quais o valor das memórias, mesmo daquelas que não aconteceram e apenas antecipámos, com muita força, no nosso coração e mente. Os momentos que se guardam para sempre são os que acontecem na nossa realidade, mas também os sonhos, as expectativas e antecipação de coisas boas, que por mais que queiramos (ou o Destino queira), não nos saem da cabeça, mesmo que tentemos. Mas porquê tentar? Sonhar é bom... E se o que sonhamos acontecer, é perfeito. Se não, ninguém jamais nos poderá tirar o que sentimos ao sonhar.

2014 ajudou-me a cimentar estes sonhos, e a aceitar sempre que algum não se concretize.

De 2015, tenho já muitas "memórias" dessas, as da expectativa. E são boas, tão boas!! Estou ansiosa por saber quais delas se vão realizar. E é com esta excitação da antecipação que espero pela meia noite.

Para vocês, um 2015 cheio de sonhos, e de realizações. Vai ser, desde já, muito bom!

Beijinhos, darlings! A nova agenda já está a postos :) Venham as passas, que o champanhe não posso beber :P



Quem diria? (com votos de continuação de Boas Festas, já que me baldei aqui aos votos de Feliz Natal)

2014-12-28T01:42:59.896+00:00


Big Hero 6. Sessão das 16h, num sábado. 93% de lotação da sala a 10 minutos de começar o filme. Crianças a correr, gritar e guinchar por todo o lado. Um adulto para cada 4 crianças (por aí).

O terror...........

Se só com adultos na sala há sempre alguém que bebe sofregamente uma bebida interminável, alguém com a obsessão de chocalhar freneticamente os pacotes de pipocas antes de tirar uma ou ainda comentadores que não conseguem controlar o volume da sua voz, e só lhes saem coisas parvas, com uma sala cheia de crianças, hmmmmm...mal podia esperar!

Começou o filme, e nada...nem um piu.

A minha perplexidade continuou durante o intervalo, onde crianças voltaram a correr por todo o lado, nos corredores, junto ao ecrã, aos guinchinhos, em brincadeiras que não faziam prever minimamente o seu comportamento durante o filme.

Começou a segunda parte e de novo: nem um piu.

Fiquei fascinada, e acho que agora, no cinema, só filmes de animação, e durante a tarde. Perdi a fé nos adultos que vão ao cinema, e fiquei fã dos cinéfilos mais pequeninos.



Hoje escrevo para outra Leonor...

2014-09-03T23:26:43.596+01:00

Querida Nonô, que deixaste por cá tantos Aprendizes:Hoje o teu coraçãozinho achou que chegava. Que não precisavas de mais nada para viver uma vida plena, cumprir as tuas grandes missões, e deixar o mundo muito mais "Côderosa" do que era antes de cá chegares... Todos queríamos que ficasses, mas achaste que não era preciso. Pouco mais de 5 anos, mas conseguiste construir um mundo de princesas, rainhas, castelos, coroas, arco íris e alegria no meio de tantos carochos e bichos maus, que nunca ninguém devia conhecer (quanto mais tu, princesa mais colorida de todas!). Muitos pediam que não desistisses, que não deixasses de lutar como guerreira que és. Não desististe! Foste uma guerreira e vencedora fantástica, que deixou os milhares de pessoas que te acompanharam orgulhosos, espantados com a força de um corpinho tão pequenino! Um que tinha sempre um sorriso, uma canção, uma dança, um brilho especial no olhar. Nós não queríamos acreditar que ias partir tão cedo, mas era egoísta da nossa parte querermos-te só para nós; agora tens que ir espalhar os teus pozinhos coloridos e mágicos a outros sítios, porque por cá, em tão pouco tempo, deixaste-nos do teu pó de fada por gerações inteiras.Uma nova aventura começa para ti. Sem dor, sem preocupação. Mas sabes que por cá, choramos. E os papás? Eles agora vão ficar muito tristes, porque já não te conseguem ver senão nas fotos lindas que por cá deixaste. Mas brevemente vão começar a ver-te com o coração, e continuarás presente para sempre. Com eles. Connosco. A viagem deles a partir de agora também é muito difícil, por isso tens que os ajudar! [Que parvoíce a minha....como se já não estivesses pronta para isso, como Princesa-Guerreira que és!]Se vires a minha Nô por aí, dá-lhe um abraço. E diz-lhe que falta menos um dia do que ontem para a voltar a ver! :) Mais uma parvoíce...vocês sabem isso!... mas é aquela coisa de não se conseguir estar calado e ter que enviar recadinhos, não é? Nós cá em baixo devemos parecer-vos uns chatos! Ok... se a vires, dá-lhe apenas o abraço. E eu cá em baixo perceberei que se abraçaram, porque deve cair-me uma lágrima pequenina do canto do olho. Como agora está a teimar em escorregar, ao pensar no abraço que gostava de dar à mamã Vanessa, e dizer-lhe...lá estou eu a querer dizer... Agora, não há nada a dizer. Só sentir. E para já chorar, Nonô. Só.Hoje também faz meses que a minha sobrinha de coração Catarina foi ter com a minha Nô. É uma joaninha muito fofa, que tem uma outra mana joaninha que foi mais cedo. Por isso se te cruzares com uma festa, já sabes do que é! Junta-te a elas. Imagino que façam festas bem bonitas do outro lado... Um dia hei-de descobrir!Espero que tenhas chegado bem. Daqui a pouco já vou à varanda para te procurar no céu. Twinkle, twinkle, little star!Ana[...]



Cenas da vida de uma interna

2014-08-20T22:57:19.240+01:00

- E já viu a sua sorte, Sr. M.? Tem aí uma jovem de 82 anos ao seu lado, sempre a dar-lhe miminhos. E a pele dela? Quem dera a muitas de 20...

-Pois, dra... Nunca lavou a cara com esses detergentes que andam por aí... Nem põe cá dessas camadas de betumes que as moças de hoje em dia usam!...

[Sorri, com a minha camada - fininha- de BB Cream...]

-...e depois ficam assim todas esticadinhas! Parece que nem podem falar!

Diz a senhora de repente:

-Ó homem, estás a confundir com as coisas das agulhas! Com as agulhas ficam esticadinhas, mas com o betume até ficam bonitas... Hmmmmm... uma vez usei um bocadinho de betume!



The Fault in Our Stars

2015-01-06T17:10:38.649+00:00

"I cannot tell you how thankful I am for our little infinity. I wouldn't trade it for the world. You gave me a forever within the numbered days, and I'm grateful."


[PS: Sim, aderi à loucura literária dos adolescentes. Mas em modo filme, que não cheguei a ler o livro. Tantas frases que me falaram ao coração. Sim, sou lame, e depois? Kisssssssss]



Querida Leonor #14

2014-06-20T00:02:13.155+01:00

Não tenho escrito muito aqui. Não tenho escrito nada, na verdade... Mas hoje é dia 20. E por isso cá vai...Faz hoje um ano. E as datas são duras. É duro recordar cada segundo do que correu mal em pormenor. E é duro pensar que o momento em que ouvi o teu choro muito baixinho e fez de mim mãe, me é tão difícil recordar, porque foi a primeira e última vez que o ouvi. E é cruel saber que esse momento, que é suposto ser dos mais bonitos na vida de uma mulher, também foi um marco do que "correu mal". Não era para teres nascido tão cedo, Nô. Não era para teres nascido tão pequenina. E às vezes ainda me é tão difícil aceitar que teve que ser assim...Mas vinhamos de muitas semanas de sofrimento, de incerteza, de choros altos e choros abafados. Não sabíamos se ia ser possível conhecer-te. Mas foi. E não posso deixar de me sentir privilegiada. Sabes o que custa mais? Nunca deixámos de acreditar que tudo ia correr bem. E idealizámos esse "correr bem" como ver-te crescer. E desde 2013, vi esta altura em 2014 como o período em que recordaríamos como tudo aconteceu, já contigo bem gordinha e grande ao colo. Idealizei que ias sorrir quando a mamã e o papá apagassem a vela do teu primeiro aninho por ti (porque ainda não ias saber soprar). Mas já ias saber fazer muitas coisas! Custa muito...chegar a este marco e não acontecer o que idealizámos.Se calhar foi essa a maior lição que nos deste... Se calhar não devemos mesmo idealizar. Devemos estar preparados para receber as bênçãos e os pequenos milagres de todos os dias. Muitas teorias da Felicidade ensinam-nos a viver o AGORA, mas é tão difícil... Deste-nos um treino imenso nisso, Leonor. Vivemos realmente cada dia contigo ao máximo. E ficaram tantas recordações da tua curta vida na Terra, que às vezes me falta o fôlego.Não aconteceu o que idealizámos. Mas também não idealizámos previamente o que realmente aconteceu. Nunca idealizei poder sentir tanta vontade de viver, de ser feliz, para te honrar. Nunca idealizei a beleza, a harmonia e as cores do mundo que me mostraste (e eu já estava cá no mundo há muito mais tempo do que tu!). Nunca idealizei as pessoas boas que conheci, re-conheci, e que me mostraram a força das palavras, dos abraços, dos silêncios e da compreensão. Nunca idealizei tantas coisas boas que me trouxeste... que só posso realmente aprender a receber o que vem ter comigo, de coração cheio e pleno. Trouxeste-me paz em relação a muitas coisas, trouxeste-me a relativização essencial para viver a minha vida, e trouxeste-me uma companhia importante e permanente: TU, no meu coração. Não mais me senti sozinha.Só agora, nestes dias... Em que as borboletas brancas, o sol, as nuvens com desenhos de coração, os passarinhos a voar, as joaninhas, os caracóis, os sorrisos, as pegadas na areia, as flores, os arco-íris, não têm conseguido ultrapassar a minha vontade de mudar as tuas fraldas, dar-te leite e sopinhas, ficar louca de sono pelo teu choro, abraçar-te, beijar-te, ensinar-te o que sei.Custa este dia 20, e custará o 26. E o 24... datas, as datas! Ajuda o sol a brilhar mais um pouco no meu coração, nestes dias. Parabéns, princesa. Espero que haja uma festa grande desse lado. Um dia vou também assistir a uma dessas...Sempre tua, sempre por ti, meu anjo,Mamã Ana[...]



#Cruelty Free :)

2014-03-14T22:17:49.797+00:00


Gosto muito de a ver na série The Big Bang Theory, mas gostei também de a ver neste papel de apoio à "Cruelty Free International". Go Amy!!! :) Bom fim de semana!



Her - A Spike Jonze Love Story

2014-02-15T23:55:31.486+00:00


"The heart is not like a box that gets filled up; it expands in size the more you love. I'm different from you. This doesn't make me love you any less. It actually makes me love even more"