Subscribe: MÃE DE UM LOUCO
http://maedeumlouco.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade C rated
Language:
Tags:
casa  ela  era  filha  filho  foi  mais  manuela moura  manuela  meu filho  meu  minha filha  minha  moura guedes  mundo  não  ter 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: MÃE DE UM LOUCO

MÃE DE UM LOUCO





Updated: 2014-10-04T21:19:42.917-07:00

 



2: Meu filho CRISTIANO RONALDO

2011-11-07T15:45:58.193-08:00

(image)

Penso que foi positivo o Cristiano ter nascido porque veio trazer alegria e cor a esta nossa casa.
Se é verdade que no inicio as únicas cores que trazia era muito amarelo e castanho agora a cor que mais trás é verde o que é mais do que positivo.

A minha entrada no Guiness como mulher do mundo com mais possíveis noras é obviamente um facto do qual me orgulho.
Desde a Nereida que deixei de consegui decorar os nomes das mulheres com que o Cristiano se envolve, adoptando agora a táctica de as numerar:
Estamos na 2737, sei porque ontem estávamos na 2732 e o Cristiano esta noite que passou teve uma festa.

O facto de o meu filho ser quem é permitiu que eu viajasse para muitos lugares, guardando eu apenas mágoa por ele não me ter levado a um sitio que adorava ter conhecido...
Este ano ele ligou-me várias vezes a dizer que estava na Paris.
Ao que eu lhe respondi com naturalidade que não era "na Paris" que se dizia mas sim "na cidade-luz" dizendo-lhe para fretar um avião para ir ter com ele, algo a que nunca acedeu.

O nome de Ronaldo teve uma origem curiosa...foi o pai que escolheu como forma de homenagear o ex-presidente dos Estados Unidos, um tal de Ronald Reagan, ainda hoje agradeço a todos os santinhos o Ronaldo não ter nascido este ano, porque senão o seu nome seria algo próximo de Baraco, Cristiano Baraco, que não é nome de futebolista.

É precisamente para saber mais santinhos para rezar que constantemente convido a Floribella a vir cá em casa, esta sim, tenho a certeza que não andaria com o meu filho por interesse porque ela sempre me disse que futebolistas não fazem o seu género de homem.

O meu filho sempre me disse que eu era a melhor mãe do mundo e agora liga-me constantemente a dizer que que sou a melhor mãe do mundo do melhor jogador do mundo.
Só me aborrece uma invejosa que se chama Antonieta Messi que me quer tirar o lugar, mas vamos ver quem ri no fim...



1: Minha filha MANUELA MOURA GUEDES

2011-11-07T15:44:57.241-08:00

Lembro-me perfeitamente da primeira frase que o meu marido me disse quando viu a Nela sair após três intermináveis horas de parto:"A boca já está querida, aguenta que agora é tudo mais fácil...".E foi mesmo.Nasceu em 1955 e na altura poucos adivinhariam que estava ali a nascer a grande ex-deputada,ex-miss, quase professora, quase cantora, quase jornalista Manuela Moura Guedes.Não sei se foi vaidade natural na minha filha, que nós todas as mães temos, mas não resisti a sussurrar-lhe ainda no berço " Quase que vais ser grande Nelinha, vais ver...".A Manuela sempre foi uma menina sociável mas com um grande defeito:Sempre teve o coração à beira da boca e por isso não foi surpresa o percurso dela,surpreendendo-nos bem mais o facto do coração nunca ter saído por aquele enorme orifício bucal de tão perto que estava do exterior.A Nela era uma menina quase hiper-activa que sempre namorou com as pessoas certas:Na infantil, namorava com o Bertinho que era o responsável por guardar os lápis de cor no infantário.Na primária foi o Adriano, que era o filho da professora.Estranhamente no dia que começou o 5.º ano, sentiu que aquele não era o amor da sua vida e começou a sua relação com o João, o delegado de turma.Os namoros sucederam-se e entre os "genros" que mais gostei, saliento o Zé Nabiças, Dux na faculdade de Direito onde a Nela estudou.Mas nem tudo foram rosas, nas suas relações...Lembro-me do menino Marinho, o filho de uma vizinha nossa,com quem as discussões se prolongavam por horas.Um dia, quando a Manuela fez 8 anos, a empregada chegou a casa com uma decisão que nos apanhou a todos de surpresa, a Manuela teria de se ir embora.Más línguas disseram que tal facto se deveu ao facto de ela ter visto algo que não devia e que foi o meu marido que pressionou a empregada para expulsar a Nela do nosso lar.Estas pressões nunca foram provadas e após queixa na Entidade Reguladora das Relações Familiares a minha filha voltou a casa no ano seguinte pois pelos vistos a empregada não tinha competência para a mandar embora.Ficamos tão contentes que decidimos comprar-lhe um cachorro a que ela deu o nome de Port, no entanto a obsessão por aquele cão tornou-se doentia e ela insistia que aquele cão tinha de ser livre e não podia estar trancado em casa.Free port, free port, gritava ela a plenos pulmões e lá acabamos nós por deixar o animal ir à sua vida.No entanto, ela nunca esqueceu o que o port passou entre as quatro paredes de nossa casa e a sua obsessão pela liberdade do port acompanha-a até aos dias de hoje.Mesmo fazendo-lhe as vontades todas, quando se tornou famosa e reconhecida internacionalmente ao vencer o concurso de Miss Vindimas em Torres Vedras, não se lembrou de agradecer nem a mim, nem a seu pai, preferindo ir de imediato dar um beijinho ao agricultor Venâncio, seu namorado da altura e júri do referido concurso.Mas mãe é mãe e continuo a gostar da minha filha apesar de concordar que ela tem uma face louca que nem a plástica que ela diz que nunca fez resolveu...A loucura atingia o seu apogeu quando à noite me entrava pelo quarto a dizer "Boa Noite, eu sou a Manuela Moura Guedes", o que me assustava pois a maioria das vezes pois eu estava a dormir sozinha.O que a Manuela mais gosta de fazer é viajar e como quem tem boca vai a Roma, a minha filha já deu 4 voltas e meia ao mundo.Estes são os principais factos que penso que a maioria das pessoas desconhecem sobre a minha louca filha Manuela Moura Guedes.[...]