Subscribe: BubbleGumYears
http://bubblegumyears.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
ainda  bem  dias  estou      mais  mim  muito  natal  nem  não sei  não  quero  sem  sempre  sim  tenho  tudo  vida 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: BubbleGumYears

BubbleGumYears



O blog das generalidades, da banalidades, das eventualidades e da musicalidade da vida...



Updated: 2017-09-14T04:16:31.257+01:00

 



0 Comentários

2012-08-23T21:56:41.769+01:00

Há quatro meses que estou muito mais pobre.... Quatro meses sem passar um dia sem saudades.



0 Comentários

2012-07-23T00:00:54.108+01:00

3 meses sem ti.
Uma eternidade, e nem um dia que passa sem que sinta a tua falta....



Os dias passam...

2012-06-16T13:51:09.651+01:00

... e cada vez vai sendo mais presente.
E dói, uma dor surda que tudo abafa.
Mas sim,
"No teu poema existe a esperança acesa atrás do muro,
Existe tudo mais que ainda me escapa,
E um verso em branco à espera do futuro"


allowFullScreen='true' webkitallowfullscreen='true' mozallowfullscreen='true' width='320' height='266' src='https://www.youtube.com/embed/UMz5jh3WGr0?feature=player_embedded' FRAMEBORDER='0' />




Kátharsis...

2012-06-08T03:39:13.679+01:00

Dou comigo a pensar na minha vida. Hoje, mais do que nunca, dadas as circunstâncias, toda a gente me pergunta como estou e eu até já tenho a resposta para lá de mecanizada,  "estou bem, obrigada! Há que continuar.", sempre acompanhada de um sorriso. Quem não me conhece ou pouco conhece,fica convencido mas quem me conhece sabe que.... bem, que não sou(?)/estou(?) a mesma pessoa. Não quero andar constantemente a lamuriar uma ladainha daquelas que traz uma cara triste a acompanhar, porque ninguém gosta de estar assim, porque ninguém gosta de estar com alguém assim e faço um esforço enorme e sim, penso que a vida tem que continuar. Tenho evitado pensar, evitado pensar em mim porque a verdade é que não sei, não sei o que fazer mesmo.
Existe um vazio em mim que não sei como preencher. Não estou revoltada, mas não consigo aceitar isto tudo, não é justo que se tenha de passar por tanto, num tão curto período. Perdi o chão, perdi as paredes, restando apenas umas paredes, a viga mestra e o tecto. Mas também elas foram sacudidas...
Dou comigo muitas vezes a pensar em ti, na falta que me fazes, em tudo o que fizemos. Será que sabias o quanto gosto de ti? Será que sabias o significado que tens para mim?
Porquê, porquê, PORQUÊ??????
Dói, dói-me muito e choro, choro num desespero que não quero mostrar a ninguém e que não quero que me consuma, por isso choro sozinha, na ilusão de que se ninguém vê é porque não existe.
Mas existe, está lá, tolda-me os sentidos, a clareza de espírito, a racionalidade, a tranquilidade e eu, não sei que fazer.
Que raio de justiça divina é esta? Qual é a lição a tirar disto tudo? Há lição a tirar?
Em 6 meses, a minha vida ficou de pernas para o ar, sem ordem nem sentido e eu sem vontade de lhe pegar. E eu a achar que 2012 ia ser muito melhor que 2011, que ia ser o ano da viragem...
Estou muito, mas muito mais pobre. E tudo o resto ficou tão menor. E ainda tenho mais uma sombra a pairar. Mas SIM, ainda tenho esperança.
Não quero quebrar, explodir, estou apática, angustiada e ansiosa, sempre à espera do próximo pontapé. Não sei viver assim.
Será que o Senhor lá de cima quer testar os meus, os nossos limites?
Continuam a haver "pessoas negras" que aprendi a ignorar, porque não fazem diferença alguma porque essas nunca hão-de estar bem, não acrescentam nada e também porque acredito que tudo o que damos nos é retribuído, duplamente!
Agradeço às minhas pessoas, às minhas pessoas do coração que me fazem perceber o quão grande ele é para conseguir guardar tantas e tão boas pessoas que sempre estiveram à altura das situações e continuam a estar. Amo-vos sincera e sentidamente.

Percebi que estou no limite quando as lágrimas correram a fio à frente de uma publicidade com uma criança muito especial. Percebi, mas continuo sem saber o que fazer, nem para onde me voltar, mas vou descobrir.

Entretanto, respirar, respirar bem fundo parece-me uma boa opção.
 


allowFullScreen='true' webkitallowfullscreen='true' mozallowfullscreen='true' width='320' height='266' src='https://www.youtube.com/embed/SFGvmrJ5rjM?feature=player_embedded' FRAMEBORDER='0' />






Explicações há muitas, palerma...

2011-08-17T12:26:59.999+01:00

... mas todas se resumem a uma: odeio imposições, obrigações e afins.
Não, não gosto de rotina, nunca gostei e talvez isso seja um problema (... ou não!).
Durante um tempo não me apeteceu, porque sim, porque não, apenas não apeteceu. Não que deixasse de haver "material" para escrever, não, muito pelo contrário! O "material" foi transposto, mostrado e apreciado, mas no limite, houve um recuo (meu) porque ele há coisas que devem ter um timming certo, não apenas acontecer e ser mais um.
Durante a ausência, vivi, vivi e vivi mais um pouco, olhei à volta, observei comportamentos e confirmei que ainda há gente muito para lá de estranha que, de uma forma auto-destrutora se anulam quando pensam que se elevam, que se arruinam porque não avançam, talvez, apenas, porque não se conseguem ver...
Descobri que no Universo há uma espécie de clã para cada individuo que funciona como uma espécie de motor de arranque e que mostra que há uma mudança de marcha atrás, mas também há 5 ou 6 mudanças de avanço e cada uma delas mais veloz do que a outra!
Descobri um paraíso idílicamente maravilhoso que vou guardar para sempre lá naquele espacinho.
Por isso, é com um sorriso enorme que digo:
PRESENTE!



ficou...

2011-08-17T12:03:50.354+01:00

.... arrumadinho e eu, v o l t e i!!!



Feliz Natal!

2010-12-24T15:13:37.702+00:00

Este ano, aconteceu algo inédito: é dia 24 de Dezembro e eu não comprei nem uma prenda para ninguém! Nem sequer fiz uma lista de prendas para mim...!
Não, não culpo a crise, culpo antes a falta de tempo!
Como ainda se trabalha, hoje, a esta hora, resolvi a situação com uma solução personalizada: ofereço o que para mim é tipíco do Natal, a sombrinha de chocolate, da Regina, com um "vale" que será trocado pela prenda, depois no Natal!
Se calhar, puxo da ascendência espanhola e só ofereço no dia dos Reis...
O que interessa é que é Natal, altura de reunião e de estar com todos os que mais gostamos!

Assim, quero-vos desejar um Natal muito feliz, quentinho e reconfortante!


p.s. Desejo-vos um Natal iluminado, com árvore de Natal, tão linda, da minha adorada amiga T! ***



Sim, eu sei...

2010-12-20T12:57:46.330+00:00

... ausência tem sido a palavra de ordem, neste espaço.
A rigor da verdade, ausência, tem sido a minha palavra de ordem, nas últimas semanas.
A vida deu uma volta. Grande.
Agora, há que adaptar tudo, e pronto, com isto, tenho-me "esquecido" um pouco de mim...
Ao ponto de ainda nem ter lista de prendas de Natal... ainda nem sequer comprei prendas de Natal. Estou feita, pronto....!



l i n d o ... !!!!!

2010-11-29T22:31:56.844+00:00

 (object) (embed)


chamem-me pirosa, quero lá saber, ADORO!!!!!



Uh Huh Her...

2010-11-12T15:19:34.226+00:00

... Já conhecia a menina como actriz e, agora, descobri-lhe os dotes para a música!
Sim senhor, gosto e gosto muito!

(object) (embed)


E, já agora, está mais giraça aqui, a babe!






Eu tenho 2 amores...

2010-11-10T15:57:25.877+00:00

... mas não tenho a certeza, de qual gosto mais!!!!




já agora...

2010-11-10T15:13:11.992+00:00

... solução para alergia, PRECISA-SE!!!!
Há 5 dias que não faço mais nada, senão espirrar de 5 em 5 minutos!
AAAAAAAAAAAAAATCHIIIIIIIMMMMM!!!

já não aguento a comichão no nariz!



É verdade...

2010-11-10T15:58:58.370+00:00

...que, mesmo não sendo boa, ela chegou.
Poderá ser promissora. Ou não.
Não sei, não adivinho o futuro (ainda!), mas está cá e eu vou ficar com ela. Vou.
Sem arrependimentos, mas com alguma lamentação, informo que a agarrei!



Oh yeah, you can't handle me!

2010-11-10T11:38:47.049+00:00

(object) (embed)



Ei-la de volta....

2010-11-09T10:18:46.053+00:00

.... e tão bem!


(object) (embed)



(object) (embed)



sempre gostei tanto dela, quem diria que iríamos ficar assim...!



0 Comentários

2010-11-08T12:25:39.370+00:00

(object) (embed)



Só me apetece...

2010-11-05T16:59:44.213+00:00

... D E S A P A R E C E R!!!
para não dizer outra coisa...



I need explanatios...

2010-11-05T11:32:53.478+00:00

(object) (embed)



e...

2010-11-04T16:29:53.782+00:00

... num sopro, se foi...!
Deus, daí-me força, muita força, coragem e sabedoria para enfrentar o que aí vem!
Algo me diz que vou, realmente, precisar.



chapada de luva branca...

2010-11-03T18:10:00.347+00:00

... foi o que levei! Serviu para me lembrar que nem tudo são lamentos e que, apesar de não estar na melhor das alturas, a vida é bela e, como dizia "alguém", ontem, tem dias de céu azul e sol radiante, dias lindos e cor-de-rosa, dias cinzentos, dias negros, dias rosa com laivos cinzentos, mas feita a pesagem, é muito bom viver e ter sempre com quem contar!
Até as pessoas mais inusitadas, se tornam confidentes de horas tardias!
São as surpresas da vida que me fazem querer celebra-la!
Obrigada, oh Supremo, por tudo, pelo bom e pelo mau ( ok, se vier um bocadinho mais de bom, fico bem melhor...!), por fazeres questão de me lembrar, constantemente, que aproveitar o momento, o dia, a vida, não é apenas mais um clichet, mas uma máxima para ser levada à risca.
Não vivo com rancores, nem quero. Não vivo com arrependimentos, nem quero. Quero apenas sabedoria, para dar a volta de forma muito maior e mais válida.
Por isso, a ti, que não conheci, mas cuja história me acordou, espero que tenhas aproveitado bem, os curtos anos que cá estiveste. Acredito que sim, a avaliar pela quantidade de amigos saudosos e chorosos que deixaste. Ninguém morre, desde que seja lembrado!

Cease the day!



será...

2010-11-03T13:00:08.308+00:00

.... que só lá vai com um milagre???
... this is me, quase em fase de desespero...



diz o povo...

2010-11-02T15:26:54.435+00:00

... Não há mal que sempre dure nem bem que não se acabe...
Como eu considero que a voz do povo é sábia, acredito!

Oh p'ra mim, toda crente, desejando que o mal se acabe!!!



o mais lindo "Feio"!... ;)

2010-10-28T16:58:10.052+01:00

(object) (embed)



E é quando...

2010-10-28T16:25:16.416+01:00

... me sinto cansada, com muito poucas horas de sono, ainda com algum álcool no sangue, coberta por um belo par de olheiras e totalmente descomposta, que, abro a porta ao senhor que me vem arranjar a nova máquina, impecavelmente estragada. Podia ser como o outro senhor, quase sessentão - que, por sinal, me quis dar uma lição de moral e acabou ele próprio, a aprender com ela - mas não, qual quê!?! Aparece-me um rapazito, cheio de estilo,  (muito-à-la-desesperate-housewives), que, mesmo depois de saber que a máquina nada tinha, para além da extrema falta de "aptidão" da dona, insistiu em observar a dita (a máquina, tá claro!), certificou-se que abria e fechava muito bem, e repetiu, várias vezes: olhe que se estas luzinhas piscarem, a meio do programa, tem de me chamar! 
Será que o senhor quer mesmo que a máquina avarie...????