Subscribe: A cor do olhar
http://a-cor-do-olhar.blogspot.com/feeds/posts/default
Added By: Feedage Forager Feedage Grade B rated
Language:
Tags:
dia  estou  fazer  foi  hoje      mais  meu  mim  minha  não  quando  sei  sempre  ser    tenho  tudo  vida  vou 
Rate this Feed
Rate this feedRate this feedRate this feedRate this feedRate this feed
Rate this feed 1 starRate this feed 2 starRate this feed 3 starRate this feed 4 starRate this feed 5 star

Comments (0)

Feed Details and Statistics Feed Statistics
Preview: A cor do olhar

A cor do olhar





Updated: 2016-09-08T05:29:24.674+01:00

 



Só para assinalar...

2012-11-19T12:10:03.003+00:00

... que cheiro a estrume... Um dos meus gatos pulou pro quintal do vizinho e foi-se "esponjar" no estrume que o vizinho usa para a horta...
Eu cheiro a estrume, já me lavei 300 vezes e continuo a cheirar a estrume.
Ah, e o Mika é um gato branco!


Pfff...



Sinto-me extremamente egoísta...

2012-07-14T23:06:53.531+01:00

... quando vivo na minha dor, afastada do mundo, sorrindo quando só quero chorar, dizendo merda quando apenas só quero desviar as atenções, quando der-repente recebo a noticia que o bebé recém-nascido de uma amiga minha lhe morreu nos braços.

A vida é injusta.
Não somos nada!



Até já avô...

2012-06-20T12:34:36.373+01:00

... encontramo-nos daqui a pouco!



Chegarei lá!

2012-06-09T00:21:03.760+01:00

Sou constantemente criticada por tratar melhor os animais do que trato as pessoas.
Mas a realidade é que se formos a ver eles merecem esse tratamento.
O meu cão, primeiro cão que tive na vida, um grande amor e o meu maior amigo, morreu há quase 2 anos. Adoeceu gravemente e em menos de uma semana perdi-o. Morreu com 11 anos e meio. Tive que o mandar abater. Começou com paragem renal crónica, não se alimentava, deixou de andar, começou a vomitar sangue e só sobrevivia por amor. Amor a mim. Sei que não me queria deixar sozinha.
Na noite antes de ir com ele ao veterinário para tomar a pior decisão da minha vida, dormi agarrada a ele no chão a chorar, a "rezar" para que ele morresse durante o sono, para não ter que ser eu a matar o meu menino.
No dia seguinte estava lá com ele e fui eu a última pessoa que ele viu antes de fechar os olhos. Tinha que ser eu, tinha que estar até ao fim.
Como consegui? Pois não sei...
Ainda tive forças para agarrar nele e percorrer 10km de carro para ele ser cremado.
Depois na volta para o trabalho caiu-me o mundo aos pés...
A verdade é que sei que foi a partir desse momento que comecei com uma depressão, que sempre consegui camuflar. Não existe uma única pessoa neste mundo que se tivesse apercebido.
As minhas birras e amuos sempre foram consideradas consequências do meu mau feitio, mas isso nunca me incomodou. Quem gosta não critica, quem gosta está lá, mesmo quando pensamos que não precisamos.
Comecei-me a afastar do mundo e criei uma barreira.
Mudei de casa, e hoje ajudo vários animais de rua, alguns "caídos" do céu, outros por pena.
Apareceram-me 2 gatas no quintal que ficaram grávidas, já não as consegui esterilizar e fiquei encarregue de arranjar família para aquelas pestes todas (7 no total). Falta-me dar 1 gata.
Hoje, embora de folga, tive que me levantar muito cedo e no passeio matinal com o meu cão comecei a ouvir miar debaixo de um carro. Era um gato bebé, com cerca de 1 mês num estado deplorável. Caiu-me tudo ao chão, porque não tenho mais condições, nem financeiras, nem físicas, nem psicológicas para tratar de mais animais. Mas que fazer?
Não virei costas, peguei no bichinho e levei-o para casa. Estava carregado de pulgas e lêndias. Dei-lhe banho, fui ao vete e comprei desparazitante.
Depois de dormir uma tarde inteira, acordou e começou timidamente a brincar com os outros bebés. Ao fim do dia recebi a noticia que já tinha arranjado dono. Que tudo vai ficar bem.
Sei que a história já vai comprida, mas o que quero de tudo isto é demonstrar que mesmo nos nossos piores momentos, que quando pensamos que mais nada pode correr mal, poderá existir uma lufada de ar fresco, principalmente de onde não esperávamos.
Entrei por acaso na vida deste gatinho, podia ter saído de casa mais tarde, podia ter tomado outro caminho, podia não ter ido hoje fazer análises, mas foi tudo hoje. Tudo tem uma razão de ser.
A vida não é só isto, há muita coisa lá fora. O caminho a percorrer ainda é tão longo que não nos podemos concentrar apenas numa única tarefa e deixar tanta coisa por fazer.
Tudo o que sou, tudo o que tenho só o devo a uma pessoa. A mim.
Nós podemos sempre fazer a diferença, mas temos que fazer a diferença principalmente na nossa vida. Não é fácil, mas estou a chegar lá!
Chegarei lá!





Pancadas

2012-04-20T02:08:56.731+01:00

Sabem o que é terem o cabelo tão comprido que vos dá quase até à cintura e depois dar-vos na vinheta, agarrarem na tesoura e cortarem-no até ao pescoço?

Resultado, as miúdas odiaram e os rapazes dizem que estás 10 anos mais nova...:D



Fio da vida.

2011-12-25T13:35:56.478+00:00

Já não tenho espectativas, há muito que desisti de viver!

allowfullscreen="" frameborder="0" height="250" src="http://www.youtube.com/embed/38SRwAZbj8w" width="300">



...

2011-12-11T16:31:22.826+00:00

Sou uma pessoa altamente crítica. Tenho sempre alguma coisa a dizer, algum ponto a apontar, mas só aceito críticas construtivas.
Tenho um grande defeito, que é apontar defeitos.
Dou um exemplo, estamos duas pessoas, ambas temos um fim a atingir, mas vamos por caminhos diferentes. Mesmo chegando lá na mesma, crítico porque a outra pessoa não seguiu o mesmo caminho que o meu, que na maior parte dos casos (pronto, sempre) é o caminho mais correcto.
Odeio este meu defeito. Juro que odeio, e todos os dias digo a mim mesma que vou melhorar. Mas não consigo.

Dou outro exemplo, ontem quando fui a casa da minha irmã e vi a árvore de Natal montada (estava horrorosa) mordi os lábios para não criticar. Lá porque eu acho que a árvore ficou simplesmente horrenda, eles gostam tal como está. Quis muito dar sugestões para a melhorarem, mas consegui-me segurar. É injusto apontar o dedo onde não existe necessidade para isso. Ainda estou na fase de "o meu é melhor do que o teu". Tenho que ficar calada, mas não consigo.

Sou muito directa e isso só me trás dissabores.

Uma colega de trabalho desabafa comigo porque uma amiga a magoou e as coisas não vão voltar a ser as mesmas e eu só respondo "bem feita que não é para te dares tanto".
Sou uma besta. E a minha colega diz-me que é assim que gosta de mim, que pelo menos ouve as coisas que devem de ser ditas e não as coisas que ela gostaria de ouvir.
Mas chega a um ponto em que acho que todo o mundo me odeia, que o que quero é protagonismo e que não vale a pena perder tanto tempo comigo.

E eu começo a achar que se calhar têm razão!






Há coisas que doem...

2011-10-31T00:30:58.406+00:00

... uma queimadura em 2º grau é uma delas!



Mas como...

2011-10-18T00:27:09.480+01:00

... é que eu vou engatar o meu director financeiro???

Ai senhores...



Afasto-me!

2011-09-13T20:48:26.538+01:00

Cada dia que passa sinto-me mais diferente e distante de tudo e todos. Uma allien num planeta que não é o meu!

Não sou eu que estou certa. Ser diferente afinal não é bom!



Todas as noites, antes de me deitar...

2011-08-12T00:14:13.127+01:00

... digo a mim mesma que amanhã vou ser uma pessoa melhor.
Mas nunca consigo...



Hoje...

2011-07-20T23:29:04.623+01:00

...terminei uma amizade de 3 anos... E juro que ainda estou tão furiosa que estou capaz de a partir toda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Estou pronta...

2011-05-29T12:19:58.452+01:00

... para ir morar sozinha...

PS- Ah... já agora, alguém que me ofereça os electrodomésticos, não?



Há 2 semanas atrás...

2011-03-31T21:16:53.887+01:00

... foi a perna... há uma semana, a boca... hoje foi o dedo.

É oficial, tenho o lado esquerdo do meu corpo todo fod... lixado!



Eu tenho a teoria...

2011-03-11T22:49:28.653+00:00

... de que os gays jamais, em momento algum, deveriam de ser lindos de morrer...

(image) (Matt Bomer)


Oh céus, que pecadooooooooooo...



Adoro...

2011-02-12T23:38:39.772+00:00

... quando um cliente me trata por empregada. Ai gosto tanto... (é vê-los engolir em seco!)



A dura realidade...

2011-01-21T20:55:17.056+00:00

Tomei a decisão de juntar ao meu actual emprego, um outro em part-time. Não é que tenha tomado essa decisão de um dia para o outro, simplesmente aconteceu.
E estive a fazer contas, afinal ainda consigo ficar com 3 folgas... mensais.

Não sei se ria se chore!



Mas porquê?

2011-01-11T20:31:49.822+00:00

Porque é que eu não me sei comportar devidamente à mesa?
Porque é que tenho que entornar sempre o copo do sumo/água/vinho?
Ou os talhares no chão? Ou a comida por cima do colo?

Eu sei que já deveria de ter idade para ser uma lady, mas...

Opáaaaaaaaaaaaaaa!!!!



Lemar- Its not that easy

2011-01-08T23:20:37.183+00:00

Caramba, gosto mesmo disto!

(object) (embed)



Que caraças pah... problemas de gajas!

2011-01-06T22:56:41.457+00:00

Mas quem me manda a mim trocar o meu shampo habitual por um outro, supostamente melhor, mas que cheira a detergente de roupa?

B-U-R-R-A!!!



Mudanças?

2011-01-03T21:21:16.492+00:00

Dizem que ando mais calma, mais simpática, mais bem disposta e menos tempestuosa.
Não concordo.
Simplesmente tento não me chatear com merdas que não valem nem 1% das minhas preocupações.

Um amigo meu, que jamais vi mal disposto nesta vida e apenas triste uma vez, quando se deu a morte da sua irmã, lá me confidenciou o truque para a sua constante boa disposição.
Se apenas lhe dão aquelas ferramentas de trabalho, não vale a pena gritar, esperniar, maltratar ou zangar-se, porque só vai estar a gastar energia que depois lhe vai fazer falta mais tarde.

Hoje tento agir assim. E acreditem que não tem sido fácil, já engoli muitas vezes em seco e sei que vou continuar a engolir.
Mas se são apenas estas as ferramentas que me foram disponibilizadas e se tão depressa não vou conseguir outras, então mãos ao trabalho porque não vale a pena estar parada a olhar pros céus à espera que um anjinho me venha ajudar!

Mas não estou mais calma, não, longe disso... acho que apenas estou... mais velha!



Estado de graça

2010-11-18T00:35:47.895+00:00

Uma das minhas colegas, por sinal uma das que eu mais gosto, esta gravida de 7 meses e eu acho que e' a gravida mais bonita do momento. Sempre que chego ao trabalho vou cumprimenta-la e passo a minha mao pela barriga dela. Por vezes dou por mim a falar directamente para a menina que la esta dentro e ignoro a mae. Hoje, passei pelas 2 em 1 (como costumo dizer) a falar alto, e quando voltei para tras a minha colega chamou-me: "Mel, queres sentir a Ritinha?" Espetei um pulo, corri para ela com o meu maior sorriso e acatei de imediato. A gaja nada, nem se mexia. Dizia-me a minha colega que eu ao passar por elas, a falar alto, que a Ritinha dava pontapes a torto e a direito, mas que agora nada. Ai eu baixei-me, coloquei-me de joelhos e disse-lhe: "Va la bebe, mexe-te so para a tia Mel te sentir..." E ela mexeu, pontape ate mais nao... E foi tao, tao bom, tao bom... Foi o primeiro pontape que senti. A minha primeira experiencia. E a vontade que da e' de arranjar uma barriga daquelas. Quem me dera, a serio que sim! Talvez um dia...



Afinal, nem todas as mulheres sabem fazer todas as compras...

2010-10-30T22:22:58.578+01:00

Hoje descobri uma coisa... nao sei comprar preservativos!



Promessas, promessas... leva-as o vento!

2010-10-09T00:31:07.187+01:00

Um dia, ja um pouco distante, prometeram-me uma rosa negra... ate hoje. No entanto agora posso dizer que ja nao preciso, eu propria a irei buscar. Holland, here i go, wait for me!!!



Eu acho que vou gostar.

2010-10-01T23:21:29.079+01:00

(object) (embed)