Subscribe: Comments on Cenas que Não Interessam a Ninguém: Arigato
http://cenasquenaointeressam.blogspot.com/feeds/4448993639884622440/comments/default
Preview: Comments on Cenas que Não Interessam a Ninguém: Arigato

Comments on Cenas que Não Interessam a Ninguém: Arigato





Updated: 2016-07-08T16:39:54.656+01:00

 



está chatiado com a vida! No Naruto (Anime Japone...

2011-12-19T17:10:16.141+00:00

está chatiado com a vida!

No Naruto (Anime Japonesa) usam as palavras Arigato gozaimasu para dizer Obrigado "Muito OBrigado", Arigato usam para dizer OBrigado! Mas a tradução real da palavra Arigato é "existir dificil" penso que uma pessoa vai se sentir grata se alguém ajudar quando há alguma dificuldade.



Es mesmo um anormal, a senhora fez te alguma coisa...

2011-07-08T16:48:43.525+01:00

Es mesmo um anormal, a senhora fez te alguma coisa de mal para estares a insulta la seu nojento de merda , gostavas se dissesem o mesmo a tua mae???



És uma puta velha que só sabe copiar o que lê sem ...

2011-05-10T03:31:20.447+01:00

És uma puta velha que só sabe copiar o que lê sem sequer corroborar procurando em mais do que uma fonte. Cabra velha.



"copy" "paste" da Wiki! Que bo...

2011-05-08T14:02:47.579+01:00

"copy" "paste" da Wiki! Que bonito!



A wikipedia não acerta em tudo. Fica bem referir ...

2011-05-07T13:19:01.590+01:00

A wikipedia não acerta em tudo.

Fica bem referir as fontes



A palavra japonesa Arigatô" (有難う) não vem do ...

2011-02-16T13:53:20.744+00:00

A palavra japonesa Arigatô" (有難う) não vem do português obrigado. Na realidade, "arigatô" é a conjugação do verbo arigatai, que significa "ter dificuldades". Em conjunto com "gozaimasu", constitui a formula de agradecimento em japonês "Dômo arigatô gozaimasu" (どうも有り難うございます) (pronúncia aproximada) que é muitas vezes "abreviado" para um simples "arigatô".

A tempura foi introduzida no Japão por missionários portugueses ativos particularmente na cidade de Nagasaki fundada igualmente por portugueses, durante o século XVI. A palavra tempura poderia ter sido derivada tanto da palavra portuguesa "tempero" (ou do verbo temperar), como de "têmporas", nome que designa os períodos de jejum realizados no catolicismo, tais como a Quaresma (chamada em latim de quadragesima tempora), onde tradicionalmente os fiéis se abstinham do consumo de carnes, preferindo comer vegetais e peixes.